Entretenimento

Imitáveis lança trailer de filme sobre Jacildo e Seus Rapazes

Publicados

em

Para comemorar os 302 anos de Cuiabá, a banda Imitáveis lança o trailer do documentário que estão produzindo sobre Jacildo & Seus Rapazes, contando a história da maior banda de rock da capital que surgiu nos anos 60 e fizeram história por toda américa latina.

O documentário conta a história da icônica banda cuiabana dos anos 60 que continha nomes consagrados, como: Bolinha, Jacildo, Juarez Silva, Lowenil, Hélio Japonês e Neurozito, o único integrante vivo que empunha guitarras ao lado da Imitáveis no filme.

Quem também narra essa história são personagens que conviveram com a banda nos anos 60, como Roberto Lucialdo, Júlio Coutinho, Dito Twist, familiares, fãs influenciados pela banda como Hélio Flanders (Vanguart), Maestro Fabrício Carvalho e grandes artistas consagrados da época, Cid vocalista do Renato & seus Blues Caps e Netinho baterista d’Os Incríveis.

Além de todo rico material histórico narrado com depoimentos, a Imitáveis apresentará releituras das músicas do clássico conjunto dos anos 60, gravadas no MISC (Museu de Imagem e Som) em Cuiabá-MT.

Leia Também:  Espetáculo Arte Barata mostra a valorização dos artistas e suas criações no mercado artístico cultural

Este projeto, financiado pela Lei Aldir Blanc, por intermédio do Conselho Municipal de Cultura de Cuiabá, estreará no dia 24 de Abril as 19h no canal do Youtube da Imitáveis.

Confira agora o trailer: https://youtu.be/X1VBiolf8-g

COMENTE ABAIXO:

Entretenimento

Festa do cinema brasileiro e mato-grossense: Cinemato começa nesta segunda-feira

Publicados

em

Por

JB News

Filmes ficam disponíveis por 24 horas; depois da mostra competitiva (entre os dias 10 e 15 de maio), começam as mostras paralelas e temáticas (de 16 a 20). Premiação será no dia 21

Em formato virtual, o 20º Cinemato começa na segunda-feira (10) e segue até o dia 21 de maio, com exibições diárias de produções vindas de todo o Brasil. Via canal oficial no YouTube, uma live marca o início do festival, às 17h30 (horário de MT). A programação e links de acesso podem ser consultados diariamente no site oficial: www.cinemato21.com.br .

Depois da cerimônia de abertura, a plateia segue para sala especial na AmazôniaFlix, plataforma em que serão exibidos os filmes das mostras competitivas, de homenageado e hors concours. Vale ressaltar que, entre os dias 10 e 15 de maio toda a programação é hospedada na AmazôniaFlix. Nos dias subsequentes, as mostras paralelas e temáticas serão transmitidas via YouTube.

O documentário mato-grossense, “Pi’õ romnha ma’ubumrõi’wa – Mulheres Xavante Coletoras de Sementes”, abre a programação da Mostra Competitiva de Curtas Brasileiros. Na sequência, vem “O buraco”, ficção produzida no Amazonas.

Logo, é hora celebrar a obra de Geraldo Moraes, cineasta homenageado nesta nova edição do Cinemato. Para marcar a ocasião, será exibido “O homem mau dorme bem”. Geraldo sempre priorizou o Centro-Oeste em suas produções, tanto na escolha de cenários, quanto de elenco. Caso deste clássico filmado em Mato Grosso.

Assim como o filme de Geraldo Moraes, tem produção de Cláudio Assis, em mostra fora de competição, para arrematar o primeiro dia de Cinemato. O atualíssimo “Piedade”, ainda em difusão pelo circuito de festivais, será apresentado à plateia mato-grossense e também de todo o mundo.

24 horas para assistir

Idealizador do festival que completa 20 anos de atividade, Luiz Borges explica que diante da situação de pandemia e em sintonia com os grandes festivais brasileiros que ocorrem durante o período, todo dia tem filme novo com prazo de até 24 horas para ser assistido.

“Completamos duas décadas em um momento totalmente novo. Sentimos falta do calor da plateia e dos realizadores, mas a conexão via internet proporciona uma ampliação de público para além das fronteiras mato-grossenses. Isso é um alento”.

Luiz, que também é cineasta e pesquisador do cinema, considera esta edição divisora de águas quando se fala em representatividade.

“Acompanhando o período de efervescência do cinema produzido em Mato Grosso teremos um número muito maior de realizadores daqui participando. Para um festival que historicamente batalhou pela formação de plateia para o cinema brasileiro e capacitação de profissionais locais, esse é um momento de coroar os nossos talentos”.

Telefilmes, séries, curtas e longas de Mato Grosso terão o Cinemato como primeira vitrine: são sete longas inéditos na mostra competitiva e três telefilmes de realizadores mato-grossenses na mostra informativa, também inéditos ao grande público.

Terça-feira (11)

Na terça-feira, a partir das 18h (horário de MT), na Amazônia Flix, serão exibidos pela mostra de curtas, Noite de Seresta, de Sávio Fernandes (CE) e “Seremos Ouvidas”, de Larissa Nepomuceno (PR). Na sequência, tem a estreia do documentário “Mata Grossa”, de Tati Mendes e Amauri Tangará (MT).

Vale ressaltar, todo dia, às 16h30 (horário de MT), tem debate com realizadores dos filmes exibidos na noite anterior, sob a mediação do jornalista Lorenzo Falcão.

Mais dias de festival

O festival tem nova data porque entre os dias 7 e 12 de abril, a situação de pandemia havia se agravado em Mato Grosso. Para preservar a equipe técnica que viabilizaria a produção, optou-se por suspendê-lo.

“Mas agora, ele ‘espichou’”, se diverte Luiz Borges. “Ganhamos mais seis dias de festival a contar com a noite de encerramento e entrega de troféus, quando serão conhecidos os filmes vencedores das mostras competitivas”. Realizadores concorrem nas categorias Melhor Curta-Metragem Brasileiro e Melhor Longa-Metragem, pelo Júri Popular e Oficial.

Leia Também:  Cuiabá ganha espaço para impressão e exposição de fotografias belas-artes 

O artista Caio Mattoso será apresentador das cerimônias de abertura e encerramento da mostra selecionada em edital da Aldir Blanc, realizado pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer (Secel-MT) e em parceria com o Governo Federal via Secretaria de Cultura do Ministério do Turismo.

Acesse www.cinemato21.com.br para conhecer a programação completa.

Redes sociais:

www.facebook.com/cinematofestival

www.instagram.com/cinemato_festival

https://www.youtube.com/channel/UCaeDGGL0MbmbsUKN0qj4VWw

Programação completa

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE MAIO

 

17h30, pelas redes sociais e site do Cinemato 2021:

LIVE DE ABERTURA DO FESTIVAL,

com Luiz Borges (idealizador do Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá) e personalidades convidadas.

Apresentação: Caio Mattoso.

HOMENAGEM AO CINEASTA GERALDO MORAES

A partir das 18h, pela Plataforma AmazôniaFlix (disponível por 24 horas):

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS:

 

Pi’õrómnhama’ubumrõi’wa – Mulheres Xavante Coletoras de Sementes

(Direção: Danielle Bertolini. Documentário, MT, 2020, 11’, classificação livre)

O buraco

(Direção: Zeudi Souza. Ficção, AM, 2020, 20’, classificação 16 anos)

LONGA DO HOMENAGEADO:

O homem mau dorme bem

(Direção: Geraldo Moraes. Ficção, 2009, 90′, classificação 16 anos)

LONGA HORS CONCOURS:

Piedade

(Direção: Cláudio Assis. Ficção, 2019, 98′, classificação 16 anos)

TERÇA-FEIRA, 11 DE MAIO

14h às 15h30, pelo GoogleMeet (apenas para inscrit@s):

 

OFICINA DE ROTEIRO COM HILTON LACERDA

14h às 16h, pelo GoogleMeet (apenas para inscrit@s):

 

OFICINA DE MAQUIAGEM E EFEITOS ESPECIAIS COM ANDRÉIA OKAMURA

16h30, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021:

CONEXÕES E CIRCULAÇÕES AUDIOVISUAIS :

Roda de conversa sobre os filmes compartilhados na noite anterior.

Mediação: Lorenzo Falcão

A partir das 18h, pela Plataforma AmazôniaFlix (disponível por 24 horas):

 

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS:

Noite de Seresta

(Direção: Sávio Fernandes. Documentário, CE, 2020, 19’, classificação 12 anos)

Seremos ouvidas

(Direção: Larissa Nepomuceno. Documentário, PR, 2020, 13’, classificação livre)

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS:

Mata Grossa

(Direção: Tati Mendes & Amauri Tangará. Documentário, 2021, 77′, classificação 10 anos)

QUARTA-FEIRA, 12 DE MAIO

 

14h às 15h30, pelo GoogleMeet (apenas para inscrit@s):

OFICINA DE ROTEIRO COM HILTON LACERDA

16h30, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021:

CONEXÕES E CIRCULAÇÕES ANDIOVISUAIS :

Roda de conversa sobre os filmes compartilhados na noite anterior.

Mediação: Lorenzo Falcão

A partir das 18h, pela Plataforma AmazôniaFlix (disponível por 24 horas):

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS:

Lá fora

(Direção: Guilherme Telli. Ficção, SP, 2020, 9’, classificação 14 anos)

Adelaide, aqui não há segunda vez para erro

(Direção: Anna Zêpa. Documentário, SP, 2020, 20’, classificação 12 anos)

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS:

Barão de Melgaço: o bretão cuiabanizado Augusto Leverger

(Direção: Leonardo Sant’Ana. Documentário, 2021, 93′, classificação 10 anos)

A batalha de Shangri-Lá

(Direção: Severino Neto. Ficção, 2019, 99′, classificação 14 anos)

QUINTA-FEIRA, 13 DE MAIO

14h às 15h30, pelo GoogleMeet (apenas para inscrit@s):

OFICINA DE ROTEIRO COM HILTON LACERDA

14h às 16h, pelo GoogleMeet (apenas para inscrit@s):

OFICINA DE PRODUÇÃO EXECUTIVA COM CAROLINE ARAUJO

16h30, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021:

CONEXÕES E CIRCULAÇÕES AUDIOVISUAIS :

Roda de conversa sobre os filmes compartilhados na noite anterior.

Mediação: Lorenzo Falcão

A partir das 18h, pela Plataforma AmazôniaFlix (disponível por 24 horas):

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS:

Luis Humberto: um olhar possível

(Direção: Mariana Costa & Rafael Lobo. Documentário, SP, 2019, 20’, classificação livre)

À beira do planeta mainha soprou a gente

(Direção: Bruna Barros & Bruna Castro. Documentário, BA, 2020, 13’, classificaçãolivre)

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS:

Nenhures: onde os sonhos são reais e a vida não

Leia Também:  Lugar de medicamento vencido ou sem uso é no lixo comum?

(Direção: Amauri Tangará & João Brites. Ficção, 2020, 77′, classificação livre)

Luciene

(Direção: Juliana Curvo. Documentário, 2020, 73’, classificação 14 anos)

SEXTA-FEIRA, 14 DE MAIO

14h às 15h30, pelo GoogleMeet (apenas para inscrit@s):

OFICINA DE ROTEIRO COM HILTON LACERDA

14h às 16h, pelo GoogleMeet (apenas para inscrit@s):

OFICINA DE SOM DIRETO COM YURI KOPCAK

16h30, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021:

 

CONEXÕES E CIRCULAÇÕES AUDIOVISUAIS :

Roda de conversa sobre os filmes compartilhados na noite anterior.

Mediação: Lorenzo Falcão

A partir das 18h, pela Plataforma AmazôniaFlix (disponível por 24 horas):

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS:

Atordoado, Eu Permaneço Atento

(Direção: Henrique Amud& Lucas H. Rossi dos Santos. Documentário, RJ, 2020, 15’, classificação 12 anos)

Vai melhorar

(Direção: Pedro Fiuza. Ficção, RN, 2020, 17’, classificação 12 anos)

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS:

Diretas Já

(Direção: Marcelo Santiago & Rodrigo Piovezan. Documentário, 2019, 120′, classificação livre)

Loop

(Direção: Bruno Bini. Ficção, 2019, 98′, classificação 12 anos)

SÁBADO, 15 DE MAIO

16h30, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021:

CONEXÕES E CIRCULAÇÕES AUDIOVISUAIS :

Roda de conversa sobre os filmes compartilhados na noite anterior.

Mediação: Lorenzo Falcão

18h, pelo site do Cinemato:

MOSTRA PANORAMA DO CINEMA EM MATO GROSSO

20h, pela Plataforma AmazôniaFlix (disponível por 24 horas):

LONGA HORS CONCOURS:

Sequestro Relâmpago

(Direção: Tata Amaral. Ficção, 2018, 90′, classificação 16 anos)

DOMINGO, 16 DE MAIO

18h, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021 (disponível por 24 horas):

MOSTRA CINEMATO CINE CARAMELO ITINERANTE MT 2021

MOSTRA FILMES DO MATO. CURTAS/Programa 1

MOSTRA FILMES DO MATO. SÉRIES/Programa 1

SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MAIO

18h, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021(disponível por 24 horas):

MOSTRA CINEMATO CINE CARAMELO ITINERANTE MT 2021

MOSTRA FILMES DO MATO. CURTAS/Programa 2

MOSTRA FILMES DO MATO. SÉRIES/Programa 2

MOSTRA FILMES DA RESISTÊNCIA. Programa 1: Protagonismo LGBTQIA+

MOSTRA CENTRO-OESTE. Programa 1: Filmes de Goiás

TERÇA-FEIRA, 18 DE MAIO

18h, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021 (disponível por 24 horas):

MOSTRA CINEMATO CINE CARAMELO ITINERANTE MT 2021

MOSTRA FILMES DO MATO. Curtas/Programa 3

MOSTRA FILMES DO MATO. Séries/Programa 3

MOSTRA FILMES DO MATO. Telefilmes. Programa 1:

Vila Haiti Papouch

(Direção: Luzo Reis. Documentário, 2020, 58’, classificação livre)

MOSTRA FILMES DA RESISTÊNCIA. Programa 2: Protagonismo Negro

MOSTRA CENTRO-OESTE. Programa 2: Filmes do Distrito Federal

QUARTA-FEIRA, 19 DE MAIO

18h, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021 (disponível por 24 horas):

MOSTRA CINEMATO CINE CARAMELO ITINERANTE MT 2021

MOSTRA FILMES DO MATO. Curtas/Programa 4

MOSTRA FILMES DO MATO. Séries/Programa 4

MOSTRA FILMES DO MATO. Telefilmes/Programa 2:

Missivas

(Direção: Maurício Pinto & Caroline Araújo. Documentário, 2020, 53’, classificação 12 anos)

MOSTRA FILMES DA RESISTÊNCIA. Programa 3: Protagonismo Feminino

MOSTRA CENTRO-OESTE. Programa 3: Filmes de Mato Grosso do Sul

QUINTA-FEIRA, 21 DE MAIO

18h, pelo Canal do YouTube do Cinemato 2021 (disponível por 24 horas):

MOSTRA CINEMATO CINE CARAMELO ITINERANTE MT 2021

MOSTRA FILMES DO MATO. Curtas/Programa 5

MOSTRA FILMES DO MATO. Séries/Programa 5

MOSTRA FILMES DO MATO. Telefilmes/Programa 3:

As cores que habitamos

(Direção: Marithê Azevedo. Documentário, 2021, 52’, classificação livre)

MOSTRA FILMES DA RESISTÊNCIA: Programa 4: Protagonismo ambiental

MOSTRA CENTRO-OESTE. Programa 4: Filmes de Mato Grosso

SEXTA FEIRA, 21 DE MAIO

20h, pelas redes sociais e site do Cinemato 2021:

HOMENAGEM AO PESQUISADOR DE CINEMA CARLOS BRANDÃO.

Cerimônia de Premiação com entrega do Troféu Coxiponés pelo júri popular e oficial.

Apresentação: Caio Mattoso.

Encerramento do Cinemato 2021 – 20º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá

Lidiane Barros

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA