Turismo

Turismo no pantanal ganha nova opção: requinte e natureza

Publicados

em

JB News
Por Justina Fiori

O turismo no pantanal de Mato Grosso ganha uma nova perspectiva com a Pousada Siá Mariana, em Barão de Melgaço. Com uma arquitetura integrada ao ambiente, sem deixar de lado o requinte, conforto e segurança, a pousada oferece várias oportunidades, como conhecer um dos cenários mais deslumbrantes do pantanal, a Baía de Siá Mariana, que congrega fauna e flora deste bioma que é uma Reserva Mundial da Biosfera e Patrimônio da Humanidade.

Entre as opções de atividades para o turista, está o passeio de barco pela baía para avistamento de aves, répteis e mamíferos, além da flora permeada por cambarás,ipês e aguapés, espécies que caracterizam o pantanal. E tudo isso com um pôr de sol encantador. A baía de Siá Mariana é considerada um dos berçários do pantanal. Outra opção são as trilhas para a observação de fauna e flora que cercam a pousada.

E para relaxar, a pousada oferece sala de jogos e lounge bar, além de acomodações confortáveis com banheira de imersão, ambientes aconchegantes, um buffet composto por pratos típicos da região e drinks especiais.

O proprietário, José Ricardo de Mello, conta que o projeto arquitetônico da pousada levou em consideração a integração com a paisagem e o conceito de sustentabilidade que devem se tornar referência para a região. Entre os elementos utilizados na construção, estão diversos tipos de materiais de demolição e tantos outros objetos centenários, retirados de antigos casarões espalhados pelo Brasil e o mundo. “Ao total, foram cerca de 500m³ de madeira reaproveitada. Acreditamos que, adotando a sustentabilidade como conceito para a nossa pousada, evitamos a emissão de cerca de uma tonelada de CO2 para a atmosfera”, diz.

Leia Também:  Rede hoteleira prepara promoção de 30% na Black Friday 

Médico, José Ricardo mantinha a propriedade no pantanal para o lazer da família e amigos nos fins de semana. Há dois anos, resolveu transformá-la em pousada e começou as reformas e ampliações. O resultado é um espaço acolhedor, repleto de obras de arte e objetos de antiquários colecionados pela família.

“Gostamos de receber as pessoas e de proporcionar um ambiente onde se sintam em casa”, diz ele.

Ao total, foram gerados 25 empregos diretos e a opção foi contratar moradores da região.

A pousada foi apresentada, neste final de semana, para operadores de turismo de Mato Grosso e de outros estados, que começam a oferecer os pacotes para turistas de todo o mundo.

“O conceito da pousada é diferenciado”, diz Marina Figueiredo, vice-presidente do Conselho da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo). “Não conheço nenhum lugar assim, onde a receptividade e o acolhimento se somam ao profissionalismo e qualidade”, avalia.

Aroldo Schultz, Ceo de operadora no Paraná, se surpreendeu. “Não imaginava que fosse tão acolhedora. A decoração é muito especial”.

Leia Também:  Cetur-MT destaca a importância de investimentos locais

Já Ana Claúdia, da Interativa Viagens, considera o lugar ímpar, aliando requinte e natureza. “É o único que conheço com essa qualidade”, diz.

Quem também esteve conhecendo a pousada é Michelly Andreghetto, digital infuencer em Sorriso (MT). Ela aponta a pousada com um espaço para quem quer descansar no pantanal e viver uma experiência única de contato com a natureza. Tudo isso com muito requinte.

Zilda Castanho é produtora de eventos e cerimonialista e acredita que a pousada Siá Mariana oferece a possibilidade de uma experiência única e diferenciada, aliando requinte e natureza.

O projeto arquitetônico foi bastante observado por José Eduardo, relações comerciais da agência de viagens Confiança. Segundo ele, o resultado é um produto único. “A decoração se une à receptividade da equipe e dos proprietários e as belezas cênicas do pantanal”.

COMENTE ABAIXO:

Turismo

Governo injeta R$ 155 milhões para a retomada do turismo em MT

Publicados

em

Por

Foram apresentados os principais investimentos feitos pelo Governo do Estado no turismo, especialmente em obras de infraestrutura

Greyce Lima

 

Os investimentos de R$ 155 milhões do Governo do Estado, para a retomada do turismo em Mato Grosso, foram destaque na abertura do Fórum Internacional do Turismo do Pantanal 2022 (Fit Pantanal). Realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio-MT), o evento é realizado nesta segunda-feira (06.06), no Centro de Eventos do Pantanal, na Capital.

Representante do governo estadual, o secretário-chefe da Casa Civil, Rogério Gallo, e o secretário adjunto de Estado de Turismo, Jefferson Preza Moreno, apresentaram os principais investimentos feitos pelo governo em diversas áreas do turismo mato-grossense, do ecoturismo ao turismo-aventura, especialmente em obras de infraestrutura como a construção e reforma de pontos turísticos como orlas, entre outros espaços públicos.

Rogério Gallo ressaltou a importância de destinar recursos à retomada de eventos para fomentar a economia local e, principalmente, atrair os turistas para MT. “O Governo do Estado está investindo em pontos turísticos, através de obras em infraestrutura como pavimentação de rodovias e construção de pontos turísticos (orlas) nos municípios de Barra do Garças, Cáceres, São Félix do Araguaia, Jaciara e região do Araguaia. Projetos como estes fomentam o turismo, geram emprego, renda e valorizam o patrimônio histórico e a cultural mato-grossense”, destacou Gallo.

Leia Também:  “Uma empresa não pode terminar na geração fundadora e nem na seguinte”, alerta especialista

Representante da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, o secretário- adjunto de Turismo (Seatur), Jefferson Moreno, relembrou a difícil realidade do turismo brasileiro nos últimos dois anos, por causa da pandemia da Covid- 19. Disse que o governador Mauro Mendes não poupa esforços e recursos para alavancar o turismo.

“O turismo sofreu muito com a pandemia, os eventos foram cancelados e tivemos que esperar. Agora, é hora de correr atrás deste tempo perdido. É isso que o Governo do Estado vem fazendo, destinando recursos para os pontos turísticos, substituindo pontes de madeira por pontes de concreto, investindo em orlas, fazendo capacitações, concedendo incentivos financeiros, tudo para alavancar o setor de forma sustentável “, ressaltou o secretário.

A equipe da Sedec, por meio da Desenvolve MT, também participa do evento, com um balcão de negócios e serviços. No local, os visitantes conhecem as linhas de crédito do Desenvolve Turismo, voltadas para o fomento e desenvolvimento do setor.

A FIT Pantanal 2022 é promovida em parceria com a Associação da Região Turística Metropolitana Cuiabá Várzea Grande (Astur-MT) e organizada pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Mato Grosso (SHRBS-MT) e outros parceiros.

Leia Também:  Mapeamento das rotas turísticas de Cuiabá será apresentado na próxima semana

No período da tarde, os convidados participaram de um debate sobre novas alternativas para fortalecer o turismo em Mato Grosso, beneficiado por três biomas – Amazônia, Cerrado e Pantanal -, além de ações práticas a serem adotadas para a conservação ambiental.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA