Estadual

Governo de MT sanciona lei que inclui guias e técnicos esportivos em programa de auxílio financeiro

Publicados

em

Lei que institui o projeto Olimpus foi alterada e agora prevê concessão de bolsa-atleta, bolsa-técnico e premiação por desempenho a atletas e treinadores de Mato Grosso

Cida Rodrigues | Secel-MT

– Foto por: Divulgação

O Governo de Mato Grosso sancionou a lei que amplia o projeto Olimpus, de concessão de bolsas a atletas, que agora passa a incluir técnicos e guias de paratletas. Ainda foram criados prêmios específicos para atletas, paratletas, atletas-guias e técnicos que conseguirem convocação e/ou medalha olímpica ou paralímpica.

Publicada no dia 29 de setembro, a nova lei de autoria do poder executivo, que altera a lei anterior de 2004, foi aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador  de Mato Grosso, Mauro Mendes.

Em agosto, a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) abriu inscrições em quatro categorias: Atleta Nacional, Atleta Nacional Elite, Atleta Estudantil e Atleta Base Olímpica. Esportistas de modalidades individuais e coletivas de vários municípios mato-grossenses se inscreveram para receber auxílio financeiro.

O processo de seleção está em andamento e já conta com o resultado parcial da fase de análise do mérito das propostas. Conforme cronograma do edital, a publicação do resultado final será feita no dia 16 de outubro.

Leia Também:  Cidades precisam abandonar cegueira auditiva e ver o invisível diz arquiteta

Contemplando atletas de base e de alto rendimento, a primeira etapa contemplará 160 atletas das categorias base e estudantil com bolsas mensais que vão de R$ 250 a R$ 600. Para os atletas das categorias nacional e elite serão 80 bolsas com valores mensais de R$ 900 e R$ 1.600. O valor anual investido pelo Governo de Mato Grosso será de mais de R$ 1,7 milhão.

A segunda fase do programa, que abrangerá técnicos, guias e convocados aos Jogos Olímpicos, contará com regulamentação e editais específicos que serão providenciados posteriormente.

“Com muita alegria sancionamos nesses dias a lei que dispõe sobre o projeto Olimpus. Queremos incentivar todos os esportes de Mato Grosso, criando uma referência, para que aqueles que mais se dedicam possam receber o benefício do Estado. Vamos trabalhar para que o esporte mato-grossense possa crescer e se profissionalizar”, declarou o governador Mauro Mendes.

COMENTE ABAIXO:

Estadual

Comissão irá debater impacto de 14% de desconto dos aposentados e pensionista de MT

Publicados

em

Por

JB NEws

Da Redação

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), anunciou nesta quinta-feira 11.02, a criação de  uma comissão de deputados estaduais  para dialogar com a equipe técnica do governo o desconto de  14%  no pagamento  aposentados e pensionistas  de Mato Grosso.

Segundo Botelho a ideia de constituir uma comissão parlamentar surgiu após a manutenção do veto ao PLC 36 que revogava a cobrança de 14% dos aposentados.

Para o deputado as tratativas já tiveram início com governador Mauro Mendes (DEM), com objetivo de construir uma proposta alternativa de isenção para aposentados e pensionistas.

Já na próximos dias serão divulgados os nomes dos parlamentares que farão parte da comissão.

Os deputados estaduais mantiveram o veto do governo estadual ao projeto que revoga o desconto previdenciário de 14% para servidores aposentados e pensionistas de Mato Grosso que recebem até o teto do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), de R$ 6,1 mil, durante sessão realizada nesta quarta-feira (10) no plenário das deliberações da casa de leis.

Leia Também:  “Na Xá Cara”: Tocandira Trio Fusion inova ao “temperar” jazz com rasqueado

Confira o vídeo:👇

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA