Infraestrutura

Ferrovia faz com que Mato Grosso passe do campo das intenções para a ação, destaca Fávaro

Publicados

em

 

Mato Grosso tem dia e hora marcados para atingir um novo patamar em infraestrutura. A avaliação foi feita pelo senador Carlos Fávaro (PSD-MT), nesta segunda-feira (20), durante solenidade de assinatura de contrato para o início das obras da Ferrovia Olacyr de Moraes, que ligará as cidades de Rondonópolis e Lucas do Rio Verde, passando por Cuiabá. Ao classificar o dia como histórico, Fávaro destacou que Mato Grosso sai, neste momento, do campo das intenções para o das ações.

As obras, que serão tocadas pela Rumo Logística, demandarão um investimento privado da ordem de R$ 11 bilhões. “Em 2025, quando o trecho até Cuiabá estiver pronto, passaremos a um novo patamar em termo de infraestrutura. Esta será, sem dúvida, não apenas a ferrovia do agronegócio, mas a ferrovia da indústria, a ferrovia do comércio, a ferrovia de todos os mato-grossenses”, pontuou o senador.

Um dos pontos destacados pelo senador para a concretização das obras da ferrovia estadual é a união da classe política mato-grossense em torno do projeto. “Houve um trabalho intenso do governador Mauro Mendes [do DEM], da Assembleia Legislativa e da bancada federal. Isso é o que a população precisa, de uma política de resultado, que chegue na ponta, no cotidiano das pessoas, mudando para melhor suas vidas”.

Leia Também:  “Cuiabá não pode parar e não vai parar”, assegura José Roberto Stopa

O trabalho dos três senadores de Mato Grosso, que atuaram em prol da ferrovia, foi também lembrado por Mauro, durante o pronunciamento dele. “”Jayme [Campos], [Carlos] Fávaro e Wellington [Fagundes], vocês sabem a importância que vocês tiveram para essa ferrovia sair do papel”.

CEO da Rumo, João Alberto Abreu projetou que a expectativa é que a ferrovia chegue a Nova Mutum em 2027 e, por fim, a Lucas do Rio Verde no ano seguinte. “Vamos construir uma ferrovia que vai ser referência em engenharia, cumprindo os prazos”. Ele também salientou que a atuação dos senadores em prol da ferrovia é uma prova inequívoca de que o propósito é o de trazer eficiência, desenvolvimento e justiça social para Mato Grosso.

Secretário Executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio pontuou que atualmente o transporte de cargas no país por ferrovias representa apenas 15% do total e a intenção é dobrar o volume nos próximos anos. “Sem dúvidas, esta ferrovia será muito importante para que consigamos isso”.

COMENTE ABAIXO:

Infraestrutura

Max Russi intensifica atuação de Assembleia e celebra entrega de máquinas e equipamentos aos 141 municípios

Publicados

em

Por

 

Ação do Governo do Estado está investindo R$ 106 milhões na agricultura familiar e R$ 103 milhões na infraestrutra, por meio do Programa Mais MT.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), assegurou que o Parlamento também foi fundamental para os encaminhamentos, que resultaram na entrega das máquinas e equipamentos, realizada pelo governador Mauro Mendes nesta sexta-feira (08) na Arena Pantanal.
No total estão sendo investidos R$ 106 milhões na agricultura familiar e R$ 103 milhões na infraestrutra dos 141 municípios.

“Os deputados estaduais atuaram, desde o início dessa gestão, por entender que o Governo do Estado precisava tomar medidas duras. O Parlamento precisou aprovar essas medidas, que hoje geram resultados como este, com a entrega desses equipamentos e fortalecendo os municípios em sua infraestrutura e agricultura familiar”, complementou o parlamentar.

Cáceres foi um dos municípios contemplados, também a partir da articulação de Max Russi. Para a prefeita Eliene Liberato (PSB), uma ação fundamental para os trabalhos desenvolvidos na zona rural do município.

Leia Também:  Governo de MT realiza maior entrega da história da agricultura familiar

“Muito feliz, recebendo do nossos governador Mauro Mendes, através da indicação do nosso deputado, presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi, uma escavadora para atender Cáceres e todos os assentamentos. Isso é se preocupar com gente, se preocupar com pessoas”, avalia.

De acordo com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), serão investidos até junho de 2022, R$ 106 milhões em duas etapas. Nesta primeira etapa, serão entregues 54 veículos Fiat strada, 20 pick-up Hilux, 29 motoniveladoras, 22 distribuidores de calcário, 08 escavadeiras hidráulicas, 300 resfriadores de leite, 17 ensiladeiras, 04 caminhões de leite, 20 motocultivadores, 02 caminhões baú de carga seca, 1 caminhão refrigerado, 02 plantadeiras e adubadeira de mandioca, um perfurador de solo e 08 pás carregadeiras. No evento serão assinados ainda convênios para o repasse de 20 mil doses de sêmen bovino, 1,5 mil prenhezes de embrião bovino e 30 mil toneladas de calcário aos municípios.

Ainda segundo o Executivo, pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), o investimento total é de R$ 103 milhões em 85 equipamentos: 14 escavadeiras, 14 pás carregadeiras e 57 motoniveladora. Nesta primeira etapa, a Sinfra destinará 42 motoniveladoras e 8 escavadeiras hidráulicas a municípios e consórcios regionais.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA