Arquivos JB News 10 Anos

PF deflagra operação para desarticular esquema de uso de diplomas e documentos falsos na UFMT

Publicados

em

 

Cuiabá/MT – A Policia Federal deflagrou na manhã de hoje (18/10/2013) a OPERAÇÃO ESCULÁPIO, visando comprovar esquema de uso de diplomas e documentos falsos perante a Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), com objetivo de obter a revalidação e, desta forma, poder exercer a medicina no Brasil. 

Foram deferidos, pela 7ª Vara Criminal da Justiça Federal/MT, 41 mandados de busca e apreensão, que estão sendo cumpridos em 14 Estados da Federação (MT, AC, AL, AM, BA, CE, MA, MS, PR, PB, PE, RO, RS e SP). 

As investigações tiveram início após a UFMT informar que manteve contato com as Universidades Bolivianas (Universidad Nacional Ecológica – UNE, Universidad Técnico Privada Cosmos – UNITEPC e Universidad Mayor de San Simon – UMSS), as quais confirmaram que dentre os inscritos no programa de revalidação, 41 pessoas nunca foram alunos ou não concluíram a graduação nessas instituições.

Ao analisar os documentos encaminhados pela UFMT, a Polícia Federal constatou que, dos 41 inscritos no programa de revalidação, 29 foram representados por cinco advogados ou despachantes, que teriam sub-rogado outras pessoas para realizar a inscrição dos supostos médicos.

Leia Também:  Comercialização do 'Peixe Santo' começa nesta quarta-feira; Confira os pontos de venda

Os acusados responderão pelos crimes de uso de documento falso e falsidade ideológica.

A operação recebeu esse nome em razão de que ESCULÁPIO é o Deus da medicina e da cura na mitologia greco-romana. 

 

IMG_0422.JPG
Baixar
Baixe Esculápio.pdf (471,4 KB)
Esculápio.pdf
Exibir online
Baixe OPERAÇÃO ESCULÁPIO.doc (117,5 KB)

                PAULO GOMES/ CARLA LIMA

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Luverdense inova com equipe de Branding

Publicados

em

Por

 

Buscando inovar sempre e melhorar cada vez mais, o Luverdense deu um passo muito importante no processo de profissionalização do clube. Na noite desta terça-feira (18) foi lançado de forma oficial o planejamento estratégico do clube para os próximos cinco anos. A partir deste momento o Verdão é o quarto clube do país a contar com uma equipe especializada não só em marketing, mas sim em Branding, ou seja, o departamento será responsável pelo crescimento inteligente da marca e não apenas em captar recursos. Além disso, o Luverdense passa a ter uma relação direta e pessoal com os patrocinadores através de através de reuniões periódicas diretamente com o departamento de marketing das empresas. Com o processo de crescimento inteligente da marca e profissionalização de todos os departamentos, o Luverdense tem por meta em buscar ser referência em gestão e marketing no país.

Para a realização do trabalho a NetBrading , renomada empresa de branding, presidida por Fábio Fiorini, foi contratada. Em conjunto com o departamento de comunicação e marketing do Luverdense, todas as ações serão executadas primando sempre pela excelência no produto ou serviço como também na obtenção de resultados para o clube e patrocinadores.

Leia Também:  Comercialização do 'Peixe Santo' começa nesta quarta-feira; Confira os pontos de venda

– Em breve o Luverdense não será apenas um clube, mas sim, uma marca reconhecida em todo país que será lembrada pelo seu profissionalismo e eficiência em gestão. Nosso trabalho será alinhado com nossos parceiros e quem investir no Luverdense, seja uma pequena, média ou grande empresa, terá retorno. – ressaltou Fábio Fiorini.

O processo será realizado através do planejamento estabelecido para curto, médio e longo prazo. Uma cartilha de profissionalização em relação com empresas mostrará não somente o retorno, mas sim, o cuidado que o Luverdense terá com as marcas.

Um mapeamento do negócio das empresas será feito para que o clube possa montar cotas de produtos e serviços personalizados não só de entrega de mídia.

Luverdense Esporte Clube, eficiência em futebol, referência em gestão.

Luís Felipe Nischor

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA