Turismo

Governo lança manual de turismo sustentável para Mato Grosso

Publicados

em

Governo do Estado lança manual de turismo sustentável para Mato Grosso

Parceria com ONU Meio Ambiente e Sebrae ajudará gestores públicos e empresários a comporem uma agenda de sustentabilidade em Mato Grosso

Thielli Bairros

A | A

O turismo sustentável é uma forma que busca simultaneamente a conservação e a proteção do meio ambiente, a promoção da cultura, a valorização das tradições, o respeito das pessoas, em particular da comunidade local, melhorando a experiência positiva do turista e promovendo a viabilidade dos negócios.

A descrição está no documento “Normalização e Certificação de Turismo Sustentável”, um manual de diretrizes que foi lançado nesta segunda-feira (09.12), em Cuiabá, pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Parceria para Ação pela Economia Verde (Page MT), Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) e Sebrae MT.

“O Estado de Mato Grosso, por orientação do governador Mauro Mendes, está em busca do desenvolvimento do turismo mostrando nossas belezas naturais de forma sustentável. O projeto levará as diretrizes para as políticas públicas e auxiliará os empresários do setor”, afirmou Jefferson Moreno, secretário adjunto de Turismo.

De acordo com o diretor superintendente do Sebrae MT, José Guilherme Barbosa Ribeiro, o manual é prático e objetivo. “Mostra aos poderes públicos estadual e municipais como apoiar o turismo em Mato Grosso e à iniciativa privada orienta como fazer a normalização deste turismo sustentável – o que fazer, como fazer, quais são as normas”, explicou.

Leia Também:  Jef Rosa lança projeto de música autoral

Mato Grosso é o único Estado brasileiro que tem este tipo de documento, que também será editado em inglês para ter maior alcance.

“O potencial do Estado é gigantesco e, no próximo ano, partiremos para as capacitações e desdobramentos destes manuais. Esperamos que realmente ajudem a melhorar a utilização dos recursos naturais e a inclusão de comunidades que ainda não estão participando ativamente de uma cadeia sustentável”, disse Regina Cavini, oficial de programas sênior do Pnuma.

O consultor do Sebrae, Alexandre Eliasquevitch Garrido, reforçou que é um grande marco para Mato Grosso porque organiza uma estratégia única para avançar nesta agenda do turismo sustentável. “Estabelecemos as diretrizes que foram baseadas em princípios internacionais como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Agora, partiremos para as questões práticas”.

“Em 2016, elencamos que o turismo seria um eixo importante de sustentabilidade da economia verde, da geração de trabalho, emprego e renda decentes. Este foi um trabalho muito bem feito e agora irá virar política pública com participação de gestores e empresários, sempre lembrando que o turismo é um dos setores da economia que mais cresce no mundo, representando 5% do PIB global, além de gerar 235 milhões de empregos”, disse Eduardo Chiletto, coordenador do Page MT.

Leia Também:  China quer renegociar preços da carne bovina do Brasil

Colaboraram com o projeto os analistas de Desenvolvimento Econômico e Social da Seadtur, Diego Augusto Orsini Beserra e Leandro Carvalho Lima, e Marisbeth Maria Gonçalves, analista do Sebrae.

Page MT

O Programa Page (Partnership for Action on Green Economy, cuja sigla em português é Parceria para Ação em Economia Verde) em Mato Grosso é uma aliança entre cinco agências da ONU e o Governo de Mato Grosso que procura desenvolver e implementar estratégias de Economia Verde, além de criação de empregos “verdes”. São aqueles que diminuem o impacto ambiental para níveis sustentáveis, ou seja, são postos de trabalho decente, isto é, trabalho formalizado de acordo com as normas trabalhistas, que reduzem emissões de carbono e que se destinam a melhorar a qualidade de vida humana e ambiental.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Turismo de MT foi fomentado em feiras nacionais e internacionais

Publicados

em

Governo do Estado apresentou os destinos mato-grossenses para turistas e operadores de todo o mundo

Thielli Bairros

Mato Grosso tem belezas naturais que devem ser conhecidas por turistas brasileiros e estrangeiros. Para levar informações turísticas do estado, a Secretaria Adjunta de Turismo participa ativamente de feiras no Brasil e exterior.  Somente neste ano, foram cinco participações em eventos nacionais e três em eventos internacionais.

“A participação em feiras internacionais é importante para mostrar Mato Grosso aos turistas de todo o mundo. Assim como nos eventos nacionais, pois muitos operadores e potenciais turistas ainda têm dúvidas ou desconhecem nossos destinos”, explica Jefferson Moreno, secretário adjunto de Turismo.

Em setembro, a equipe técnica da Seadtur viajou à Bolívia para participar da 44ª edição da Expocruz, em Santa Cruz de La Sierra. Lá, palestraram sobre o programa Descubra Mato Grosso para o trade turístico da região e a imprensa especializada.

“Apesar de serem da área, conhecem pouco sobre Mato Grosso. Falamos sobre os quatro pólos turísticos do Estado – Amazônia, Araguaia, Cerrado e Pantanal, e também sobre a região metropolitana, sempre apresentando os atrativos e a infraestrutura para receber os turistas”, explicou Daniela Freitas Pereira, analista de Desenvolvimento Econômico e Social da Secretaria Adjunta de Turismo de Mato Grosso.

Leia Também:  Defensoria Pública destaca melhoria e qualidade no atendimento da Saúde de Várzea Grande

Já em novembro, a equipe técnica participou de uma das maiores feiras voltadas para o turismo do mundo: a World Travel Market (WTM), em Londres, na Inglaterra. A participação foi em conjunto com o Consórcio Brasil Central, formado por Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Goiás, Rondônia, Tocantins e Maranhão.

O mercado britânico é um dos mais importantes para Mato Grosso, pois busca muitos destinos de ecoturismo e gosta do que encontra em nosso estado”, disse Daniela Freitas.

Nacionais

Dentro do Brasil, a secretaria adjunta de Turismo levou para diversos eventos os destinos de Mato Grosso. Houve participação na WTM em São Paulo; no Festival das Cataratas, em Foz do Iguaçu (PR); a BNT Mercosul, uma feira de negócios turísticos, em Itajaí (SC); a feira da Associação Brasileira dos Agentes de Viagens (ABAV), em São Paulo; e a Festuri, em Gramado (RS).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA