CULTURA

Sarau do Instituto Histórico promove a cena cultural em homenagem aos 155 anos de Várzea Grande

Publicados

em

Com uma tradição cultural e folclórica tão rica, nosso desafio para divulgar todos esses valores e essas ações é muito grande”, destacou o prefeito, Kalil Baracat.

O Instituto Histórico e Geográfico de Várzea Grande, em parceria com a Superintendência de Cultura da Secretaria de Educação, promoveu na noite do último sábado (07) um Sarau que movimentou a cena cultural do município. A ação contou com a participação de artistas para comemorar o aniversário de 155 anos de Várzea Grande.

A noite com temperatura agradável e céu estrelado completou o palco, montado na praça Sarita Baracat (antiga praça Aquidaban), que reuniu artistas, poetas, crianças, jovens, adultos e famílias para assistir e aplaudir as apresentações.

De acordo com o superintendente de Cultura, Joilson Marcos da Silva, o Sarau foi aberto com a apresentação do Hino de Várzea Grande, executado pela Banda Municipal, sob a regência do maestro Ueliton Santos. Ainda na abertura do evento, a banda apresentou outras músicas que agradaram a plateia.

Em seguida, a apresentação foi da Orquestra de Violino dos alunos da Escola Estadual José Leite de Moraes, sob a regência do professor Odenil Seba, que evidenciou a técnica e o envolvimento dos estudantes que participam do projeto Educarte que teve início em 2002 e já atendeu mais de mil estudantes.

Leia Também:  Testes feitos em todos que tiveram contato com enfermeira infectada por COVID-19 deram negativo

O Sarau prosseguiu com a apresentação do artista Rodrigo Mendes, que fez um relato sobre seu avô, o ilustre várzea-grandense Pedro Gomes, que desenvolveu um instrumento musical denominado Violino de Fone. Após a demonstração da sonoridade do instrumento, o artista fez sua apresentação autoral.

A noite festiva contou ainda com a participação cultural e musical com as artistas Cleude Miranda, Lalaca e Verone. O Sarau seguiu noite adentro com as apresentações da Banda Municipal que brindaram o público com clássicos da MPB e diversos estilos musicais e ritmos regionais.

Para o superintendente Joilson Marcos, o Sarau da Cultura pode fazer parte do calendário cultural de Várzea Grande durante todo o ano. A iniciativa visa o resgate cultural e do resgate dos valores tradicionais que a gestão Kalil Baracat está promovendo.

“A prefeitura de Várzea Grande vem desenvolvendo várias ações no sentido de resgatar as tradições e valorizar as manifestações artísticas e culturais de nossa gente. Estamos desde o início da gestão promovendo encontros culturais, feiras de artesanato, cursos de capacitação, conferências, roda de conversa, exposições temáticas e fomentando o trabalho de artistas locais. Com uma tradição cultural e folclórica tão rica, nosso desafio para divulgar todos esses valores e essas ações é muito grande”, destacou o prefeito, Kalil Baracat.

Leia Também:  Banda regional com a participação do grupo Flor Ribeirinha se apresentam neste domingo
COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

Lavagem das Escadaria do Rosário promove mensagem de paz e união entre os povos

Publicados

em

Por

O evento foi realizado neste sábado (25) e contou com o apoio da Prefeitura de Cuiabá

BRUNO VICENTE

Luiz Alves

Clique para ampliar

Integração cultural, dança, cânticos e muita fé marcaram a 6º edição da Lavagem das Escadarias da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito. Apoiado pela Prefeitura de Cuiabá, o evento foi realizado neste sábado (25) e reuniu milhares de pessoas que, juntas, mais uma vez levantaram a bandeira pela paz entre os povos e pelo fim da intolerância religiosa.

A iniciativa já virou uma tradição na Capital e, por toda importância que carrega, em 2018 foi inserida no calendário oficial de eventos culturais de Cuiabá, por meio da Lei 6.304/2018, sancionada pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Além disso, também já está em processo de registro no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN-MT).

“Cuiabá é construída com base na diversidade cultural e também religiosa. Então, esse evento tem como objetivo promover a integração entre todos esses segmentos e reforçar a mensagem de união e respeito. A gestão Emanuel Pinheiro tem sempre buscado dar sua colaboração para que esse tipo de iniciativa aconteça, pois ela resulta na promoção de uma sociedade mais justa e na valorização dos povos que fazem parte da nossa história”, comentou o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Aluízio Leite.

Leia Também:  Equipe de Hockey Inline de Cuiabá ganha Copa Centro Oeste 

A celebração afro-cultural simboliza a paz e a fraternidade, reverenciando a ancestralidade e ao santo negro São Benedito. O evento é organizado pela Comissão da Lavagem das Escadarias do Rosário e São Benedito e conta com a participação efetiva da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer.

A presidente da Comissão da Lavagem, Lindisey de Sá, explicou que para este ano, o evento trouxe como ideia central o lema: “Caminhada da paz, passos que salvam”. Segundo ela, o tema foi pensado levando em consideração o atual cenário mundial, em que a fome, desemprego e guerra entre países tem afligido a humanidade.

“Precisamos dar os primeiros passos para que isso seja resolvido. Se não dermos o primeiro passo para nos ajudar, não vamos conseguir evoluir. Por isso que pensamos nesse tema. O objetivo do evento é unir todos os povos independentes de religião. Aqui há um movimento cultural onde as pessoas, independentes da sua religiosidade, podem ser quem elas são de verdade”, finalizou Lindisey.

_______________________________

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA