POLITICA

Deputado assegura R$ 30 milhões no Orçamento da União para asfaltar a BR-158

Publicados

em

 

JB News

Após propor uma força-tarefa para ajudar a destravar a pavimentação asfáltica da BR-158, no trecho conhecido como Contorno Leste, saindo de dentro da Terra Indígena Marãiwatsédé, o deputado federal José Medeiros (Podemos) conseguiu garantir no Orçamento da União, deste ano, a liberação de uma emenda de bancada no valor de R$ 30 milhões para a obra da rodovia. A emenda foi proposta por Medeiros e pelo coordenador da bancada federal de Mato Grosso, deputado Dr. Leonardo Albuquerque (SD).

Medeiros comemora a garantia do recurso e reafirma a intenção do  ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, de concluir a obra de pavimentação da BR-158 em dois anos e meio. “As dificuldades de trafegabilidade na BR-158 se arrastam há décadas e pela primeira vez o Governo Federal apresentou um cronograma de início da obra de pavimentação e um plano concreto de manutenção emergencial da estrada. Eu e o deputado Leonardo estamos atuando fortemente para garantir os recursos necessários para viabilizar essa importante obra para o nosso estado”, frisa o deputado do Podemos.

Leia Também:  Faissal entrega ambulância adquirida com emenda em Barra do Garças

Em recente reunião com a bancada de Mato Grosso, o ministro da Infraestrutura informou que o lote A do contorno possui obra já licitada, com o processo correndo dentro do cronograma previsto. Com relação ao projeto e a obra do lote B, Tarcísio disse que a licitação está sendo preparada. “Com as licenças ambientais dos dois lotes, vamos começar a obra no início de 2022. O maior obstáculo da obra da BR-158 foi o traçado original que corta a Terra Indígena Marãiwatsédé. Diante do impasse, que se arrasta há anos, o Governo Federal optou em fazer a estrada pelo contorno da terra indígena. Isso aumenta a distância e o valor da obra, mas tira do papel essa importante obra para Mato Grosso e para o país”, explica o ministro.

Além dos R$ 30 milhões em emendas, Medeiros disse que é preciso analisar a proposta que o senador Jayme Campos (DEM) apresentou na reunião com o ministro da Infraestrutura que é utilizar parte do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) para a pavimentação da BR-158. “A proposta do senador Jayme Campos é viável uma vez que o estado está com a saúde financeira equilibrada como anunciou o próprio governador Mauro Mendes (DEM). O governador até propôs estadualizar a 158 e fazer o asfalto. Ao invés disso, o Governo do Estado pode contribuir com recursos para acelerar essa obra que é de interesse de todos os mato-grossenses”, comenta o parlamentar.

Leia Também:  Botelho recebe Comenda Couto Magalhães

A BR-158 tem aproximadamente 800 quilômetros em Mato Grosso, ligando os municípios de Barra do Garças a Vila Rica – na divisa com o Pará. O trecho mais crítico é o único sem asfalto, entre a localidade de Alô Brasil e o entroncamento com a MT-322.

COMENTE ABAIXO:

POLITICA

Anel viário de Barra do Garças deve ficar pronto no começo do ano

Publicados

em

Por

Garantia foi dada ao senador Wellington Fagundes pelo ministro da Infraestrutura

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, confirmou hoje (16.09), que as obras do anel viário de Barra do Garças devem ser entregues ainda no primeiro trimestre de 2022. Ele visitou a região nesta quinta-feira acompanhado do senador Wellington Fagundes (PL-MT), presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura.

A obra vai reorganizar o trânsito na cidade já que o tráfego de caminhões pesados deve ser desviado do centro, onde foram registrados muitos acidentes. Hoje, esses caminhões e outros veículos disputam o mesmo espaço. “Essa é uma obra sonhada pela população há muito tempo”, lembra o senador.

Ao visitar as obras, o senador lembrou que, nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro liberou R$ 4,9 milhões para a conclusão das obras. “Serão suficientes”, garante o parlamentar.

A travessia urbana das BRs 070 e 158 em Barra do Garças é considerada área crítica.

O projeto inclui a construção de drenagem pluvial, terraplenagem, pavimentação e construção de duas pontes sobre os rios Araguaia e Garças.

Leia Também:  Thiago Silva reitera pedido para novo hospital regional e campus da Unemat em Rondonópolis

O ministro, Tarcísio Gomes de Freitas, garantiu que as obras serão totalmente entregues, tanto do lado de Mato Grosso, quanto de Goiás.

Ele aproveitou a visita para anunciar, para esta sexta-feira, outra obra importante para a região – a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, que vai ligar Mara Rosa (GO) a Água Boa (MT).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA