CUIABÁ

Projeto social vai capacitar 300 mulheres de baixa renda com curso de gastronomia

Publicados

em

O projeto “Mães Cuiabanas” capacitará 300 mulheres em situação de vulnerabilidade social e econômica com curso de gastronomia, durante o mês de novembro, na capital, possibilitando a autonomia financeira e a geração de renda.
A medida é uma parceria entre o Centro Pedagógico de Ensino Especial Regina Maria da Silva Marques (Cenper), em parceria com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), Secretaria de Cultura de Mato Grosso e a David Melo Culinary School.
O curso começa no dia 01 de novembro e segue até 31 do mesmo mês, com aulas presenciais e on-line semanais divididas em 12 turmas dentro das normas sanitárias ao combate a Covid-19, com um total de seis módulos e mais 60 dias de suporte as alunas, pós-encerramento das aulas, abrangendo desde o ensino técnico prático, empreendedorismo, marketing, e noções de educação financeira.
As inscrições podem ser feitas a partir do dia 18 (segunda-feira), das 13h30 às 16h30, pelo telefone (65) 3624-1298, de segunda à sexta-feira. As interessadas podem comparecer na sede do Cenper localizado na R. Fenelon Müller, 897 – Dom Aquino, Cuiabá – MT, é necessário o comprovante de endereço e documentos pessoais.
De acordo com a diretora da unidade, Jacy Bom Despacho dos Anjos e Castro, a iniciativa visa desenvolver o senso empreendedor nas participantes, e o espírito de trabalho em grupo na comunidade.
“Essas mulheres estão fora do mercado de trabalho, precisamos proporcionar a inclusão na comunidade, estimulando sua capacidade de conhecimento cultural e gastronômico. Dentro do curso elas vão ter acesso ao manuseio desde equipamentos profissionais, a itens básicos na cozinha de qualquer lar. O objetivo é que elas possam empreender de sua própria casa gerando renda extra”, afirma Jacy.
O Chef David Melo, coordenador do curso de gastronomia pontua que o plano de aula foi elaborado de acordo com a necessidade da empreendedora autônoma.
“As alunas vão aprender sobre higiene e saúde na manipulação de alimentos, logística básica e armazenamento de insumos, cozinha prática de como preparar os ingredientes para elaboração das produções culinárias, elaborar e preparar cardápios para comidas congeladas e resfriadas, introdução ao empreendedorismo com delivery em plataformas digitais e aula de campo, na visão de como empreender na crise com renda extra”, ressalta David.
Melo complementa que para garantir o sucesso das alunas, sua equipe deve acompanhar por mais 60 dias oferecendo suporte ao aluno pós-encerramento das aulas, aquelas que desejam ter o próprio negócio no segmento.
O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) é o autor da emenda que viabilizou o projeto, “por meio desta parceria, vamos realizar o projeto Mães Cuiabanas, no qual cerca de 300 mulheres serão capacitadas no segmento de gastronomia. Essa articulação mostra que o Cenper está cada vez mais forte na sua missão de promover a assistência social, capacitação profissional e a empregabilidade das mães dos alunos”, disse o parlamentar.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ministro Fachin não reconhece “constrangimento ilegal" e nega habeas-corpus a adolescente que matou Isabele com tiro no rosto

CUIABÁ

Cuiabá investirá mais de R$ 193 milhões em melhoria do sistema viário nos próximos dois anos

Publicados

em

Por

O processo licitatório nº 044/2021 está em andamento e deve ser finalizado ainda este ano
BRUNO VICENTE

Luiz Alves

 

Além de construir nova pavimentação em locais que ainda não possuem essa infraestrutura, a gestão Emanuel Pinheiro também possui a constante preocupação com a manutenção das vias que já são asfaltadas. Nesse sentido, a Prefeitura de Cuiabá está realizando um processo licitatório para contratação de empresa que executará diversos serviços de melhoria no sistema viário urbano da Capital.

Para que toda a cidade seja beneficiada de forma equivalente, a concorrência nº 044/2021 está dividida em quatro lotes, sendo o primeiro para a região Leste, o segundo para a Norte, o terceiro para a Oeste, e o quarto para a região Sul. Entre os serviços que devem ser executados estão: recapeamento; remendo profundo; tapa-buraco; recuperação de tubulação de drenagem, de bocas de lobo e poços de visita.

A licitação prevê um investimento de mais de R$ 193 milhões e superou a fase de habilitação com 14 empresas aptas, seguindo os critérios estabelecidos no edital montado pela Secretaria de Obras Públicas em parceria com a Secretaria Adjunta Especial de Licitações e Contratos. Agora, será feita a avaliação da qualificação técnica das classificadas e, posteriormente, abertura das propostas e anúncio das vencedoras.

Leia Também:  Virginia Mendes apresenta ações e programas sociais do Governo para prefeitas e primeiras-damas

“Os contratos firmados a partir de licitação serão executados em um período de dois anos e seis meses. Nesta semana alcançamos a histórica marca de mais de 300 quilômetros de pavimentação construída, fruto de um trabalho planejado e contínuo. O que queremos é seguir ampliando essa melhoria, garantindo a manutenção das vias e seu bom estado de uso”, explica o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa.

Conforme a justificava apresentada pela Secretaria de Obras Públicas no edital, uma boa pavimentação tem a função de melhorar a trafegabilidade, proporcionando ao condutor mais conforto, segurança e também economia aos cofres públicos. Além disso, destaca que por conta dos desgastes naturais, após anos de uso, as vias necessitam de recuperação com execução de tapa buraco, recapeamento asfáltico, drenagem e outras ações pertinentes.

“A manutenção e melhorias das avenidas e ruas indicadas pela ação, proporcionará maior durabilidade do pavimento, maior rapidez do trânsito de veículos coletivos e particulares, gerando inserção da comunidade e os bairros, além de fomentar o desenvolvimento econômico das atividades formais e informais, a fim de suscitar empregos e, consequentemente, melhorar a renda da população”, diz trecho do edital.

Leia Também:  Justiça aponta que Marcia Pinheiro definia valores de funcionários contratados irregularmente na saúde com aval de Emanuel

MAIS AVANÇOS

Para o próximo ano, a Prefeitura de Cuiabá também já tem novas obras previstas, em especial para a Avenida Miguel Sutil.

O planejamento da gestão Emanuel Pinheiro é construir na avenida mais dois viadutos e uma trincheira, iniciado a partir de abril, mês de comemoração aos 303 anos da Capital. As obras serão executadas em pontos considerados grandes gargalos no trânsito da região.

Os viadutos serão edificados na rotatória de acesso ao Centro de Eventos do Pantanal e no trevo do Santa Rosa, ligando as avenidas Lava Pés e Antártica. A última obra é a construção da Trincheira do Círculo Militar, orçada em R$ 62 milhões e já que já está com o projeto protocolado no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e conta agora com o apoio do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho) para dar andamento no processo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA