Economia

Sefaz intensificará fiscalização e monitoramento no setor de combustíveis

Publicados

em

Fiscais de tributos estão fazendo um curso para aprimorar os processos de auditorias

Lorrana Carvalho | Sefaz-MT

– Foto por: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) iniciou nesta quarta-feira (08.09), uma capacitação do Sistema de Captação e Auditoria dos Anexos de Combustíveis (Scanc), com foco na ferramenta Audi Scanc Monitoramento. O software é utilizado no cruzamento de informações do setor de combustíveis, com o objetivo de otimizar o monitoramento dos dados fornecidos pelos contribuintes e, também, combater a sonegação fiscal e o comércio irregular dessas mercadorias.

O curso é ministrado de forma online pelo criador do programa Audi Scanc Monitoramento, Gerson Xikota. Ao todo, serão oito dias de estudo nos quais os fiscais que atuam no segmento de combustíveis vão atualizar seus conhecimentos sobre o atual Sistema Scanc e a melhor utilização das suas ferramentas.

De acordo com a Superintendência de Controle e Monitoramento (Sucom), da Sefaz, o Sistema Scanc é uma ferramenta eletrônica importante que resume todas as operações envolvendo combustíveis derivados de petróleo e o seu uso traz mais agilidade e eficiência ao fisco estadual. “Devido à complexidade do trabalho, é imprescindível a capacitação em ferramentas que otimizem os trabalhos de controle das operações do setor de combustível, permitindo que o monitoramento do setor seja realizado cada vez mais próximo do momento da efetiva realização da operação pelo contribuinte”, explica o superintendente da Sucom, Henrique Carnaúba.

Leia Também:  Em Mato Grosso, 11 municípios estão com risco moderado de contaminação pela Covid-19

Além disso, o uso do sistema visa reduzir possíveis perdas de receita de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) na comercialização de combustíveis e proporcionar mais rapidez e segurança na tomada de decisões, homologação das informações e verificação do correto repasse do imposto. Isso porque com o Scanc, a Sefaz monitora todas as operações interestaduais realizadas pelos contribuintes que resultam em repasses, ressarcimentos e complementações de impostos.

Ou seja, o Sistema Scanc traz todas as informações sobre a apuração e demonstração dos valores de repasse, dedução, ressarcimento e complemento do ICMS incidente nas operações interestaduais, com combustível derivado de petróleo, em que o imposto tenha sido retido anteriormente, e com álcool etílico anidro combustível – AEAC e B100, cuja operação tenha ocorrido com diferimento ou suspensão do imposto.

O uso do Scanc pelos fiscos estaduais tem previsão no Convênio 110/07 e Ato Cotepe 47/03. Por parte dos contribuintes, o sistema deve ser utilizado pelos contribuintes que comercializem combustíveis (refinarias de petróleo, centrais petroquímicas, formuladores, importadores, distribuidores de combustíveis e transportadores revendedores retalhistas), exceto postos revendedores varejistas.

Leia Também:  Instituições se unem para fortalecer reinserção social de reeducandos
COMENTE ABAIXO:

Economia

Reunião discute fortalecimento de políticas públicas para Cuiabá e Várzea Grande

Publicados

em

Por

JB NEWS

O presidente da Casa esteve no gabinete do prefeito de Várzea Grande na tarde de terça (21)
Situação econômica dos municípios e proposta de políticas públicas que beneficiem a população foram temas discutidos
O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB), esteve no gabinete do prefeito de Várzea Grande (VG), Kalil Barakat (MDB), na tarde de terça-feira (21), para dialogar sobre pautas em comum entre as duas cidades. Durante a reunião, os emedebistas falaram sobre a situação econômica dos municípios e políticas públicas que beneficiem a população.
O presidente da Casa de Leis disse que as cidades têm pautas em comum e que os poderes Legislativos e Executivos devem estar unidos para discutir propostas voltadas ao desenvolvimento. “Passamos por meses muitos difíceis devido à pandemia do coronavírus, agora precisamos nos unir e construir políticas públicas em prol do povo cuiabano e várzea-grandense”, ressaltou.
Kalil agradeceu a visita do presidente e destacou a importância do trabalho integrado entre as duas cidades. “A reunião foi positiva, falamos sobre a elaboração de políticas integradas para que as cidades continuem avançando”, disse.
Também estiveram presentes o chefe de gabinete do presidente, Eliezer Junior Fernandes, o procurador geral da Câmara, André Luiz Andrade Pozetti e o ex-vereador e defensor público, Charles Caetano.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Instituições se unem para fortalecer reinserção social de reeducandos
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA