Infraestrutura

Normando Corral defende agilidade na implantação de ferrovia em Mato Grosso

Publicados

em

JB NEWS

O presidente do Sistema Famato Normando Corral acompanhou, a convite do governador de Mato Grosso, a comitiva oficial nas cerimônias de assinatura do contrato de adesão com a Rumo Logística S/A para a construção, implantação e exploração de 730 km da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso. Os eventos aconteceram segunda-feira (20/09) em Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.

 

A ferrovia vai interligar os municípios de Rondonópolis até Cuiabá, além de Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, conectando-se na malha ferroviária nacional, em direção ao Porto de Santos (SP).

 

O projeto prevê investimento de R$ 11,2 bilhões para a implantação da ferrovia estadual, com 100% dos recursos da empresa Rumo Logística, sob regime de autorização. Além da construção e operação, o contrato prevê a conservação da ferrovia por 45 anos, prorrogáveis por mais 45.

 

Para Normando Corral, a chegada da ferrovia vai otimizar o transporte dos produtos de Mato Grosso. “Temos esperança de que a ferrovia realmente aconteça, e que seja rápido porque a produção está aí. Em países desenvolvidos os modais de transporte chegam primeiro e depois incentivam a produção. Aqui acontece ao contrário, temos a produção e não temos diversificação de modais de transportes”, disse Corral.

Leia Também:  Marcos Machado nega prisão domiciliar para chefe de gabinete de Emanuel Pinheiro

 

O presidente falou também sobre a importância de o modal chegar até Cuiabá. “A vinda da ferrovia para Cuiabá é fundamental. Na capital e em seu entorno vive um terço da população do estado, portanto há uma grande demanda de cargas tendo como única opção de transporte o modal rodoviário”, pontuou.

 

Participaram senadores, deputados federais e estaduais, secretários de Estado, prefeitos e autoridades dos municípios que receberão o traçado da ferrovia. O ato de assinaturas também aconteceu em Cuiabá, no Centro de Eventos do Pantanal.

 

COMENTE ABAIXO:

Infraestrutura

Max Russi intensifica atuação de Assembleia e celebra entrega de máquinas e equipamentos aos 141 municípios

Publicados

em

Por

 

Ação do Governo do Estado está investindo R$ 106 milhões na agricultura familiar e R$ 103 milhões na infraestrutra, por meio do Programa Mais MT.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), assegurou que o Parlamento também foi fundamental para os encaminhamentos, que resultaram na entrega das máquinas e equipamentos, realizada pelo governador Mauro Mendes nesta sexta-feira (08) na Arena Pantanal.
No total estão sendo investidos R$ 106 milhões na agricultura familiar e R$ 103 milhões na infraestrutra dos 141 municípios.

“Os deputados estaduais atuaram, desde o início dessa gestão, por entender que o Governo do Estado precisava tomar medidas duras. O Parlamento precisou aprovar essas medidas, que hoje geram resultados como este, com a entrega desses equipamentos e fortalecendo os municípios em sua infraestrutura e agricultura familiar”, complementou o parlamentar.

Cáceres foi um dos municípios contemplados, também a partir da articulação de Max Russi. Para a prefeita Eliene Liberato (PSB), uma ação fundamental para os trabalhos desenvolvidos na zona rural do município.

Leia Também:  Kalil e Jayme anunciam R$ 20 milhões em investimentos e esforço pela solução para a falta de água

“Muito feliz, recebendo do nossos governador Mauro Mendes, através da indicação do nosso deputado, presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi, uma escavadora para atender Cáceres e todos os assentamentos. Isso é se preocupar com gente, se preocupar com pessoas”, avalia.

De acordo com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), serão investidos até junho de 2022, R$ 106 milhões em duas etapas. Nesta primeira etapa, serão entregues 54 veículos Fiat strada, 20 pick-up Hilux, 29 motoniveladoras, 22 distribuidores de calcário, 08 escavadeiras hidráulicas, 300 resfriadores de leite, 17 ensiladeiras, 04 caminhões de leite, 20 motocultivadores, 02 caminhões baú de carga seca, 1 caminhão refrigerado, 02 plantadeiras e adubadeira de mandioca, um perfurador de solo e 08 pás carregadeiras. No evento serão assinados ainda convênios para o repasse de 20 mil doses de sêmen bovino, 1,5 mil prenhezes de embrião bovino e 30 mil toneladas de calcário aos municípios.

Ainda segundo o Executivo, pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), o investimento total é de R$ 103 milhões em 85 equipamentos: 14 escavadeiras, 14 pás carregadeiras e 57 motoniveladora. Nesta primeira etapa, a Sinfra destinará 42 motoniveladoras e 8 escavadeiras hidráulicas a municípios e consórcios regionais.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA