Efeitos da pandemia 

Vereadora Michelly pede prorrogação de isenção de impostos em Cuiabá

Publicados

em

 

A vereadora Michelly Alencar (DEM) cobrou prorrogação da suspensão de pagamento de tributos em Cuiabá, como IPTU e Alvarás. A solicitação à Prefeitura de Cuiabá foi apresentada nesta terça-feira (23.03) durante a sessão ordinária da Câmara Municipal.

Conforme a vereadora, a Prefeitura precisa minimizar os impactos econômicos sofridos pela população devido a pandemia de Covid-19. Em especial, os comerciantes que precisaram fechar seus negócios por um determinado período de tempo ou então reduzir horário de funcionamento.

No mês passado a vereadora já pediu informações à Secretaria Municipal de Fazenda sobre o pacote de medidas tributárias adotadas pelo Executivo para as empresas impactadas pelos efeitos da pandemia.

Outro pedido da vereadora é para que a tarifa de água e esgoto cobrada pela Águas Cuiabá não seja reajustada. A empresa concessionária tem a prerrogativa contratual de fazer um reajuste anual nas contas. No ano passado a prefeitura decretou a suspensão. No entanto, esse decreto tem validade até o dia primeiro de abril.

Precisamos da ampliação do período de isenção e descontos das taxas municipais. As empresas que ficaram fechadas por um período ou tiveram suas atividades afetadas tiveram essa promessa de isenção ou redução de impostos até o dia 31 de março. No entanto, estamos vivendo o período mais crítico e as pessoas vão precisar desse incentivo”, argumentou a vereadora.

 

Ana Rosa Fagundes
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Medeiros destaca atuação de ministra na defesa da criança e do adolescente

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA