Pandemia

Sindalcool/MT cede cilindros de oxigênio para os hospitais de Mato Grosso

Publicados

em

O Sindalcool disponibilizou 80 cilindros de oxigênio sendo que 21 já foram reabastecidos e distribuídos aos hospitais

 

Com a pandemia do novo coronavírus em situação crítica no estado, o Sindalcool/MT – Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do Estado de Mato Grosso está disponibilizando mais de 80 cilindros de oxigênio para os hospitais de Mato Grosso. Atendendo a uma solicitação do governador Mauro Mendes e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Cesar Miranda Lima, a ação visa não deixar faltar oxigênio para os pacientes em tratamento contra a Covid-19.

 

A retirada dos cilindros de oxigênio já começou e até o momento, 21 cilindros já foram reabastecidos e distribuídos aos hospitais. Outros 68 cilindros estão disponíveis para serem distribuídos de acordo com a logística do governo.

 

Esta não é a primeira vez que o sindicato se solidariza em contribuir no combate a pandemia no estado. No ano passado, por exemplo, o Sindalcool/MT forneceu mais de 300 mil litros de álcool 70% para os hospitais que enfrentavam a escassez do produto.

Leia Também:  Por 11 votos a cinco, deputados rejeitam projeto do conselho LGBT em Mato Grosso

 

“Temos uma parceria forte com as comunidades em torno das nossas unidades produtoras. Jamais vamos nos negar a participar de um processo social e humanitário em prol da comunidade em que estamos envolvidos”, destaca o diretor executivo Jorge dos Santos.

 

“O Sindalcool tem uma atuação socioambiental muito forte com a comunidade em que está inserido”, destacou o diretor. A boa  relação do setor com o governo estadual também fez com que esta ação fosse prontamente atendida pelo presidente do sindicato, Silvio Cezar Pereira Rangel, que entrou em contato com todas as 14 unidades da Indústria Sucroalcooleira.

 

Para o presidente do Sindalcool/MT, Silvio Rangel, esta ação vai ajudar a minimizar os impactos da pandemia em Mato Grosso. “Cada um de nós tem que fazer a sua parte para ajudar no combate ao coronavírus. Além dessa doação, estamos fazendo um trabalho interno com nossos colaboradores para a prevenção da doença”, pontuou.

 

COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Novo decreto exige compravante de vacinação para permancer em hospital público ou privado de Cuiabá

Publicados

em

Por

JB NEWS

Por Alisson Gonçalves

 

Prefeitura de Cuiabá públicou um Decreto municipal nº 8.332, nesta quinta-feira (02.12), que passa a ser exigido de acompanhantes e visitantes de pacientes atendidos em hospitais de saúde públicas e privadas da Capital.

A apresentação da Cadernacão da vacina, comprovando a vacinação contra Covid-19, para entrar e pernacer no local.

Essa nova medida vai servir para incentivar as pessoas que não foram vacinadas, e também prevenir as que já foram vacinadas.

A medida ainda irá prevenir uma nova onda de Covid-19 em Cuiabá, Principalmente agora que foi descoberto uma nova variante no Brasil a Ômicron.

Em uma coletiva de imprensa na quarta-feira 1/12 o Prefeito Emanuel Pinheiro (Anunciou medidas de prevenção uma delas a proibição de festa de Réveillon e carnaval em Cuiabá e faz apelo para que toda a população Cuiabana posso se vacinar.

“Eu quero que as 57 mil pessoas que não tomaram a segunda dose vão tomar a segunda dose. Eu quero que as 20 mil que não tomaram nenhuma dose vão tomar as duas doses e quero universalizar a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos. São números preocupantes e estamos aí com a nova cepa rondando o Brasil e nós não poder fazer vista grossa a isso”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo de MT premia 15 municípios pelo programa Imuniza Mais MT
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA