Eleições 2020

Kalil implantará o terceiro turno no ‘Postão’ e nas Policlínicas de VG

Publicados

em

A proposta visa atender os casos de menor urgência, dando a oportunidade aos trabalhadores de serem atendidos no período da noite. Assim, essas unidades passarão a funcionar das 06h às 22h.

O candidato a prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), da coligação “Amor por Várzea Grande”, quer ampliar o horário de funcionamento do “Postão” e das 05 clínicas de atenção primária (policlínicas localizadas nos bairros Cristo Rei, Parque do Lago, 24 de Dezembro, Jardim Glória e Marajoara). A proposta visa atender os casos de menor urgência, dando a oportunidade aos trabalhadores de serem atendidos no terceiro turno. Assim, essas unidades passarão a funcionar das 06h às 22h.

O Postão atende 34 especialidades, tendo sido reformado e reorganizado na gestão de Lucimar. Além disso, Kalil quer construir mais uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na cidade, visando atender não só os moradores do Glória I e II, mas também dos bairros adjacentes como Jardim dos Estados, Mapim, Asa Bela, Jardim Alá e Nova Esperança.

“Na nossa gestão, foram inauguradas as UPAs Cristo Rei e Ipase, que desafogaram o Pronto-Socorro. Mas é preciso ampliar ainda mais essas conquistas. E vamos avançar nesses pontos; tanto nas policlínicas, Postão e UPA”, observou Kalil.

Leia Também:  Secretaria de Assistência Social dá início a entrega parcial de cartões do Programa Ser Família

Assim como Cuiabá, a cidade de Várzea Grande atende não só a população local, mas muitas pessoas de outros municípios que vêm procurar atendimento médico, sendo 70% dos pacientes são de Várzea Grande e 30% de outros municípios. Na internação, 60% são do interior e 40% da comunidade local.

E a gestão Lucimar Campos (DEM) encarou a crise sanitária de frente, nomeando Kalil presidente do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, Baracat desenvolveu, desta maneira, inúmeras ações e protocolos para conter o avanço da doença e evitar ao máximo mortes e que a economia local entrasse em colapso.

Com um Sistema Único de Saúde (SUS) melhor estruturado e com a recente entrega da reforma do novo Pronto-Socorro, a gestão conseguiu dar as respostas rápidas e necessárias ao problema. “Se não tivéssemos feito esses investimentos na saúde, a crise seria muito maior. Por isso é que precisamos dar sequência nesse trabalho”, completa o candidato a prefeito pelo MDB Kalil Baracat.

Veja mais: https://www.kalilbaracat.com.br/2020/10/11/kalil-implantara-o-terceiro-turno-no-postao-e-nas-policlinicas/

COMENTE ABAIXO:

Eleições 2020

Prazo para eleitor justificar ausência ao 2º turno termina hoje

Publicados

em

Por

ELEIÇÕES 2020

JB News

Por Denise Niederauer

Termina na nesta quinta-feira (28.01) o prazo de 60 dias para que o eleitor justifique a ausência às urnas nas localidades onde houve segundo turno para prefeito e vice-prefeito nas Eleições 2020.

 

O cidadão que não compareceu à urna deve apresentar justificativa fundamentada, com o motivo que o impediu de votar.

 

A justificativa pode ser apresentada nos cartórios eleitorais, pelo Sistema Justifica ou pelo aplicativo e-Título. O cidadão pode baixar o app no Google Play ou na App Store.

 

Devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, muitos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) optaram pelo atendimento de maneira virtual, que também pode ser feito pela ferramenta Título Net, disponível no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A medida busca evitar aglomerações nos postos de atendimento da Justiça Eleitoral.

No dia 14 de janeiro encerrou o prazo para que o eleitor justificasse a ausência à urna no primeiro turno, realizado no dia 15 de novembro. De acordo com os dados do TSE, cerca de oito milhões de eleitores apresentaram justificativa por não comparecerem para votar no primeiro turno do pleito.

Leia Também:  O Governo do Estado investe em Mato Grosso por inteiro

 

Como fazer:👇

A justificativa pode ser feita pelo Sistema Justifica, no qual o eleitor deve preencher o “requerimento de justificativa” e informar os dados pessoais exatamente como registrados no cadastro eleitoral, declarar a razão da ausência à urna e anexar documentação comprobatória digitalizada.

 

Com o campo preenchido corretamente, será gerado um código de protocolo para acompanhamento, que será transmitido à zona eleitoral a que o eleitor pertence, para que seja examinado pelo juiz competente.

O eleitor será notificado da decisão ou poderá consultar a situação também pelo Sistema Justifica.

No caso de justificativa presencial, o eleitor deve entregar o requerimento em qualquer cartório eleitoral ou enviar por via postal ao juiz da zona eleitoral na qual é inscrito. Além do formulário, deve apresentar documentação que comprove os motivos alegados para justificar a ausência.

Consequências:👇

Na última quinta-feira (21.01), o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, suspendeu, por meio da Resolução TSE nº 23.637, as consequências previstas no artigo 7º do Código Eleitoral para os eleitores que deixaram de votar nas Eleições 2020 e não apresentaram justificativa eleitoral ou não pagaram a respectiva multa. A resolução deverá ainda ser referendada pelo Plenário do Tribunal após o recesso forense.

Leia Também:  Morre Arnaldo do Mapim vítima da Covid-19

 

A resolução suspendeu os seguintes efeitos: o impedimento de o eleitor obter passaporte ou carteira de identidade; inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e receber remuneração de função ou emprego público.

A medida vale enquanto permanecer vigente o plantão extraordinário previsto pela Resolução TSE nº 23.615/2020 para prevenir o contágio pelo novo coronavírus.

Com informações do TSE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA