CUIABÁ

Prefeitura dá mais um passo para estruturação do projeto de PPP de requalificação urbana do Centro Histórico

Publicados

em

FERNANDA LEITE E EMILY MAGALHÃES

Divulgação

Clique para ampliar

A gestão Emanuel Pinheiro, por meio da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, dá mais um passo para a estruturação do projeto de parceria público-privada para requalificação urbana do Centro da Cidade de Cuiabá e revitalização do Mercado Municipal. Na próxima semana será realizada uma reunião para chancelar todos os relatórios apresentados pela comissão técnica e, a partir de então, ser encaminhado para o processo do certame licitatório, que deve ocorrer ainda neste semestre.

O projeto prevê a implantação do estacionamento automatizado valet, que será construído no Mercado Miguel Sutil, mais conhecido como Mercado Municipal, localizado na Avenida Isaac Póvoas, no Centro Histórico da Capital. Serão construídas 586 vagas para carros e 20 para motos, o estacionamento ficará no 4º pavimento e contará com sensores para identificação do status da vaga e software compra recarga de créditos; recarga de créditos através do parquímetro e fiscalização dos serviços através de OCR. Ao todo, o futuro Mercado Municipal terá quatro pavimentos, divididos por setores para um melhor ordenamento dos ambientes.

Leia Também:  Prefeitura de Cuiabá cria comissão de acompanhamento das metas do Desenvolvimento Sustentável da ONU

No mês passado, a Prefeitura de Cuiabá publicou o projeto de lei de nº504/2021, que dispõe sobre a concessão e requalificação urbana da região da Capital, sobre o sistema de controle de vagas públicas de estacionamentos rotativos em ambientes públicos.  A lei trata especificamente da possibilidade de implementação de ações e revitalização de infraestrutura viária e a gestão do estacionamento rotativo que será terceirizado por meio de uma licitação de concessão.

“O projeto é do programa de parceria público-privada de requalificação do Centro Histórico de Cuiabá e é o desejo do prefeito Emanuel Pinheiro a revitalização do Mercado Miguel Sutil, mais conhecido como Mercado Municipal e requalificação urbana nas regiões das praças Alencastro e Ipiranga. Já fizemos o encaminhamento dos trâmites, audiências públicas. Foram apresentados os cenários para a reforma e ampliação do Mercado Municipal. A empresa terá obrigações para poder gerenciar esse estacionamento”, comentou o secretário de Agricultura, Francisco Vuolo.

“Existe um problema de falta de estacionamento histórico em Cuiabá. E desde que assumimos o compromisso com Cuiabá, sempre pautamos em acabar com esses problemas que pareciam sem solução. A população terá o mais moderno Mercado e estacionamento na região Central da cidade.  E melhorar isso, gera inúmeros benefícios, como a melhora do fluxo de veículos, satisfação dos clientes e vantagens financeiras a médio e longo prazo. Temos que elaborar um projeto bem mais moderno e preparar a Capital para o futuro. O investimento em novas tecnologias agilizará todos os processos operacionais, desde a chegada do usuário ao local até sua saída. Isso evita filas, seja em pagamentos, validação de bilhetes, dentre outros”, declarou o prefeito.

Leia Também:  Caixa Econômica pede que Justiça negue ação do prefeito Emanuel Pinheiro que visa impedir BRT

 

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

Projeto Telharte é realizado no Quintal da Domingas em São Gonçalo Beira Rio

Publicados

em

Por

JB News

Por Malu Souza

O projeto Telharte, desenvolvido pela professora, artesã e ceramista Edilaine Domingas, que ministra uma oficina presencial para vinte alunas, tem como principal objetivo, valorizar as mulheres de baixa renda, através do artesanato em telha. A oficina foi realizada de 07 a 14 de maio, das 8h ás 12h, no Quintal da Domingas. O artesanato em cerâmica é um dos símbolos da comunidade ribeirinha de São Gonçalo Beira Rio.
Conforme Edilaine, o Telharte é um projeto vinculado ao Ponto de Cultura, que busca dar oportunidades ás mulheres, mães de baixa renda, para que elas possam desenvolver habilidades manuais e contribuir com uma fonte de renda para a família, com a produção e venda do artesanato. “Nossa meta é ensinar a fazer o artesanato em telha, mas principalmente despertar nelas o potencial de cada uma, contribuir com a autoestima e oferecer a elas a possibilidade de uma geração renda”, disse Edilaine, lembrando que também aprendeu a arte em casa, e quer repassar o seu conhecimento.
A tradição da arte em telha vem sendo cultivada desde a sua infância. A ceramista carrega os seus valores familiares e com determinação, reaproveita a matéria-prima da telha com perfeição, elaborando peças com cores vibrantes e homenageia personagens da cultura regional, como as dançarinas de Siriri, índios e outros. “Vem sendo repassada desde a minha avó, para minha mãe, e agora na terceira geração, dou continuidade com muito orgulho. A telha para mim tem uma forte simbologia, pois ela cobre o teto das pessoas. Amo trabalhar com esta arte, que também está ligada a minha história de vida”, frisou a ceramista, informando que seu trabalho também poderá ser levado também a outras comunidades e cidades de Mato Grosso, por meio de novas parcerias.

Leia Também:  Sala da Mulher promove ação para divulgar Lei em Cuiabá


A oficia ministrada por Edilaine, foi organizada por uma equipe integrada pelo produtor, Jean Delgado e o assistente de produção, Jonnhy Brandão, pela produtora cultural e historiadora Natália Ramires, e também o produtor convidado Avinner Augusto.

História: A comunidade de São Gonçalo Beira Rio é o berço da cultura mato-grossense, tem o seu reconhecimento pelas tradições culturais, especialmente a dança e o artesanato em cerâmica. O trabalho reflete o desejo de manter viva a identidade cultural da comunidade, que é referência histórica e cultural, e que perpetua práticas e saberes perpassados por gerações. Tombada desde 1992, como área de preservação, produção e comercialização da cerâmica, se destaca uma das mais antigas manifestações culturais de Cuiabá. O fomento e valorização artesanato são prioridades para seus moradores.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA