COVID-19

Hospital de referência Covid-19 está sem medicamentos e insumos

Publicados

em

Documentos mostram falta de sedativos e sonda para alimentação de pacientes na UTI

O Hospital de Referência para Covid-19 de Cuiabá, o antigo Pronto Socorro, está com falta de medicamentos e insumos. De acordo com documentos da própria unidade com data do dia 5 de abril, diversos itens estão com o estoque zerado ou insuficientes.

Conforme denúncia recebida pela vereadora Michelly Alencar (DEM) nesta quinta-feira (08.04), pacientes entubados na UTI estão prestes a acordar por falta de sedativos. Outro problema grave é a falta de alimentação adequada por falta de sonda nasoenteral. Os profissionais estão tendo que usar um tipo de sonda não apropriada para essa finalidade, o que pode causar outros problemas e comprometer a recuperação dos pacientes.

São 65 itens que estão com o estoque zerado, crítico ou insuficiente. 
A vereadora também recebeu documentos que mostram pedido de urgência para a aquisição de insumos para as UPAS.

Michelly entrou em contato com a secretária de Saúde Ozenira Félix para obter informações sobre o processo de compra desses itens e previsão de entrega, mas não obteve resposta. A parlamentar irá encaminhar todos os documentos que recebeu para o Ministério Público do Estado.

É revoltante essa situação. Como deixam faltar o básico no principal hospital público de Cuiabá para tratamento de pacientes com Covid? É difícil imaginar um paciente na UTI acordando fora do momento adequado por falta de sedativo! Se esses documentos chegaram até mim é porque os profissionais que estão lá dentro não aguentam mais essa situação, é desesperador”, disse a vereadora.

A parlamentar mostrou em suas redes sociais parte desses documentos, mas preferiu não divulgar os nomes dos profissionais que assinam essas cobranças para não expô-los. “Infelizmente, no dia do aniversário de Cuiabá, não era essa a notícia que gostaríamos de dar. Esperamos que a situação seja resolvida o mais rápido possível, estamos falando de vidas”, disse a vereadora.

Veja

Leia Também:  Cuiabá inicia vacinação para garis, catadores de recicláveis e trabalhadores do transporte coletivo; Márcia Pinheiro anuncia vacinação para gestantes

Design sem nome 4

Por Ana Rosa Fagundes

COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Ator Paulo Gustavo tem quadro irreversível, mas permanece com sinais vitais presentes

Publicados

em

Por

 

JB News

Por Denise Niederauer

O ator Paulo Gustavo, 42 anos, internado com Covid-19 desde 13 de março, após sofrer uma embolia nesse domingo, (02.05), permanece com sinais vitais, mas o quadro é irreversível. Paulo Gustavo chegou a interagir com os médicos e com o marido, o médico Thales Bretas.

O ator e humorista Paulo Gustavo tem quadro irreversível, apesar de sinais vitais, segundo informou nesta terça-feira (04.05), a assessoria de imprensa do artista, com base no boletim médico.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.”
Internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, com quadro de Covid-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva.

A piora no quadro de saúde do ator aconteceu na noite de domingo (02.05). Paulo Gustavo vinha apresentando melhoras significativas, chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagir com médicos e também com o marido, Thales Bretas. À noite, no entanto, sofreu uma embolia pulmonar.

Leia Também:  Emanuel anuncia recuperação de via e transfere entrega do viaduto para quinta-feira

O que é embolia gasosa disseminada, identificada em exames do ator Paulo Gustavo
Fístula broncovenosa é uma abertura que ocorre entre os pulmões e as veias, o que acarretou a entrada de ar na corrente sanguínea do ator, a chamada embolia gasosa. E, segundo o boletim, essa entrada de ar foi disseminada, tendo afetado o sistema nervoso.

“A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações dirigidas ao Paulo Gustavo, assim como às demais pessoas acometidas por essa doença terrível”, acrescenta a nota.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA