COVID-19

Várzea Grande abre pré-cadastro para vacinar lactantes

Publicados

em

JB News

As mães que amamentam crianças de até um ano começarão a ser imunizadas contra a Covid-19 em Várzea Grande. Na noite desta terça-feira (22.06), foi aberto o pré-cadastro para as lactantes, conforme anunciou o prefeito Kalil Baracat. A inscrição deve ser feita no site oficial da prefeitura de Várzea Grande pelo endereço www.varzeagrande.mt.gov.br, na aba IMUNIZAÇÃO VÁRZEA GRANDE, na segunda fase que contempla várias categorias.
Segundo o prefeito, o avanço da campanha de vacinação, abrangendo mais grupos, está vinculado ao recebimento das doses pelo Ministério da Saúde. “Gostaríamos de ter mais velocidade na vacinação e mesmo nos organizando para oferecer estrutura física e atendimento de saúde para vacinar 10 mil pessoas por dia, o volume de doses entregues pelo Ministério da Saúde através da Secretaria de Saúde de Mato Grosso é insuficiente. As lactantes se mobilizaram nas redes sociais e somos sensíveis ao pedido das mães, sempre respeitando as diretrizes de saúde, bem como o Plano Nacional de Imunização. (PNI) “, disse Kalil.
A decisão possui o respaldo da Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT) que aprovou, durante reunião realizada no dia 11.06, a vacinação contra a Covid-19 de lactantes em Mato Grosso. Dessa maneira, as próximas remessas encaminhadas pelo Ministério da Saúde já terão quantidades de doses pactuadas para este público.
O secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, destacou que a imunização vai alcançar as mães de bebês com até um ano, portanto, no dia da vacinação, ela deve apresentar, além do documento pessoal com foto e carteira do SUS, a certidão de nascimento da criança. “Importante destacar que a cada semana, avançamos ainda mais na vacinação contra Covid-19, planejando e executando ações responsáveis para uma imunização eficiente. Montamos cinco pontos de vacinação, em sistema drive-thru e ponto fixo, além disso, todos os dias têm vacinação em Várzea Grande. Faço um chamamento para a população: ao chegar sua vez de receber a vacina, vá vacinar, não deixe de comparecer e nos ajude a combater a COVID 19”, destacou ele.
Para a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), é recomendada a vacinação contra a covid-19 para lactantes. A orientação segue o que preconiza a Organização Mundial da Saúde (OMS), que se posiciona ao afirmar que, se a lactante é pertencente a um grupo no qual a vacinação é recomendada, ela deve ser oferecida. Além disso, a SBP não aconselha a interrupção da amamentação após a vacinação.
SBP destaca o benefício da vacinação da lactante, que é propiciar a proteção contra a Covid-19, diminuindo, portanto, o risco teórico de transmitir a infecção aos filhos destas mães vacinadas. Além disso, o leite materno contém anticorpos (IgA secretora contra o SARS-CoV-2) que poderiam potencialmente proteger o bebê amamentado.
Por sua vez, um estudo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC), realizado pelo Instituto da Criança e do Adolescente, apontou presença de anticorpos em leite de colaboradoras lactantes do HC, imunizadas com vacina contra Covid-19.
Cadastro – Para realizar seu pré-cadastro, a lactante deve acessar o site oficial da prefeitura de Várzea Grande pelo www.varzeagrande.mt.gov.br, na aba IMUNIZAÇÃO VÁRZEA GRANDE. Vale destacar a atenção na inserção dos dados e das informações solicitadas, como a digitação de números de documentos, como CPF, Carteira do SUS de Várzea Grande e endereços de e-mail para não conterem erros que impeçam a validação do agendamento pela Secretaria de Saúde de Várzea Grande. A partir de três dias úteis, importante retornar ao mesmo endereço com CPF para confirmar o agendamento e se informar da data, horário e local de vacinação.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Kalil e Jayme anunciam R$ 20 milhões em investimentos e esforço pela solução para a falta de água

COVID-19

Vacinação da ALMT já imunizou mais de 200 mil pessoas: “Atuação do Parlamento faz a diferença”, diz Russi

Publicados

em

Por

JB News

Legislativo abriu 5 polos de vacina, sendo 3 na baixada cuiabana, 1 em Rondonópolis e 1 em Tangará da Serra.

Mato Grosso já vacinou mais de 40% de sua população, contra a Covid-19, conforme os últimos dados do consórcio de veículos de imprensa. No total já foram aplicadas 3.823.526 doses de vacinas, de acordo com levantamento da Secretaria de Estado de Saúde. Dessas, 239.756 pessoas foram imunizadas nos cinco postos de vacinação, instalados pela Assembleia Legislativa em Cuiabá, Várzea Grande, Tangará da Serra e Rondonópolis. “Esses pontos de vacinação estão sendo essenciais para acelerarmos esses processo de imunização e diminuir o número de óbitos em nosso Estado. Uma ação, que teve a participação de todos os deputados”, avalia o presidente do Legislativo, deputado Max Russi (PSB).

O parlamentar foi um dos entusiastas e um dos principais articuladores para a implantação e ampliação de novos postos de vacinação em MT, na parceria entre Assembleia, prefeituras e parceiros.

“São recursos da Assembleia, que contribui com estrutura, servidores e servidores, dando condições de trabalhar e prestar esse serviço para a população”, complementou.

Leia Também:  Maus hábitos alimentares e sedentarismo levam à obesidade

No caso do polo de vacinação da Assembleia Legislativa, segundo o quantitativo da Supervisão de Saúde e Qualidade de Vida (SGP), já foram aplicadas 91.921 doses de imunizantes, até o dia 13 deste mês. No de Rondonópolis foram 71.646, Tangará da Serra 40.000 e Várzea Grande 36.189, somados os dois polos da baixada.

De acordo com a gerente de Saúde e Assistência do Legislativo, Ivana Mara Mattos, a vacinação segue normalmente, atendendo a todos os protocolos preconizados pelas autoridades de Saúde e conforme a chegada de mais vacinas.

“Já estamos vacinando, aqui na Assembleia, adolescentes de 12 a 17 anos. Além disso, a terceira dose já está disponível par a faixa etária de 70 anos e profissionais da Saúde. Isso tudo de acordo com a chegada de vacinas”, esclareceu.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA