Eleições 2020

Deputada Rosa Neide declara apoio a professora Josete para vereadora em Várzea Grande

Publicados

em

POLÍTICA MT Deputada federal Rosa Neide (PT) apoia professora Josete para vereadora em Várzea Grande

por William Arruda

A deputada federal e professora Rosa Neide (PT) declarou em vídeo apoio a candidata a vereadora e colega de profissão a educadora Josete Maria da Silva que disputa o cargo de vereadora em Várzea Grande. Em suas declarações em vídeo, a parlamentar de Mato Grosso no Congresso Nacional disse que a professora Josete é uma incansável defensora da educação.

“Estou apoiando o nome da professora Josete que colocou-se a disposição para a Câmara Municipal, ela vem fazendo um trabalho incansável pela educação, fazendo uma grande batalha pela melhoria da educação pública e merece o nosso voto. Portanto em 15 de novembro vote professora Josete 13333”, disse Rosa Neide.

A candidata a vereadora Josete que disputa sua primeira eleição em Várzea Grande, disse a reportagem de O Médio Norte estar muito feliz pelo apoio da deputada federal que é uma das referências no Brasil na luta pelos direitos da educação pública.

Leia Também:  Prefeita Lucimar recebe Medalha Honorífica da Força Tática de Várzea Grande

“Olha estou muito feliz por essa declaração em vídeo da deputada, isso mostra que nossa campanha está ganhando corpo e crescendo na cidade. Nós na Câmara Municipal de Várzea Grande pretendemos lutar e defender a nossa educação de qualidade, pois todas as pessoas merecem receber boas escolas, bons profissionais e assim teremos uma sociedade várzea-grandense muito melhor”, disse a professora Josete.

Perfil

Josete Maria da Silva é mãe de  uma menina de 10 anos, uma mulher dedicada e profissional sempre esforçada não mediu esforços e sacrifícios para estudar. Josete   é  licenciada em história, licenciada em ciências da natureza (matemática), licenciada e bacharel em ciências biológicas, possui mestrado e atualmente é doutoranda.

Confira o vídeo de apoio da deputada federal Rosa Neide a professora Josete em Várzea Grande:👇

Leia mais:  Projeto de lei obriga bancos a reforçarem segurança dos caixas eletrônicos

https://www.facebook.com/josetebio/videos/10218770762765836

 

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CUIABÁ

Emanuel Pinheiro será investigado pela Polícia Federal por disseminar Fake News

Publicados

em

JB News

 

O prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro será investigado pela Polícia Federal por disseminação de Fake News. Conforme o pedido de instauração de Inquérito Policial recebido nesta segunda-feira (23.11), Emanuel responderá por campanha difamatória, caluniosa e injuriosa contra o candidato Abílio Jr.
“Até onde vai a maldade, vai o desrespeito de uma campanha eleitoral? Até onde pode vir a mentira para destruir a moral das famílias das pessoas? Eu, igual a você, estou indignado com a falta de pudor dessa turma. A falta de respeito com a minha família, com a minha igreja, com a minha fé”, disse Abílio em suas redes sociais.
Na última semana, diversos vídeos contra Abílio começaram a circular na internet sendo que um deles acusa o candidato de desviar materiais de construção da Igreja Assembleia de Deus e usar isso para reformar sua casa.
“Emanuel, respeite as pessoas. Vamos fazer o debate no campo político e não seja um covarde que ataca as pessoas através de mentiras e fake news para tentar defender uma gestão corrupta, para tentar defender um vídeo de paletó que até hoje você não explicou”, expôs Abílio.
De acordo com a defesa de Abílio e Wellaton, patrocinada pelo advogado Alexandre César Lucas, os materiais divulgados ultrapassaram a crítica política. “Isso é inaceitável no campo do bom debate e no exercício democrático dos atos de campanha. As Fake News promovidas pelos apoiadores do Emanuel Pinheiro se estenderam à vida pessoal, aos familiares e até à religião de Abílio. A internet não é terra de ninguém e os responsáveis responderão por isso sim”, argumentou.
De acordo com Alexandre, a consistência do material entregue à Polícia Federal, e que ensejou a instauração do Inquérito Policial, comprova que foram cometidos crimes previstos nos artigos 138, 139 e 140 do Código Penal Brasileiro.

Leia Também:  PDT amplia força em MT e ganha 8 prefeituras; uma delas atinge 92% de votação

Veja o Pedido: 👇

IP_1

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA