Saúde

Governador assina ordem de serviço para construção do Hospital Regional de Alta Floresta

Publicados

em

JB News

Ana Lazarini | SES-MT

 

O governador Mauro Mendes assina, nesta terça-feira (28.06), a ordem de serviço para o início das obras do Hospital Regional de Alta Floresta (a 790 km de Cuiabá). O investimento será de R$ 112,3 milhões.

“Esse é o maior pacote de obra de construção e ampliação de leitos na saúde pública de Mato Grosso. Hoje, nenhum estado brasileiro está construindo, ao mesmo tempo, tantos hospitais como nós estamos. Nosso grande objetivo é ter uma saúde pública eficiente e de qualidade, que funcione para o cidadão mato-grossense””, destacou o governador Mauro Mendes.

Projetado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), o Hospital Regional de Alta Floresta contará com 151 leitos, sendo 111 leitos de enfermaria e 40 leitos de UTI, entre adulto, pediátrico, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimentos de média e alta complexidade.

A unidade também terá 10 consultórios médicos, dois consultórios para atendimento às gestantes, seis salas de centro cirúrgico e espaços para banco de sangue, banco de leite materno e para a realização de exames como tomografia e colonoscopia.

Leia Também:  Melatonina: médicos afirmam que uso do hormônio 'saiu do controle’

“A atual gestão não apenas inicia a construção do novo Hospital Regional de Alta Floresta, mas beneficia a população dos seis municípios da região Alto Tapajós de Saúde. Um novo e moderno hospital servirá de referência para toda a região”, concluiu a secretária estadual de Saúde, Kelluby de Oliveira.

COMENTE ABAIXO:

Saúde

Brasil registra 37 mortes por covid-19 em 24 horas

Publicados

em

Por

Em 24 horas, foram registrados 4.429 novos casos de covid-19 no Brasil. No mesmo período, houve 37  mortes de vítimas do vírus. O Brasil soma desde o início da pandemia 681.437 mortes por covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado neste domingo (14), pelo Ministério da Saúde. O número total de casos confirmados da doença é de 34.170.286.

Ainda segundo o boletim, 32.993.386 pessoas se recuperaram da doença e 495.463 casos estão em acompanhamento. No levantamento de hoje, não consta atualização dos dados de óbitos em Mato Grosso do Sul, do Distrito Federal, do Maranhão e de Minas Gerais. Já os estados de Mato Grosso, Rio de Janeiro, Roraima, Rio Grande do Norte e Tocantins não atualizaram nem o número de casos nem de morte.

Estados

Segundo os dados disponíveis, São Paulo lidera o número de casos, com 5,97 milhões, seguido por Minas Gerais (3,85 milhões) e Paraná (2,71 milhões). O menor número de casos é registrado no Acre (147,5 mil). Em seguida, aparecem Roraima (173,9 mil) e Amapá (177,7 mil).

Leia Também:  Centro de Triagem atendeu mais de 70 mil pessoas em quatro meses de funcionamento  ImprimirCentro de Triagem atendeu mais de 70 mil pessoas em quatro meses de funcionamento

Em relação às mortes, de acordo com os dados mais recentes disponíveis, São Paulo apresenta o maior número (173.652), seguido de Rio de Janeiro (75.162) e Minas Gerais (63.257). O menor total de mortes situa-se no Acre (2.025), Amapá (2.155) e Roraima (2.165).

Boletim Epidemiológico Boletim Epidemiológico

Boletim Epidemiológico – 14/08/2022/Divulgação Ministério da Saúde

Vacinação

De acordo com os últimos dados divulgados, foram aplicadas 471,7 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 178,7 milhões com a primeira dose e 159,8 milhões com a segunda dose. A dose única foi aplicada em 4,9 milhões de pessoas. Outras 104,4 milhões já receberam a primeira dose de reforço, e 18,9 milhões receberam a segunda dose de reforço.

Edição: Claudia Felczak

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA