Saúde

Grupo de apoio materno organiza “Carreata pela Amamentação” em Cuiabá

Publicados

em

Especial para o JB NEws

Por Celly Alves Silva

Objetivo é chamar a atenção para o Agosto Dourado, que este ano traz o tema “Proteger a Amamentação: uma responsabilidade de todos”.

O Grupo de Apoio Supermães, uma associação sem fins lucrativos, formada por gestantes, mães e mulheres que acreditam na importância da rede de apoio em prol da maternagem, convida toda a população cuiabana e mato-grossense a participar da “Carreata pela Amamentação”, no próximo sábado (31), a partir das 9 horas, com concentração na Praça das Bandeiras, na Avenida do CPA, e dispersão na Praça Alencastro, Centro de Cuiabá.

O objetivo do evento é chamar a atenção para o Agosto Dourado, mês de conscientização sobre o aleitamento materno, que este ano traz o tema “Proteger a Amamentação: uma responsabilidade de todos”. De acordo com a presidenta do Grupo de Apoio Supermães, a fisioterapeuta Josemara Lima, ainda existe muito preconceito e falta de informação em torno do tema amamentação e, por isso, é preciso colocar o assunto em discussão na sociedade, para que mães e filhos possam se beneficiar do aleitamento materno. “Muitas mulheres que acabaram de ter bebê, querem amamentá-lo, mas, por conta da rotina cansativa e falta de alguém para ajudar, acabam não tendo as condições básicas de se cuidarem para poder estar bem para amamentar. Em outros casos, até existem pessoas em volta ajudando as tarefas da casa e nos cuidados com a criança, mas, no aspecto emocional, acabam abalando a mãe com comentários desmotivadores. As pessoas precisam entender que para produzir leite, a mulher precisa estar bem alimentada e hidratada, descansada e com a mente tranquila, pois, tudo isso influencia na descida do leite”, afirma.

Leia Também:  Crea Mato Grosso marca presença na Soea Connect

Uma pesquisa nacional sobre nutrição infantil, conduzida pelo nutricionista Cristiano Boccolini, doutor em Epidemiologia em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), mostrou que em 2013, apenas 36% dos bebês menores de seis meses recebiam aleitamento materno exclusivo no Brasil. Quanto ao aleitamento materno no primeiro ano de vida naquele ano, a taxa era de 45% das crianças nessa faia etária. Já no segundo ano de vida das crianças, os dados apontam que em 2013, estava em 31%. Esses dados devem ser lembrados no dia da carreata para reforçar que somente com o apoio da família, da sociedade e do poder público, as crianças terão condições de receber os devidos cuidados em sua primeira infância e que isso faz parte da construção de um futuro melhor para todos.

A escolha da manifestação em forma de carreata ocorreu para poder manter o distanciamento social. Além do Grupo de Apoio Supermães na organização, o evento contará com a presença de representantes de diversos órgãos e entidades, como: Do Ventre ao Coração, Associação de Doulas de Mato Grosso (Adomato), Família Canguru, IBFAN Brasil, Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, Secretaria de Estado de Saúde, Agosto Dourado Mato Grosso, Secretaria Municipal da Mulher, Câmara Municipal de Cuiabá.

Leia Também:  CAASP promove Home Challenge para participantes das aulas de yoga e funcional

Para viabilizar a organização da carreata, as organizadoras fizeram uma vaquinha virtual, com o intuito de arrecadar R$ 1 mil, valor suficiente para pagar um carro de som e 30 bandeiras douradas, em alusão ao Agosto Dourado. Quem tiver interesse em contribuir, pode fazê-lo através do link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/carreata-pela-amamentacao

 

Serviço

O quê: Carreata Pela Amamentação

Quando: 31 de julho (sábado), a partir das 9h

Onde: Saindo da Praça das Bandeiras até a Praça Alencastro

Para mais informações: (65) 9 8153-9213 (Celly) \ (65) 9985-2053 (Josemara)

 

COMENTE ABAIXO:

Saúde

Multivacinação para crianças e vacina da influenza para população em geral

Publicados

em

Por

O horário da Campanha de Multivacinação inicia das 7:30 às 17:00. Estarão abertas para a ação 20 Unidades Básicas de Saúde.

 

Visando elevar a proteção das pessoas e das crianças para outras doenças que ainda necessitam de cuidados e que estavam momentaneamente suspensos por causa da COVID-19, levou a Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande a reforçar suas atividades em uma Campanha de Multivacinação.

Várzea Grande inicia amanhã, 18 de setembro, Campanha de Multivacinação ofertando doses de Pentavalente, que garante proteção contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b, responsável por infecções no nariz, meningite e na garganta; Pneumocócica; VIP ou VOP que protege contra a Poliomielite ou paralisia infantil e a Tríplice Viral, com foco na atualização das cadernetas de crianças, menores de cinco anos.

Também vai reforçar a campanha de vacinação da Gripe Influenza, lembrando que ela não tem eficácia contra a COVI-19, mas permite aos médicos e enfermeiros em avaliação a pacientes, conseguir um diagnóstico mais apurado e um tratamento mais eficaz para a população em geral, pois assim como a COVID-19 a Influenza se trata de uma Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG.

A vacina contra a Gripe Influenza é indicada para maiores de seis meses e apenas deve se ter o cuidado de receber a vacina com intervalo de 15 dias se foi imunizado contra a COVID ou vice-versa.

O público-alvo da campanha contra poliomielite são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que devem receber a Vacina Oral de Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses da Vacina Inativada de Poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação. As demais vacinas conforme as indicações do calendário nacional de vacinação.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, neste momento todos os esforços estão sendo concentrados na ação da vacinação contra a COVID-19, porém é uma responsabilidade promover ação na proteção das crianças com vacinas necessárias, principalmente em momento de pandemia.

Leia Também:  Conexão TCE será lançado no próximo dia 23 em Primavera do Leste

“Vamos manter um ponto de vacinação contra a COVID-19, neste sábado (18), nas Clínicas Médicas do UNIVAG, ponto fixo, para as pessoas confirmadas e agendadas, e as acima de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose. Vinte Unidades Básicas de Saúde vão funcionar na realização da Campanha de Multivacinação. Queremos neste dia que cada pai, cada mãe, cada parente, faça sua parte no processo, leve sua criança à unidade de saúde para que possa ser imunizada e ser protegida de danos que podem repercutir a vida inteira. Estas vacinas são básicas, fazem parte da cobertura vacinal das crianças, e protegem de várias doenças. Já a vacina da Influenza está liberada para a população em geral maior de 6 meses. É importante observar o intervalo de 14 dias, após ter tomado a vacina Contra a COVID-19, para então poder tomar a vacina da influenza”, disse o secretário.

Ele reforçou que o objetivo desta ação é resgatar o sentimento de segurança, de pais e responsáveis em relação à saúde dos seus filhos. ”As vacinas são seguras e protegem de doenças, como exemplo claro da poliomielite, que está erradicada no Brasil, em decorrência da disponibilidade da vacina. Vamos continuar vacinando nossa população contra a COVID-19, sem descuidar das nossas crianças, que necessitam desta atenção da Saúde Pública”, alertou o secretário.

Ele aproveitou para lembrar que a prioridade determinada pelo prefeito Kalil Baracat é da imunização de todas as pessoas, por isso a Secretaria Municipal de Saúde tem trabalhado em diversas frentes, não apenas contra a COVID 19, mas contra toda e qualquer doença que possa ser combatida.

Leia Também:  Medeiros destaca atuação de ministra na defesa da criança e do adolescente

Gonçalo de Barros esclareceu ainda que que a Rede Pública Municipal, está preparada para realizar a Campanha de Multivacinação de forma segura, a fim de se evitar aglomeração das pessoas, o que promove a transmissão da COVID-19.

“Todas as medidas de biossegurança, e entre as orientações dadas as equipes das unidades que aplicarão a vacina, estão garantir a administração das vacinas em locais abertos e ventilados; disponibilizar local para lavagem das mãos e álcool em gel; orientar que somente um familiar acompanhe a pessoas a ser vacinada e realizar a triagem de pessoas com sintomas respiratórios antes da entrada no ambiente da vacinação, o que terá cuidado especial. Diante destas medidas adotadas os pais podem levar suas crianças com tranquilidade às unidades de saúde neste sábado (18) para se vacinarem”, garantiu o secretário municipal de Saúde Gonçalo de Barros.

Várzea Grande está reservando dois sábados, amanhã (18), e dia 25. O horário da Campanha de Multivacinação inicia das 7h30 às 17h, em 20 locais que cobrem toda a cidade.

Estarão abertas para a ação 20 Unidades Básicas de Saúde:

Centro de Saúde do Água Limpa;

Centro de Saúde Cohab Cristo Rei;

Centro de Saúde Jardim Imperial;

Centro de Saúde Nossa Senhora da Guia;

Clínica de Atenção Primária 24 de Dezembro;

Clínica de Atenção Primária Jardim Glória;

Clínica de Atenção Primária Marajoara;

Clínica de Atenção Primária Parque do Lago;

ESF – Estratégia Saúde da Família Água Vermelha;

ESF – Estratégia Saúde da Família Aurília Sales Curvo;

ESF Capão Grande;

ESF Manaíra;

ESF Manga;

ESF São Mateus;

ESF Unipark;

ESF Vila Arthur;

Unidade Básica de Saúde do Construmat;

UBS Jardim Eldorado;

UBS Ouro Verde;

UBS Santa Isabel.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA