VÁRZEA GRANDE

Prefeito Kalil Baracat flexibiliza medidas restritivas contra a Covid-19

Publicados

em

Medidas de flexibilização ocorrem com o avanço da vacinação no município. Decreto de nº 88 mantém a situação de emergência no âmbito da saúde pública municipal

Será publicado nesta sexta-feira (27), um novo decreto municipal atualizando as medidas de combate ao Coronavírus – Covid-19, em Várzea Grande. O decreto de nº 88 com data de 24 de agosto deste ano, mantém a situação de emergência no âmbito da saúde pública municipal e flexibiliza alguns artigos.

A decisão de atualização e flexibilização das medidas restritivas contra a Covid-19, ocorre em momento de avanço da vacinação no município. “Alcançamos esta semana a expressiva marca de 200 mil vacinas aplicadas, tanto de primeira, de segunda ou de dose única. Ao todo foram aplicadas mais de 200,5 mil doses. Inclusive abrimos cadastro para vacinação de jovens de 12 a 17 anos e mantemos a vacinação ao público de 18 a 20 anos, sem descuidar das outras faixas etárias. Esse avanço nos leva a flexibilizar as regras de funcionamento de setores da economia, mas tudo com muito planejamento, cuidado e principalmente resguardando a vida das pessoas”, frisou o prefeito Kalil Baracat.

O gestor público e o Comitê de Enfrentamento ao novo Coronavírus alertam que não se furtarão em adotar medidas mais endurecidas caso haja novo descontrole na pandemia da Covid-19 e as pessoas deixem de compreender suas responsabilidades em todo este processo da doença.

Leia Também:  Kalil e Jayme anunciam R$ 20 milhões em investimentos e esforço pela solução para a falta de água

O novo decreto permite, por exemplo, a utilização de equipamentos comunitários em geral, a exemplo de praças, parques e academias ao ar livre, limitando o público a 70% da capacidade do local. Também está permitida a retomada de atividades de capacitação, treinamentos públicos e privados, cursos de idiomas e cursinhos preparatórios também com a limitação de 70% da capacidade de alunos em sala de aula.

Os órgãos públicos da administração direta e indireta também podem funcionar com no mínimo 70% dos servidores em trabalho presencial e escala de revezamento.

Está permitido o funcionamento, observando 70% da capacidade máxima dos locais de eventos sociais, corporativos, empresariais, técnicos e científicos, cinemas, museus e teatros, shopping center, serviços e atividades não essenciais privadas, varejistas e atacadistas.

Shopping Center e serviços e atividades não essenciais privadas, varejistas e atacadistas podem atender ao público de segunda-feira a domingo, das 08hs à 00h59, podendo realizar delivery até a 00h59 em todos os dias.

Supermercados, mercados, mercearias e feiras, padarias, açougues e similares, funcionam com 70% da capacidade máxima de lotação de segunda-feira a domingo das 05h à 00h59, sendo proibido o consumo no local.

Leia Também:  Saúde realiza I Oficina de Saúde Mental na reestruturação dos serviços da atenção psicossocial

As conveniências localizadas em postos de combustível, as distribuidoras de bebidas, os restaurantes e pizzarias, as lanchonetes, cafeterias, bares e congêneres funcionarão com a capacidade máxima de 70% de lotação, de segunda-feira a domingo das 05h à 00h59, podendo realizar delivery em todos os dias até a 00h59.

As atividades de cunho religioso poderão manter seu exercício regular, de segunda-feira até domingo das 05h à 00h59, respeitando a lotação máxima de 70% da capacidade total do local, disponibilizando produtos para higienização de mãos e calçados, mantendo o distanciamento mínimo de 1,5 m entre as pessoas, controlando o acesso de pessoas do grupo de risco ao estabelecimento inclusive, pessoas com idade superior a 60 anos.

“Vale ressaltar que as medidas de biossegurança devem ser cumpridas por todas as pessoas, todos os estabelecimentos públicos e privados, a exemplo do uso de máscaras faciais, de lavar as mãos e usar álcool em gel, de manter o distanciamento entre as pessoas e evitar aglomerações. No caso específico das atividades religiosas é preciso que os responsáveis suspendam qualquer contato físico entre as pessoas, proíbam a entrada de pessoas sem máscara de proteção facial e suspendam a entrada de pessoas quando atingida a capacidade de 70% do estabelecimento”, pontuou Kalil Baracat.

COMENTE ABAIXO:

VÁRZEA GRANDE

Pivetta se reúne com Kalil Baracat e confirma parceria em obras e ações

Publicados

em

Por

Obras de abastecimento de água, pavimentação asfáltica, Parque Tecnológico, educação, segurança pública, social e lazer devem nortear os investimentos de Mato Grosso na cidade

As Informações são da Secom-VG

Ampliar a parceria conjunta entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Várzea Grande garantindo o investimento de recursos públicos e a execução de obras consideradas essenciais nos setores de abastecimento de água, pavimentação asfáltica, educação, social, segurança pública e lazer delinearam as tratativas do encontro do vice-governador Otaviano Pivetta e do prefeito Kalil Baracat que se reuniram no Paço Couto Magalhães.

“Temos um entendimento construído com o Governo do Estado junto ao governador Mauro Mendes e que agora está sendo reafirmado pelo vice-governador Otaviano Pivetta, que foi prefeito de Lucas do Rio Verde por vários mandatos e sabe da importância do apoio do Governo de Mato Grosso para os municípios fazerem o enfrentamento dos problemas, pois o cidadão mora na cidade e aqui é onde eles devem ser resolvido”, disse o prefeito Kalil Baracat sinalizando que na mesma proporção que o Governo do Estado investe em Várzea Grande, a administração municipal complementa com recursos próprios os valores aplicados.

O vice-governador Otaviano Pivetta, que estava acompanhado pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, César Miranda, assinalou que o interesse do Governo do Estado é assegurar investimentos voltados para atender as demandas da população e os municípios e busca nos prefeitos e nas estruturas municipais como dar dinâmica, celeridade e resolutividade aos pedidos de obras e ações.

Leia Também:  Kalil confirma cinco folhas de saláriosque somam 158,5 milhões e aquecem a economia em VG

“O prefeito Kalil Baracat e sua equipe de trabalho têm demonstrado empenho e dedicação na busca de soluções para os problemas de Várzea Grande e nosso papel enquanto Governo do Estado é ser indutor, auxiliar e buscar parcerias que tenham como meta final atender a cidade e a sua população nas suas necessidades como a questão do abastecimento de água, pavimentação asfáltica de ruas e avenidas e também nas ações voltadas para a Educação e da implantação do Parque Tecnológico que será um gerador de novos profissionais, novas indústrias, criando emprego e renda e agregando valores para a economia que em Mato Grosso é voltada para o agronegócio”, explicou Otaviano Pivetta.

O vice-governador reafirmou o compromisso do Governo de Mato Grosso através da atuação do governador Mauro Mendes e sua equipe em ajudar a administração municipal a encontrar solução para a questão do abastecimento de água e para o esgotamento sanitário. “Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, para cada R$ 1,00 (um real) investido em abastecimento de água potável ou esgoto sanitário, se economiza uma média de R$ 3,00 (três reais) a R$ 5,00 (cinco reais) em saúde pública, pois 92% das doenças contraídas pelas pessoas é decorrente da falta de água potável e esgoto sanitário”, frisou ele, assinalando que as obras de uma nova Estação de Tratamento de Água – ETA Chapéu do Sol, para captar, tratar, armazenar e distribuir 250 litros por segundo ou 21,6 milhões de litros por dia contribuirão definitivamente para solucionar a questão da falta de água na segunda maior cidade de Mato Grosso.

Leia Também:  Kalil pretende inaugurar ainda em outubro Estação de Água do Cristo Rei

O vice-governador Otaviano Pivetta e o prefeito Kalil Baracat frisaram ainda que estes novos investimentos que se somarão as obras da ETA Grande Cristo Rei que será entregue ainda em outubro deste ano com capacidade de captar, tratar e distribuir 320 litros por segundo ou 27.648 milhões de litros por dia e mais uma nova ETA que está sendo licitada por Várzea Grande de outros 150 litros por segundo ou 12.960 milhões de litros por dia vão dobrar a atual produção de água da cidade e solucionar o problema em definitivo.

“Estamos trabalhando sem descanso para honrar o nosso compromisso, feito durante as eleições, de solucionar a questão da água em Várzea Grande e essa é e continuará sendo a principal missão de nossa gestão”, disse o prefeito Kalil Baracat, enaltecendo o apoio recebido por parte do Governo do Estado através do vice-governador Otaviano Pivetta, do senador Jayme Campos, da Assembleia Legislativa, da bancada federal, enfim de todos que desejam ver uma Várzea Grande melhor para todos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA