Esportes

Nova modalidade olímpica, o skate tem chamado a atenção dos jovens

Publicados

em

 

Com o sucesso dos skates nas olimpíadas de 2021, sediadas no Japão, onde os atletas brasileiros conquistaram 12 medalhas distribuídas nas modalidades park e street masculina e feminina, aconteceu uma maior procura pela prática do esporte, com isso, aumentou também o número de lesões ortopédicas nos iniciantes.

O presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, regional Mato Grosso (SBOT-MT), médico ortopedista Dr. Vitor Spalatti explica que, por ser uma atividade radical a prática exige alguns cuidados. “Em primeiro lugar, é preciso buscar um instrutor profissional e garantir um treinamento adequado, para só então se inserir nesse esporte que vem inspirando uma gama de jovens interessados em aprender sobre a nova modalidade olímpica”, ressalta ele.

Como tudo na vida, é necessário sair da zona de conforto para evoluir, mas que seja de forma gradual e nunca se arriscar demais ou tentar algo fora do alcance de suas habilidades, pois isso pode levar a lesões graves. Mais da metade dos ferimentos envolvem abrasões, contusões e fraturas, acometendo o cotovelo, o punho e o antebraço.

Leia Também:  Audiência debaterá realização dos Jogos Escolares Brasileiros  

As mais comuns são entorses, que podem ser acompanhados de lesões nos ligamentos, principalmente dos joelhos e tornozelos. Já as fraturas acontecem com maior frequência nos punhos e cotovelos.

Para se prevenir de possíveis acidentes, é recomendado o uso dos equipamentos de proteção como capacetes, cotoveleiras, joelheiras, luvas e tênis apropriados, que são extremamente úteis e evitam a maioria das lesões mais sérias, além de dar conforto, estabilidade e um estilo a mais.

“Utilize skates que sejam regulamentados e não deixe de revisar e ajustar as peças com frequência para manter o equipamento seguro. É importante salientar que como qualquer outro esporte, antes de começar, é bom fazer um aquecimento antes e procurar sempre locais adequados para a atividade”, destaca o ortopedista Dr. Vitor Spalatti.

Em caso de dores, quedas ou lesões, a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia orienta a busca por um médico ortopedista titular SBOT.

Fotos: Pixabay

COMENTE ABAIXO:

Esportes

Várzea Grande sedia final da Supercopa masculina de Voleibol

Publicados

em

Por

SUPERCOPA

Várzea Grande vai sediar a final da Supercopa de Vôlei do Brasil no próximo dia 26 de outubro, terça-feira. A cidade foi escolhida por ter melhores condições de abrigar o evento esportivo, principalmente por causa do Ginásio Poliesportivo Júlio Domingos de Campos (FIOTÃO), recém-inaugurado e que adotou todas as regras e exigências necessárias para realização de jogos nacionais e internacionais.

“Fico feliz de ver Várzea Grande ter o reconhecimento nacional de entidades como a Confederação Brasileira de Vôlei, lembrando que já realizamos outros eventos e é essa a nossa intenção, mostrar que Várzea Grande é acolhedora e tem condições de bem servir e que estamos preparados, mesmo em período de pandemia de COVID-19 de realizar eventos de nível internacional como este”, disse o prefeito Kalil Baracat.

O secretário Municipal de Comunicação Social, Marcos Lemos, informa que o polo de vacinação no Ginásio Fiotão foi suspenso temporariamente por conta da Supercopa Masculina de voleibol, por ser o local indicado e apropriado, conforme regulamento nacional da Confederação de Voleibol para sediar o campeonato nacional.

Leia Também:  Audiência debaterá realização dos Jogos Escolares Brasileiros  

“O Fiotão foi solicitado pela Confederação para ser sede do evento esportivo por estar dentro dos parâmetros esportivos estabelecidos pelo campeonato. Hoje (21), já foram suspensas as atividades de vacinação, porém os outros polos seguem funcionando normalmente com a vacinação contra Covid-19. Amanhã (22), haverá a sanitização de todo ginásio para a realização da Supercopa na terça-feira (26). Após o evento o ambiente passará novamente por processo de sanitização e desinfecção completa para segurança da população que busca o local para se vacinar”, destaca o secretário.

O secretário de Comunicação Social informa aos veículos de comunicação interessados em cobrir a decisão da Supercopa masculina entre Sada Cruzeiro (MG) e Funvic/Educacoin/Natal (RN), que o credenciamento já está aberto. Os interessados na cobertura do evento esportivo devem encaminhar pedido de credenciamento para o e-mail imprensa@volei.org.br

O jogo ocorre na próxima terça-feira (26.10), às 19h30 – horário de Brasília – no ginásio Júlio Domingos de Campos “FIOTÃO”, centro de Várzea Grande. É necessário informar o nome do veículo, além do nome e cargo dos profissionais interessados na cobertura.

Leia Também:  Cuiabá e Flamengo terminam empatados no Maracanã

De acordo com informações da Confederação Brasileira de Voleibol, será obrigatória a apresentação de documento original com foto, carteira de vacinação comprovando as duas doses completas e/ou exame PCR Negativo com até 72 horas ou teste antígeno até 48 horas antes do evento.

A Confederação destaca ainda que a liberação será para um número limitado de profissionais e depende de aprovação prévia pelos protocolos de biossegurança. Os pedidos aprovados receberão um e-mail de confirmação com local e horário para retirada das credenciais. O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA