Policial

Mulher é esfaqueada pelo companheiro no bairro Altos da Serra em Cuiabá

Publicados

em

JB News

Da Redação

Mulher é esfaqueada pelo companheiro neste domingo 08.05, no bairro Altos da Serra em Cuiabá.

Segundo às informações da Polícia Militar, o casal estava comemorando o dia das mães, e passaram o domingo inteiro ingerindo bebida alcoólica, depois de muito bebidas eles começaram a brigar em um determinado momento começaram as agressões.

A mulher que na possui uma ficha criminal pegou uma faca e partiu para cima do companheiro, o homem tomou a faca de sua mão e desferiu vários golpes na vítima.

A mulher de 43 anos foi atingida no pescoço e no corpo, ela foi atendida pela equipe do (SAMU), e está em estado gravíssimo no Pronto Socorro de Cuiabá.

O homem foi preso em flagrante e está a disposição da Justiça.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Força-tarefa prende em Chapada dos Guimarães lider do comando Vermelho responsável pelo fornecimento de armas para o Rio de Janeiro

Policial

Jovem que matou e arrancou o coração da tia é absolvido pela justiça

Publicados

em

Por

JB News 

Por Nayara Cristina 

O juiz Anderson Candiotto de Sorriso-MT, decidiu nesta sexta-feira (24.06),  liberar Lumar Costa da Silva,  o jovem matou friamente sua tia, Maria Zélia da Silva Cosmos, e em seguida arrancou o coração,  vítima.

O caso ganhou  grande repercussão na midia. E nesta sexta-feira Lumar  foi absolvido sumariamente pela Justiça.

As informações são de que o  rapaz é portador de transtorno bipolar, por isso foi considerado inimputável, ou seja, incapaz de compreender que o ato cometido é um crime.

 No texto da decisão, o magistrado pontua que a defesa do rapaz pediu a sua absolvição com base em sua condição de inimputabilidade, a qual foi, inclusive, atestada no exame de insanidade mental.

Candioto reforcou que já havia pontuado em dezembro de 2021, a insanidade mental do rapaz.

“Nesse contexto, reconhecida a existência de conduta típica e ilícita, porém ausente a capacidade de culpabilidade, e desde que a inimputabilidade seja sua única tese defensiva, é possível a absolvição sumária do agente”, destacou  o juiz.

Na decisao o juiz determinou que o jovem fosse encaminhado para um hospital de custódia para um tratamento psiquiátrico, por prazo indeterminado.

Leia Também:  Véspera de carnaval Gaeco prende maconha,cocaína, celulares, notebooks, dólares, pesos mexicanos  e 2 mil em cheque

Lumar ficará Internado no  Hospital de tratamento Psiquiátrico  Franco da Rocha, no interior paulista.

O crime aconteceu em 2019, segundo Lumar,  ele usou um cigarro de maconha, e tomou alguns LSD, em seguida foi até a casa da sua tia, roubou cerca de R$ 800,00, na saída começou a ouvir vozes ordenando a cometer o assassinato da tia.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA