Cidades

Na próxima semana, conselhos de Várzea Grande e São José dos Quatro Marcos participam de oficina para execução do Projeto II do PDI

Publicados

em

Representantes de Várzea Grande e São José dos Quatro Marcos têm encontro marcado nas oficinas de “Incentivo ao Acesso à Informação e à Consciência Cidadã”, do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), na próxima semana.

As capacitações, realizadas pela Secretaria de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania (SAI), estão marcadas, respectivamente na segunda-feira (31) e terça-feira (1).

Referentes ao Projeto II do Plano de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI), os encontros têm foco na priorização das demandas da população com foco nos conselhos de políticas públicas e representantes da sociedade civil organizada.

“Planejar é importante, mas também é preciso medir desempenho. Portanto, a oficina é um passo para chegarmos a este amadurecimento e ao entendimento de que crises serão permanentes”, afirma a titular da SAI, Cassyra Vuolo.

Em uma dinâmica que integra teoria e prática, o conteúdo abordado, de natureza técnica e operacional, é indispensável para a execução do Projeto II. O objetivo é fornecer meios para que os municípios identifiquem e apontem as suas respectivas demandas.

Leia Também:  Governo entrega novo Mirante do Parque Mãe Bonifácia nesta quarta-feira

Vale destacar que o trabalho conta com reforço científico pela atuação de professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que, graças a um convênio com o Tribunal, têm oferecido suporte aos participantes.

“Estamos fazendo ciência aplicada a nossa experiência de campo. Isso só é possível quando a academia vem trazer essa legitimidade para nossas ações. Esperamos levar essa ideia para o campus, disseminando boas práticas”, diz a secretária.

Direcionadas aos 21 municípios adesos ao PDI, as oficinas se estendem até o mês de julho. Nesta semana, elas contaram com a presença de representantes dos municípios de Lucas do Rio Verde (24-05) e Campo Verde (26-05).

Devido a pandemia de Covid-19 e em cumprimento à Portaria 042/2020 do TCE-MT, os eventos vêm sendo realizados virtualmente pela plataforma Zoom.

 

COMENTE ABAIXO:

Cidades

Homem é condenado a 12 anos de prisão por morte de garota de programa 

Publicados

em

Por

 

 

JB News

Rone Ferreira Leite foi condenado a 12 anos de reclusão em regime inicial fechado pelo homicídio duplamente qualificado de Silvana de Almeida Rodrigues, em Pontes e Lacerda (a 352km de Cuiabá). A sessão do Tribunal do Júri ocorreu na quarta-feira (16), quando o Conselho de Sentença reconheceu a materialidade e autoria do crime imputado ao réu, bem como as qualificadoras de motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. O sentenciado informou que não irá recorrer.

O crime aconteceu em julho de 2017. Conforme a denúncia da 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Pontes e Lacerda, Rone contratou Silvana para um programa sexual no dia dos fatos, que seria pago com fornecimento de substância entorpecente. Eles se dirigiram à residência do denunciado, ocasião em que Rone forneceu drogas à vítima e mantiveram relação sexual. Em seguida, eles se desentenderam em razão do entorpecente e Silvana deixou o local.

Rone então foi atrás de Silvana de posse de uma faca. Ao alcançá-la, o denunciado lhe deu uma rasteira e passou a golpeá-la, causando-lhe diversos ferimentos. A vítima faleceu em razão de choque hipovolêmico (perda excessiva de sangue e líquidos). O acusado confessou o crime.

Leia Também:  Várzea Grande abre cadastro para vacinação de pessoas de 45 a 59 anos, gestantes e puérperas com laudo médico

“Cumpre destacar que Silvana encontrava-se em dificuldade de defesa, porquanto estava desarmada, em inferioridade de forças, pelo fato de ter sido esfaqueada após ter levado uma “rasteira” e por ter recebido golpes pelas costas […]. Por fim, infere-se que a motivação do homicídio foi torpe, em razão de uma cobrança do denunciado dos entorpecentes utilizados pela vítima”, argumentou o Ministério Público na denúncia.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA