Polícia Federal

PF prende dono de posto de combustível mais 7 pessoas por tráfico cocaína que movimentaram 350 milhões de reais

Publicados

em

JB News

Por Nayara Cristina

A Polícia Federal (PF), desencadeou na manhã desta segunda-feira a operação Jumbo, onde oito mandados de prisão foram expedidos  pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá, e  29 mandados de busca e apreensão, além do sequestro de diversos bens da quadrilha que atuavam em lavagem de dinheiro do tráfico de drogas

A operação concentrou nos municípios de municípios de Cuiabá-MT, Várzea Grande/MT, Mirassol D`Oeste/MT, Poconé/MT e Pontes e Lacerda/MT.

A investigação da Polícia Federal evidenciou uma grande organização criminosa movimentou a quantia aproximada de R$ 350.000.000,00 (trezentos e cinquenta milhões de reais), num período de 4 (quatro) anos.

Segundo a PF, a docaina era adquirida no município de Porto Esperidião/MT, acondicionava em Mirassol D`Oeste/MT, para, depois, distribuí-la em Cuiabá-MT.

As investigações apontaram que os criminosos utilizavam postos de combustíveis em Cuiabá para a lavagem de dinheiro decorrente do tráfico de drogas.

As investigacoes da inteligência da Polícia Militar e do Gefron, conseguiram  interceptar 2 (dois) carregamentos de drogas, totalizando 210kg de cocaína.

Leia Também:  Terceiro laudo do estado de saúde mental decidirá a pena de Lumar Costa da Silva, acusado de matar e arrancar o coração da tia

 

 

COMENTE ABAIXO:

Nacional

Ex-ministro Milton Ribeiro tem prisão preventiva revogada

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

A prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro,foi revogada nesta quinta-feira 23 de junho.

A decisão é do desembargador federal Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, o desembargador atendeu um pedido pela defesa de Milton que diz que o ministro colaborou com às investigações e que também os crimes que foram atribuídos ao ex-ministro não foram classificados como hediondo e nem violentos,e que nada justificava a prisão preventiva.

Como já informado Milton Ribeiro,foi alvo da PF nesta quarta-feira 22 de junho,segundo a polícia ele estaria ligado ao crime de corrupção passiva,tráfico de influência e prevaricação.

Milton é investigado por facilitar a liberação recursos do Ministério da Educação ao pastores Gilmar Santos e Arilton Moura,que falava para qual lugar o recurso seria destinado, inclusive para construção de igrejas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo publica exoneração de Pedro Henry do cargo de perito criminal médico
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA