VÁRZEA GRANDE

Lucimar Campos promete entregar primeira fase concluída da Orla da Alameda em setembro

Publicados

em

 

“A manutenção dos investimentos públicos e a ampliação de esforços para aplicação de recursos, serão essenciais para retomada da economia e conservação de empregos”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos, durante visita técnica às obras de construção e revitalização da Orla da Alameda Júlio Müller, em Várzea Grande.


A revitalização da Orla tem previsão para ser concluída no segundo semestre deste ano e vai receber o maior investimento em recursos próprios da atual gestão: R$ 17 milhões.
Apesar da nova rotina imposta pela pandemia do novo coronavírus, as obras do projeto – que vai dar à cidade um novo cartão postal – seguem em ritmo acelerado e deverão estar com sua primeira fase concluída em setembro, mês em que a cidade celebra 72 anos de emancipação política e administrativa, 23 de setembro de 1948. “Temos os recursos garantidos, projeto aprovado e licenças outorgadas. Essa obra vai dar a esta região uma valorização imobiliária sem precedentes, vai se tornar um atrativo para toda a cidade e para quem passa por Várzea Grande. Até a obra pronta, empregos estarão sendo gerados e muitas famílias terão sua renda assegurada por meio dessa iniciativa”, completou a prefeita Lucimar Sacre de Campos.


Estima-se que a obra da Orla em Várzea Grande gere entre 1.800 até 3 mil empregos diretos e indiretos, o que é significativo neste momento de dificuldades e desaceleração econômica.
Considerando as novas normas sanitárias determinadas por autoridades em Saúde Pública, o canteiro de obras está sendo mais otimizado, sem a necessidade de aglomeração. Técnicos do Município, que acompanharam a prefeita na visita, destacam que os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) têm sido utilizados de forma correta. “O setor da construção civil e construção pesada tem como praxe o cuidado adicional com a saúde. Algumas adaptações em relação ao distanciamento foram aplicadas, orientações reforçadas, e assim, o trabalho pôde seguir, sem paralisações”, explica o assessor de gestão da Secretaria Municipal de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, Enodes Soares Ferreira.

Leia Também:  Governo de MT realiza maior entrega da história da agricultura familiar


Na vistoria, a prefeita e sua equipe constaram in loco os avanços dos trabalhos. O acesso, Avenida Júlio Müller acaba ficando prejudicado por causa das obras. Nesse momento, as obras estão focadas no muro de gabião, intervenção necessária para conter a erosão da margem do rio Cuiabá, que faz limite com a via. Esse tipo de edificação, o muro de gabião, é produzido com malha de fios de aço doce recozido e galvanizado, em dupla torção, amarradas nas extremidades e vértices por fios de diâmetro maior. São preenchidos com seixos ou pedras britadas.
Essa parte do trabalho é tida como ‘pesada’ e emprega muito maquinário, o que contribui para aplicação das normas de higienização e de distanciamento entre os trabalhadores. Para esta etapa foi necessária ainda o bloqueio total da avenida, ação que se seguirá até setembro. “Nossa intenção é entregar o projeto o mais rápido possível para o várzea-grandense. No entanto, não abrimos mão da qualidade e da segurança dos trabalhadores, técnicos e engenheiros que passam e passarão pela obra”.
FASE ATUAL – A Avenida Júlio Müller estará sob interdição total no trecho entre a Avenida da FEB, ponte Júlio Müller até o acesso à rua Sebastião dos Anjos. Nos primeiros meses das obras, a pista estava liberada em meia faixa, permitindo acesso no sentido FEB ao bairro, mas desde a primeira quinzena desse mês ficou bloqueada.
As orientações repassadas pela Guarda Municipal, pelos técnicos responsáveis e por agentes da secretaria de Mobilidade Urbana, para quem trafegar pelo local são as seguintes: veículos de passeio e comerciais leves podem optar pela rua Vereador Abelardo e em seguida entrar na rua Sebastião dos Anjos para acessar a ponte Sérgio Motta e outros trechos da Avenida Júlio Müller. A Travessa Independência, paralela a Avenida Júlio Müller, não está obstruída e dá acesso à Avenida da FEB, tanto para quem vai para Cuiabá, como também, precisa retornar para o Centro de Várzea Grande.
Quem vier pela ponte Sérgio Motta sentido ponte Júlio Müller, vai transitar pela Avenida Júlio Müller até chegar à rua Sebastião dos Anjos, que passa a ser desvio obrigatório.
Já os veículos pesados e de carga o trajeto indicado é seguir pela Avenida da FEB, em Várzea Grande, em direção à Avenida Beira Rio, em Cuiabá e então retornar pela ponte Sérgio Motta e assim, acessar novamente a Avenida Júlio Müller. Essa orientação é necessária porque a rua Sebastião dos Anjos, que corta os bairros Alameda e Construmat, possui muita movimentação de pedestres, ciclistas e carros de passeio.

Leia Também:  Agosto termina com 93 registros de acidentes de trânsito em Várzea Grande


A OBRA – “O projeto finalizado será o mais novo cartão postal da cidade. O empenho na transformação do local tem dois grandes objetivos: resolver a erosão, um problema ambiental que a região enfrenta e que já vem tomando conta de uma extensão considerável da margem várzea-grandense do rio Cuiabá. Por outro lado, o poder público municipal cria mais um espaço de convivência e de referência para as famílias, na principal porta de entrada à cidade, via ponte Júlio Müller, que liga Várzea Grande ao tradicional e histórico bairro do Porto, em Cuiabá”, pontuou a prefeita.
Conforme o projeto, serão reurbanizados, revitalizados e recuperados 700 metros de extensão às margens do rio Cuiabá. O projeto da ‘Orla da Alameda Júlio Müller’ tem início na Avenida da FEB, junto à ponte Júlio Müller e se estende até a rua Sebastião dos Anjos, uma das principais vias do bairro Alameda.
O complexo abrigará lanchonetes, pergolados, escadas, rampas de acesso, parque infantil, pista de caminhada, mirante, centro cultural, auditórios, sanitários, bancos e calçadões por toda sua extensão. O projeto arquitetônico sustentável está distribuído em dois níveis, um mais próximo ao rio e outro no nível da rua, com espaços voltados à contemplação do rio e da natureza ao redor.

COMENTE ABAIXO:

Saúde

Multivacinação para crianças e vacina da influenza para população em geral

Publicados

em

Por

O horário da Campanha de Multivacinação inicia das 7:30 às 17:00. Estarão abertas para a ação 20 Unidades Básicas de Saúde.

 

Visando elevar a proteção das pessoas e das crianças para outras doenças que ainda necessitam de cuidados e que estavam momentaneamente suspensos por causa da COVID-19, levou a Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande a reforçar suas atividades em uma Campanha de Multivacinação.

Várzea Grande inicia amanhã, 18 de setembro, Campanha de Multivacinação ofertando doses de Pentavalente, que garante proteção contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b, responsável por infecções no nariz, meningite e na garganta; Pneumocócica; VIP ou VOP que protege contra a Poliomielite ou paralisia infantil e a Tríplice Viral, com foco na atualização das cadernetas de crianças, menores de cinco anos.

Também vai reforçar a campanha de vacinação da Gripe Influenza, lembrando que ela não tem eficácia contra a COVI-19, mas permite aos médicos e enfermeiros em avaliação a pacientes, conseguir um diagnóstico mais apurado e um tratamento mais eficaz para a população em geral, pois assim como a COVID-19 a Influenza se trata de uma Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG.

A vacina contra a Gripe Influenza é indicada para maiores de seis meses e apenas deve se ter o cuidado de receber a vacina com intervalo de 15 dias se foi imunizado contra a COVID ou vice-versa.

O público-alvo da campanha contra poliomielite são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que devem receber a Vacina Oral de Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses da Vacina Inativada de Poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação. As demais vacinas conforme as indicações do calendário nacional de vacinação.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, neste momento todos os esforços estão sendo concentrados na ação da vacinação contra a COVID-19, porém é uma responsabilidade promover ação na proteção das crianças com vacinas necessárias, principalmente em momento de pandemia.

Leia Também:  Governador Mauro Mendes assina nesta segunda, 20, contrato para construção da 1ª Ferrovia Estadual de MT

“Vamos manter um ponto de vacinação contra a COVID-19, neste sábado (18), nas Clínicas Médicas do UNIVAG, ponto fixo, para as pessoas confirmadas e agendadas, e as acima de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose. Vinte Unidades Básicas de Saúde vão funcionar na realização da Campanha de Multivacinação. Queremos neste dia que cada pai, cada mãe, cada parente, faça sua parte no processo, leve sua criança à unidade de saúde para que possa ser imunizada e ser protegida de danos que podem repercutir a vida inteira. Estas vacinas são básicas, fazem parte da cobertura vacinal das crianças, e protegem de várias doenças. Já a vacina da Influenza está liberada para a população em geral maior de 6 meses. É importante observar o intervalo de 14 dias, após ter tomado a vacina Contra a COVID-19, para então poder tomar a vacina da influenza”, disse o secretário.

Ele reforçou que o objetivo desta ação é resgatar o sentimento de segurança, de pais e responsáveis em relação à saúde dos seus filhos. ”As vacinas são seguras e protegem de doenças, como exemplo claro da poliomielite, que está erradicada no Brasil, em decorrência da disponibilidade da vacina. Vamos continuar vacinando nossa população contra a COVID-19, sem descuidar das nossas crianças, que necessitam desta atenção da Saúde Pública”, alertou o secretário.

Ele aproveitou para lembrar que a prioridade determinada pelo prefeito Kalil Baracat é da imunização de todas as pessoas, por isso a Secretaria Municipal de Saúde tem trabalhado em diversas frentes, não apenas contra a COVID 19, mas contra toda e qualquer doença que possa ser combatida.

Leia Também:  Várzea Grande sediou a abertura do Programa Federal Rios + Limpos

Gonçalo de Barros esclareceu ainda que que a Rede Pública Municipal, está preparada para realizar a Campanha de Multivacinação de forma segura, a fim de se evitar aglomeração das pessoas, o que promove a transmissão da COVID-19.

“Todas as medidas de biossegurança, e entre as orientações dadas as equipes das unidades que aplicarão a vacina, estão garantir a administração das vacinas em locais abertos e ventilados; disponibilizar local para lavagem das mãos e álcool em gel; orientar que somente um familiar acompanhe a pessoas a ser vacinada e realizar a triagem de pessoas com sintomas respiratórios antes da entrada no ambiente da vacinação, o que terá cuidado especial. Diante destas medidas adotadas os pais podem levar suas crianças com tranquilidade às unidades de saúde neste sábado (18) para se vacinarem”, garantiu o secretário municipal de Saúde Gonçalo de Barros.

Várzea Grande está reservando dois sábados, amanhã (18), e dia 25. O horário da Campanha de Multivacinação inicia das 7h30 às 17h, em 20 locais que cobrem toda a cidade.

Estarão abertas para a ação 20 Unidades Básicas de Saúde:

Centro de Saúde do Água Limpa;

Centro de Saúde Cohab Cristo Rei;

Centro de Saúde Jardim Imperial;

Centro de Saúde Nossa Senhora da Guia;

Clínica de Atenção Primária 24 de Dezembro;

Clínica de Atenção Primária Jardim Glória;

Clínica de Atenção Primária Marajoara;

Clínica de Atenção Primária Parque do Lago;

ESF – Estratégia Saúde da Família Água Vermelha;

ESF – Estratégia Saúde da Família Aurília Sales Curvo;

ESF Capão Grande;

ESF Manaíra;

ESF Manga;

ESF São Mateus;

ESF Unipark;

ESF Vila Arthur;

Unidade Básica de Saúde do Construmat;

UBS Jardim Eldorado;

UBS Ouro Verde;

UBS Santa Isabel.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA