CUIABÁ

Stopa assina termo de transmissão temporária das funções de prefeito

Publicados

em

JB News

O vice-prefeito José Roberto Stopa (PV) assinou o termo de transmissão temporária do exercício das funções de prefeito do Município de Cuiabá na tarde desta quarta-feira (20), na Câmara de Vereadores.

A transmissão temporária ocorre em virtude do afastamento do titular, em decorrência de decisão judicial.

O ato contou com a presença do presidente da Câmara, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB), do primeiro secretário, vereador Paulo Henrique (PV), do segundo secretário, vereador Cezinha Nascimento (PSL), do vereador Marcrean Santos (Progressistas), do secretário de governo, Luis Claudio e do secretário-adjunto de Governo, Wilton Coelho Pereira.

Após o ato de assinatura do termo, o presidente do Legislativo disse que “Cuiabá não pode parar e durante este período, em que estiver como prefeito em exercício, pode contar com a Câmara e com os parlamentares para ações e projetos que façam Cuiabá avançar”.

Stopa agradeceu a receptividade dos parlamentares e destacou que os trabalhos na prefeitura continuam.

“O objetivo agora é tocar a gestão, dar continuidade a este trabalho, tranquilizar todos os colegas da Câmara Municipal e também servidores e secretários para que nada, nenhum serviço público, seja paralisado, que todas as obras continuem e que a gente consiga tocar a prefeitura levando qualidade de vida, levando humanização e realizando entregas à população”, destacou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mauro Mendes destaca investimento em infraestrutura e as perspectivas do estado para os próximos anos e afirmou que Governo de Mato Grosso tem alavancado o setor econômico e social

CUIABÁ

Prefeito Emanuel Pinheiro diz que é o homem mais injustiçado de MT

Publicados

em

Por

JB News

Alisson Gonçalves

Em discurso durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira dia 1/12,  o Prefeito Emanuel Pinheiro (MDB)  disse que é o homem mais injustiçado de MT.

Emanuel apresentou trechos de sua defesa em slides para afirmar que foi “injustiçado”.

E afirmou categoricamente que o Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) se baseou em “ilações” para pedir seu afastamento.

Questionado sobre as contratações Emanuel afirma,que todas as contratações que foram feitas são de responsabilidade do Secretário Huark Douglas Correa,o mesmo que também foi nomeado na Gestão de Mauro Mendes em 2013″

Emanuel Pinheiro havia sido afastado por suspeita de irregularidades na secretaria municipal de Saúde e passou 38 dias afastado da função.

Ainda com seu retorno se sentido injustiçado Pinheiro encaminhou um projeto de lei à Câmara Municipal que prevê a criação do “Dia do Perdão”, a ser comemorado anualmente no dia 26 de novembro, mesma data em que a Justiça autorizou o retorno dele ao cargo.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  MPMT requer fechamento de Fort Atacadista inaugurado nesta sexta
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA