POLITICA

Fávaro pede que projeto que autoriza aviação agrícola contra incêndios seja votado na Câmara

Publicados

em

JB News

Por Glaucio Nogueira

Na semana em que deputados federais e senadores retornam às sessões, o senador Carlos Fávaro (PSD-MT) reforçou o pedido para que a Câmara dos Deputados aprove o Projeto de Lei que autoriza o uso da aviação agrícola no combate a incêndios florestais (PL 4629/2020). O texto foi aprovado pelo Senado em setembro do ano passado e desde maio está parado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara, último passo antes de seguir ao a plenário.

“Já estamos novamente sofrendo com o período das queimadas, somente neste ano cerca de 70mil hectares do bioma Pantanal sofreram com as queimas. As cenas são assustadoras e a sociedade espera do Poder Público uma resposta rápida, para que não haja a repetição da devastação que vimos”, destacou Fávaro, o que justifica uma análise mais célere por parte da Câmara dos Deputados.

Atualmente, o projeto encontra-se na CCJC, presidida pela deputada federal Bia Kicis (PSL-DF). “Por isso, respeitando a autonomia da Câmara, peço que a deputada coloque este projeto em pauta e que, indo a plenário, o presidente da Casa, deputado Arthur Lira, inclua entre os projetos a serem votados pelos parlamentares. Aprovamos este projeto de forma muito célere no Senado e é de fundamental importância que o mesmo aconteça nesta etapa da tramitação”.

Leia Também:  Estado teve a ousadia de fazer a infraestrutura continuar crescendo”, diz secretário do Ministério da Infraestrutura

Fávaro lembrou que o projeto, além de aumentar a capacidade do Poder Público em combater crimes ambientais, traz um ganho econômico a um setor que fica ocioso nesta época do ano. “Temos a segunda maior frota de aviões agrícolas no mundo e este é um excelente projeto, não há quem seja contra. Por isso, reitero meu apelo para que a Câmara dos Deputados vote este projeto”.

COMENTE ABAIXO:

POLITICA

Governador faz parceria com prefeito e destina R$ 40 milhões para asfaltar distritos industriais

Publicados

em

Por

Anúncio foi feito em reunião com deputados, prefeito, vereadores e lideranças

Lucas Rodrigues | Secom-MT

Governador Mauro Mendes e prefeito José Carlos do Pátio – Foto por: Mayke Toscano/Secom

O Governo do Estado vai destinar R$ 40 milhões para que a Prefeitura de Rondonópolis dê continuidade aos trabalhos de recuperação e asfaltamento dos distritos industriais.

O anúncio foi feito pelo governador Mauro Mendes nesta quinta-feira (23.09), após reunião com o prefeito José Carlos do Pátio, vereadores, o deputado federal Carlos Bezerra; os deputados estaduais Thiago Silva, Nininho, Sebastião Rezende e Wilson Santos; e os secretários de Estado Mauro Carvalho (Casa Civil) e Laice Souza (Comunicação).

“Vamos repassar R$ 40 milhões para que a Prefeitura possa asfaltar os distritos industriais, nesse trabalho que já foi iniciado pelo prefeito. Além disso, terá uma emenda do senador Fávaro em torno de R$ 21 milhões que também será repassado pelo Governo à Prefeitura”, afirmou o governador.

Mauro Mendes reforçou que o Governo de Mato Grosso tem feito importantes parcerias com as prefeituras, em especial na Infraestrutura, que é uma das demandas mais importantes para a vida da população.

Leia Também:  Prefeito Kalil Baracat acompanha instalação de novas bombas de captação de água e da nova adutora que abastecerá a ETA Grande Cristo Rei

“É importante para gerar emprego e fazer com que Rondonópolis continue firme nesse papel de ser a segunda maior economia do Estado de Mato Grosso”, completou.

O prefeito José do Pátio agradeceu a parceria e pontuou que a situação dos distritos é um problema “crônico” em Rondonópolis.

A recuperação das vias deve abranger uma área superior a 256 mil m², que hoje se encontra em situação precária.

“A Prefeitura já entrou com mais R$ 30 milhões em recursos próprios e agora com esses recursos do Governo do Estado e do senador Carlos Fávaro, vamos chegar a mais de R$ 90 milhões. Quer dizer, estamos dando uma nova vida para o Distrito Industrial por meio dessa parceria”, destacou.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA