Destaque

O que você precisa saber sobre casamento tóxico

Publicados

em

Leia  esse artigo e aprenda a ver o que fazer nessa situação

Sobreviver à infidelidade de um parceiro pode ser muito difícil, mas sobreviver à infidelidade em um casamento tóxico pode parecer quase impossível.

Um casamento tóxico é aquele que já está cheio de todo tipo de questões – desprezo, brigas, silêncio e segredos. Quando você adiciona infidelidade à mistura, é uma receita para o desastre.

Felizmente, existem coisas que, se você estiver ciente delas, podem ajudá-lo a navegar pela infidelidade sobrevivente em um casamento tóxico. O caminho pelo qual você estará navegando é desconhecido, mas você pode chegar intacto ao final, com alguma consciência e ação.

Aqui estão 5 coisas que podem ajudá-lo a sobreviver à infidelidade em um casamento tóxico

1. Não é sobre você …

Muitas pessoas que foram traídas se culpam pela infidelidade.

Eles acreditam que, se tivessem sido mais gentis ou tivessem sexo suficiente com o parceiro ou se vestissem melhor ou tivessem perdido 10 libras que o parceiro não teria perdido. E esse não é o caso.

É claro que a infidelidade não ocorre no vazio, e os casamentos que já são tóxicos são especialmente vulneráveis a traições, mas isso não significa que você seja o culpado pelo que aconteceu.

A infidelidade acontece por vários motivos, mas não geralmente porque seu parceiro olha para você e o encontra carente. A traição acontece porque o casamento está prejudicado e surge outra pessoa que pode distrair temporariamente um parceiro da dor. A infidelidade raramente é procurada – ela nos encontra em lugares que nunca esperávamos.

Portanto, em primeiro lugar, você não é o culpado pela infidelidade do seu parceiro. A responsabilidade está diretamente sobre seus ombros. Afinal, você também está nesse relacionamento tóxico e nunca se desviou.

Leia Também:  Tráfego na BR-364 será bloqueado para detonação de rocha agora a partir das 11h desta quinta feira

Tenha isso em mente e é possível sobreviver à infidelidade em um casamento tóxico!

Se você é uma mulher que foi traída, ou uma mulher presa num relacionamento sem amor, e que tem vontade de explorar outras coisas no mundo afora, não pense que o mundo não tem outras soluções melhores para você.  É bem comum mulheres se envolverem com homens mais velhos, após vivenciar várias desilusões amorosas, por que não?

Muitos dos homens ou mulheres que se envolvem em relações extraconjugais, invadindo, por assim dizer, o relacionamento de outras pessoas, o fazer por uma questão financeira: “eu não acho certo e não gostaria que fosse comigo, mas não posso abrir mão do meu patrocínio financeiro”, esse é um pensamento muito comum.

Relacionados: 5 limites importantes que podem ajudar seu casamento a sobreviver à infidelidade

2. Mas depende de você.

Qual é a sua responsabilidade ao decidir o que você fará depois de descobrir a infidelidade do seu parceiro? Esta é uma parte essencial para superar isso e algo que somente você pode decidir.

·         Você tem várias opções.

·         Você pode decidir sair. Seu relacionamento já é tóxico – agora está além do reparo?

·         Você pode decidir ficar e trabalhar no seu casamento.

·         Você pode aceitar que a infidelidade possa fazer parte do seu casamento e seguir sua própria vida.

Qual dessas coisas você quer? Talvez seja uma combinação de coisas que podem funcionar.

·         Talvez você possa optar pela terapia com a determinação de que, se isso não ajudar, você se foi.

Leia Também:  Fusão do jazz com rasqueado dá o tom a novo disco da Tocandira

·         Talvez você possa ir embora até que seu parceiro receba terapia para descobrir seus problemas.

·         Talvez você aceite a infidelidade desde que ele concorde em lhe oferecer algo em troca.

As opções estão aí – cabe a você decidir qual curso seguir. Se você simplesmente ficar sentado, obcecado com a infidelidade, tudo o que você fará é se sentir infeliz e seu casamento pior.

Tome a decisão sobre como você deseja seguir em frente e fazer isso acontecer.

3. Remorso é essencial.

Uma coisa para ajudá-lo na sua decisão sobre as ações a serem seguidas é se o seu parceiro sente ou não remorso por suas ações. Eles aceitam a responsabilidade pela dor que causaram a você e estão dispostos e capazes de fazer as pazes? Eles estão dispostos a compartilhar com você as informações necessárias, como onde, por que e quando, para que você possa processar o que aconteceu e decidir as próximas etapas? Eles estão dispostos a ficar longe de seu parceiro de traição?

Se o seu parceiro não estiver disposto a assumir a responsabilidade por suas ações e se comunicar com você abertamente, não há chance de obter ajuda e trabalhar em seu casamento o ajudarão. Se eles te culparem pelo que fizeram, dizendo que é sua culpa que eles se perderam, você estará condenado para sempre a ter um parceiro que está fazendo o papel de vítima e fazendo você se sentir mal consigo mesmo.  Você quer estar em um relacionamento assim?

image.png

COMENTE ABAIXO:

Destaque

Conexão TCE será lançado no próximo dia 23 em Primavera do Leste

Publicados

em

Por

JB News

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) lança, às 19h da próxima quinta-feira (23), o projeto Conexão TCE, que tem por objetivo aproximar ainda mais o órgão de controle externo dos municípios e aprimorar os resultados entregues à população. A primeira edição será realizada em Primavera do Leste, no auditório do Hotel Transamérica.

Na oportunidade, o presidente do TCE-MT, conselheiro Guilherme Antonio Maluf, irá ministrar palestra com o tema “O Tribunal nos municípios e mais próximo aos cidadãos”. Já o conselheiro Antonio Joaquim abordará “A interação com o cidadão ampliando a transparência das ações” e o procurador-geral da Contas, Alisson Carvalho de Alencar, falará sobre “O Ministério Público de Contas e a importância dos órgãos de controle interno dos municípios”.

“O Tribunal de Contas está trabalhando fortemente nessa aproximação com os municípios. Nesta primeira edição do Conexão TCE, estaremos com representantes de Primavera do Leste e mais 13 municípios do entorno para debatermos a importância do controle externo”, declarou o presidente do TCE-MT.

Iniciativa da Assessoria Parlamentar (Aspar) do TCE-MT, o evento também será transmitido no canal da Prefeitura de Primavera do Leste no YouTube e contará com a participação de prefeitos, secretários municipais, controladores internos, procuradores municipais, vereadores e representantes de associações e da sociedade civil organizada.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo lança pesquisa de qualidade dos serviços de atrativos turísticos de MT
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA