Infraestrutura

Ferrogrão tem 1000% de apoio do Governo de Mato Grosso”, afirma Mauro Mendes

Publicados

em

 

Governador participou de ato em defesa da ferrovia, em Sinop
Lucas Rodrigues | Secom-MT

Governador Mauro Mendes participou do ato em defesa da Ferrogrão –

Foto por: Mayke Toscano/Secom

 

O governador Mauro Mendes afirmou que o lançamento da Ferrogrão, que tem sido articulado pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, “tem 1000% de apoio do Governo de Mato Grosso”.

Mauro Mendes participou do ato em defesa da Ferrogrão, em Sinop, na manhã deste sábado (21.08), junto com o ministro e diversas autoridades federais, estaduais e municipais.

A Ferrogrão vai ligar o município de Sinop até o porto de Miritituba, no Pará, e será um dos principais pontos de escoamento da produção de Mato Grosso.

“O ministro é o grande protagonista desse encontro. A Ferrogrão liga dois estados e é de competência exclusivamente federal. No que depender do Estado de Mato Grosso, enquanto eu for governador, em qualquer iniciativa que for necessária, não terá 100%, mas 1000% de apoio do Estado de Mato Grosso para que este sonho se torne realidade nós próximos anos”, declarou Mauro, durante o discurso.

Leia Também:  A pedido de Max Russi, ALMT vai instaurar CPI pra apurar concessão da BR-163

O governador ressaltou que o Estado tem feito grandes investimentos para a melhoria da logística em todas as regiões de Mato Grosso. Somente nesta gestão, já foram entregues 825 km de asfalto novo e, nos próximos meses, haverá outros 1500 km de asfalto para serem executados pelas empreiteiras.

Além das melhorias na malha rodoviária, o Governo do Estado também tem avançado para construir a primeira Ferrovia Estadual, cujo chamamento público foi lançado há algumas semanas.

A ferrovia vai ligar Cuiabá a Rondonópolis, e Rondonopolis a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, bem como se conectar com a malha ferroviária nacional.
“Mas nós precisamos de muito mais. Precisamos também da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico). E vamos lutar com todas as armas pela Ferrogrão. Vamos vencer essa guerra”, declarou, ao ressaltar que Mato Grosso é o único estado que pode dobrar a produção de alimentos nos próximos anos e precisa da infraestrutura adequada para tal.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, destacou que a Ferrogrão é um projeto totalmente sustentável e possui previsão de reduzir em até 50% as emissões de CO² na atmosfera, que são gerados pelo tráfego na BR-163.

Leia Também:  Delação de ex-secretário de saúde Huark Douglas Correa motivou afastamento de Emanuel Pinheiro da prefeitura de Cuiabá

“Nós precisamos e vamos fazer a Ferrogrão. Ela vai acontecer e se tornar uma realidade. A nossa missão é fazer com que essa realidade seja transposta mais para o nosso presente. Para valorizar o esforço de todas essas pessoas que fizeram o agronegócio”, disse.

Tarcísio Freitas ressaltou que os estudos do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) apontam que a produção de Mato Grosso nos próximos nove anos, que é de 70 milhões de toneladas, deve chegar a mais de 130 milhões de toneladas.

“A Ferrogrão é necessária para que a gente dê mais competitividade, mais resultado e que isso traga mais investimento. Para que mais empregos sejam gerados e para que o Brasil cresça muito mais. Vamos preparar a logística que o agronegócio merece. Esse projeto só vai ser possível se todos acreditarem”, finalizou.

 

 

 

COMENTE ABAIXO:

Infraestrutura

Max Russi intensifica atuação de Assembleia e celebra entrega de máquinas e equipamentos aos 141 municípios

Publicados

em

Por

 

Ação do Governo do Estado está investindo R$ 106 milhões na agricultura familiar e R$ 103 milhões na infraestrutra, por meio do Programa Mais MT.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), assegurou que o Parlamento também foi fundamental para os encaminhamentos, que resultaram na entrega das máquinas e equipamentos, realizada pelo governador Mauro Mendes nesta sexta-feira (08) na Arena Pantanal.
No total estão sendo investidos R$ 106 milhões na agricultura familiar e R$ 103 milhões na infraestrutra dos 141 municípios.

“Os deputados estaduais atuaram, desde o início dessa gestão, por entender que o Governo do Estado precisava tomar medidas duras. O Parlamento precisou aprovar essas medidas, que hoje geram resultados como este, com a entrega desses equipamentos e fortalecendo os municípios em sua infraestrutura e agricultura familiar”, complementou o parlamentar.

Cáceres foi um dos municípios contemplados, também a partir da articulação de Max Russi. Para a prefeita Eliene Liberato (PSB), uma ação fundamental para os trabalhos desenvolvidos na zona rural do município.

Leia Também:  Stopa assina termo de transmissão temporária das funções de prefeito

“Muito feliz, recebendo do nossos governador Mauro Mendes, através da indicação do nosso deputado, presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi, uma escavadora para atender Cáceres e todos os assentamentos. Isso é se preocupar com gente, se preocupar com pessoas”, avalia.

De acordo com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), serão investidos até junho de 2022, R$ 106 milhões em duas etapas. Nesta primeira etapa, serão entregues 54 veículos Fiat strada, 20 pick-up Hilux, 29 motoniveladoras, 22 distribuidores de calcário, 08 escavadeiras hidráulicas, 300 resfriadores de leite, 17 ensiladeiras, 04 caminhões de leite, 20 motocultivadores, 02 caminhões baú de carga seca, 1 caminhão refrigerado, 02 plantadeiras e adubadeira de mandioca, um perfurador de solo e 08 pás carregadeiras. No evento serão assinados ainda convênios para o repasse de 20 mil doses de sêmen bovino, 1,5 mil prenhezes de embrião bovino e 30 mil toneladas de calcário aos municípios.

Ainda segundo o Executivo, pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), o investimento total é de R$ 103 milhões em 85 equipamentos: 14 escavadeiras, 14 pás carregadeiras e 57 motoniveladora. Nesta primeira etapa, a Sinfra destinará 42 motoniveladoras e 8 escavadeiras hidráulicas a municípios e consórcios regionais.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA