FRAUDE

MPMT alerta sobre tentativa de golpe por WhatsApp para marcar suposta vacinação

Publicados

em

JB News

Várias pessoas têm recebido uma mensagem por WhatsApp, em nome de um tal de “Rafael Nunes”, que se apresenta como sendo do “Ministério Público da Saúde” e se coloca à disposição para agendar vacinação contra a Covid-19. “Venho em meio da nossa plataforma online realizar o agendamento da sua vacinação. Vamos lá digite ok para começar”, diz a mensagem. Em seguida, havendo retorno da pessoa, o criminoso acrescenta: “Por favor me envie o número do protocolo de 6 dígitos enviado via SMS. Vamos lá!”

O Ministério Público de Mato Grosso alerta que tal mensagem trata-se de uma tentativa de golpe. Primeiramente, porque a instituição NÃO FAZ agendamento de vacinação contra Covid-19 ou qualquer outra doença, pois não é sua atribuição e, ainda, o dito “Ministério Público da Saúde” citado pelo golpista sequer existe.

Pelas características da mensagem, se parece muito com tentativas de invasão de aparelhos celulares praticadas por golpistas com o objetivo de utilizar o número e o nome do titular da conta telefônica para solicitar dinheiro em forma de pedido de ajuda financeira ou falsas campanhas de doações humanitárias.

Se for considerada fake new, a prática de disseminar notícias falsas sobre a covid-19 em Mato Grosso é crime, a Lei 11.128/2020 prevê multa para quem produzir ou divulgar fake news – notícias falsas – sobre epidemias, endemias, pandemias.

Leia Também:  Normando Corral defende agilidade na implantação de ferrovia em Mato Grosso

Prevê também multa que varia de 20 a 200 Unidade Padrão Fiscal (UPFs) e pode ultrapassar R$ 30 mil. De acordo com a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), em maio, o valor da UPF é de R$ 151,58.

O caso está sendo invesgigado, para os promotores do  MP, os disparos em massa nos grupos de wathsap sobre a vacina não passam de uma tentativa de golpe.

 

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA