VÁRZEA GRANDE

Gari que colou grau em Direito é convidada para atuar na Procuradoria Geral de Várzea Grande

Publicados

em

Além da vaga ofertada na procuradoria de Várzea Grande, vários escritórios de advocacia manifestaram o desejo de contratar Ketlly Cristina

Por Kátia Passos

Em reconhecimento aos esforços e a dedicação da servidora Ketlly Cristina da Silva – a agente de limpeza, “gari” que apesar das dificuldades conseguiu concluir o curso de Direito –   o prefeito Kalil Baracat resolveu dar a ela uma nova oportunidade, colocando a sua disposição uma vaga na Procuradoria Geral do Município para que ela se familiarize com o mundo do Direito na prática.

“Nada mais justo que dar a oportunidade para uma jovem com tanta motivação e vontade de vencer na vida. É gratificante ver que mesmo diante das adversidades ela se manteve firme no propósito de concluir o curso de Direito, que poderia ser qualquer outro curso superior. A determinação dela a faz vitoriosa, e eu, assim como a primeira-dama Kika Dorilêo queremos que ela faça ainda mais parte da Administração, atuando na Procuradoria para aprimorar o conhecimento no setor e, ao mesmo tempo, ter condições de se preparar para o exame da OAB que é uma condição necessária para os profissionais da área do Direito exercerem de fato a advocacia na iniciativa privada”, destacou o prefeito.

Leia Também:  Kalil pretende inaugurar ainda em outubro Estação de Água do Cristo Rei

Kalil Baracat disse ainda que administração municipal reconhece o esforço de seus colaboradores e que tem excelentes profissionais em todos os setores da Prefeitura e que trabalham com dedicação, mas como não se sensibilizar com a história de superação da Ketlly Cistina que se mostrou aguerrida e resiliente a toda e qualquer adversidade.

Para o prefeito e a primeira-dama, Ketlly Cristina, tem que espelhar muitos outros servidores e trabalhadores para que busquem alcançar seus objetivos e a forma que o Poder Público de Várzea Grande encontrou para estimular ela a continuar e prosseguir em seus objetivos, assim como despertar nos demais o mesmo ímpeto é abrindo perspectivas.

“Temos convicção de que ela traçou seu próprio destino, por mérito, vontade e determinação e que isto sirva de exemplo para todos os demais, inclusive para nós gestores em reconhecer os esforços na construção de uma Várzea Grande melhor para todos, pois o servidor é a mão do Poder Executivo que realiza os trabalhos necessários no atendimento aos anseios populares”, disseram Kalil e Kika Baracat.

Leia Também:  Turismo pós-pandemia deve se basear na conscientização homem e natureza

O vice-prefeito José Hazama também destacou a dedicação da agora bacharel em Direito, Ketlly Cristina e de seu trabalho realizado na Administração Regional do Cristo Rei.  “Enquanto servidora não temos o que falar dela a não ser pela sua disposição em realizar o seu trabalho, seja enquanto esteve como gari, como na recepção da sede do órgão. Tenho certeza de que ela, onde estiver, vai realizar a sua função da melhor maneira possível, a ela toda a nossa torcida e o nosso respeito”.

Além da vaga ofertada na Procuradoria Geral do Município, vários escritórios de advocacia manifestaram o desejo de contratar Ketlly Cristina. A sua história foi publicada em diversos sites de notícias de Mato Grosso e até de outros Estados. Nesta quarta-feira ela participa de uma live com a mediação de professores de Direito do Rio de Janeiro.

COMENTE ABAIXO:

VÁRZEA GRANDE

Kalil e Jayme anunciam R$ 20 milhões em investimentos e esforço pela solução para a falta de água

Publicados

em

Por

 

­­­­MAIS R$ 20 MILHÕES EM EMENDAS

O trabalho de Jayme Campos já representou emendas que somam R$ 31 milhões para Várzea Grande em 2021. Ele garantiu dedicação em busca de mais recursos para enfrentar o problema da falta de água

Sinalizando que vai continuar redobrando os esforços no sentido de ajudar a administração municipal de todas as 141 cidades de Mato Grosso, mas principalmente de Várzea Grande, o senador Jayme Campos anunciou a liberação de novas emendas para obras e ações, bem como, entendimentos junto ao Governo Federal para ampliar repasses de recursos para obras de abastecimento de água e esgoto sanitário, hoje um dos maiores problemas da segunda maior cidade do Estado.

Várzea Grande recebeu duas emendas no valor de R$ 20 milhões do senador Jayme Campos. Os recursos serão aplicados na saúde pública e em obras de infraestrutura, principalmente na pavimentação asfáltica de vários bairros.

“É sempre bom contar com o apoio dos parlamentares da bancada federal e novamente o senador Jayme Campos demonstra seu apreço a cidade de Várzea Grande aonde ele foi prefeito por três mandatos, lembrando que no início de nossa gestão já foi repassado valores de R$ 10 milhões para a saúde pública de outra emenda do senador”, disse o prefeito Kalil Baracat, sinalizando que vai colocar recursos próprios de Várzea Grande para ampliar a capacidade e atender mais bairros do município com obras, pois recursos federais e estaduais são essenciais, mas também precisam de contrapartida de recursos do Tesouro Municipal.

Kalil Baracat sinalizou que estes recursos se somam com o empréstimo da ordem de R$ 90 milhões contratados junto a Caixa Econômica Federal – CEF, sendo R$ 70 milhões para pavimentação asfáltica e R$ 20 milhões para ampliar os R$ 100 milhões que estão sendo investidos em obras de abastecimento de água e esgoto sanitário.

Leia Também:  Mulher de 53 anos é atacada por dois cachorros da raça rottweilers em Cuiabá

“Quero deixar meu testemunho do apoio que temos recebido dos senadores, deputados federais, dos deputados estaduais da Assembleia Legislativa e do próprio Governo de Mato Grosso e isto tem que ser declarado para que as pessoas saibam o quanto eles têm nos ajudado a vencer as dificuldades e obstáculos que são comuns em uma gestão pública”, assinalou o prefeito.

Ele aproveitou a presença dos vereadores no evento, para agradecer o apoio do Poder Legislativo Municipal que também não tem medido esforços no sentido de ajudar o Executivo a vencer os obstáculos impostos como a questão do abastecimento de água.

Já o senador Jayme Campos assinalou que sua meta é concluir ano que vem a primeira parte de seu mandato com 141 cidades contempladas com recursos de emendas parlamentares de sua autoria. “Já liberei próximo de R$ 200 milhões em emendas para 134 cidades e queremos dentro da possibilidade e da realidade, pois estes recursos são federais, atender a todas as cidades, atender a Mato Grosso”, disse Jayme Campos frisando ainda que vai reforçar os pedidos em cima da questão do abastecimento de água e de obras de esgoto.

O senador reconheceu a necessidade de reforçar os investimentos no abastecimento de água de Várzea Grande e lembrou que o prefeito Kalil Baracat está investindo R$ 100 milhões nestas obras e vai lançar outras duas obras que em definitivo irão permitir que Várzea Grande melhore de forma significativa o abastecimento de água para toda a sua população.

Jayme Campos ressaltou que o bom trânsito do prefeito Kalil Baracat, junto à Bancada Federal, graças ao trabalho que vem fazendo em Várzea Grande, facilita a busca por emendas parlamentares, defendendo uma emenda de bancada com recursos mais volumosos para ser aplicado em obras de abastecimento de água e esgoto sanitário. “A deficiência que existe hoje é decorrente do crescimento populacional aliado à falta de investimentos, até porque os R$ 215 milhões de um total de R$ 500 milhões previstos do PAC resgatado em 2015 pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, nem R$ 5 milhões para água foram liberados, então o problema se demonstra mais severo e mais potencializado pela seca que é a maior das últimas décadas e pela falta de investimentos, sem contar outros problemas que também agravam a situação como as perdas de água, os desvios entre outros”, disse Jayme Campos.

Leia Também:  Várzea Grande lança campanha Outubro Rosa e abre programação de ações de cuidado à saúde da mulher

Já o prefeito Kalil Baracat reafirmou a disposição e o enfrentamento do problema sinalizando que durante todo o seu mandato, os esforços em primeiro plano são pela resolutividade da questão da água e consequentemente do esgoto, mas que é necessário avançar ainda mais, seja em novas redes, novos equipamentos e na conscientização das pessoas quanto ao uso racional da água disponível.

“Com o apoio dos Governos, Federal, de Mato Grosso, da Assembleia Legislativa e de recursos próprios, Várzea Grande irá dobrar a atual capacidade de captação, tratamento e distribuição de água dos atuais 700 litros por segundo par apontada como ideal pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de 120 até 140 litros/dia por habitante”, disse o prefeito Kalil Baracat.a 1.400 litros por segundo ou 120.960 milhões de litros de água por dia, o que representa dizer mais de 400 litros por dia por cada habitante, ou seja, mais que três vezes a necessidade apontada como ideal pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de 120 até 140 litros/dia por habitante”, disse o prefeito Kalil Baracat.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA