Política Estadual

Faissal visita obras do Hospital Central e pede criação de hospital pediátrico

Publicados

em


Foto: Carol Coutinho / Assessoria de Gabinete

O deputado estadual Faissal Calil (PV) visitou, na quarta-feira (1º), o local onde está sendo construído o Hospital Central de Cuiabá. O parlamentar foi conferir de perto o andamento da obra, retomada em novembro de 2020 após ficar praticamente 30 anos paralisada, e aproveitou para sugerir novamente ao governador Mauro Mendes (DEM) que transforme o Hospital Santa Casa, em Cuiabá, em um hospital pediátrico.

O novo projeto do Hospital Central prevê o acréscimo de 23 mil m² à estrutura antiga e contará com o total de 32 mil m² de área construída, sendo que os 9 mil m² do prédio antigo serão aproveitados. O investimento total será de R$ 92.920.748,17 somente na construção do empreendimento, que conta com previsão de entrega para novembro de 2022.

“Quero parabenizar o governador pela coragem de retomar este empreendimento. Por 30 anos esta obra ficou paralisada e em 2022 este complexo ficará pronto e será entregue para melhorar ainda mais o atendimento na saúde dos cidadãos mato-grossenses. Aproveito também para sugerir ao Mauro Mendes que transforme Santa Casa em hospital pediátrico”, afirmou Faissal.

Leia Também:  Rondonópolis ganha nova unidade do Detran na Vila Operária

A sugestão de criação de um hospital pediátrico foi feita por Faissal  por meio do Requerimento nº 499/2021, apresentado pelo parlamentar em setembro, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O deputado destaca a necessidade da implantação de uma unidade de saúde de grande porte especializada em crianças por conta da extensa fila de espera para procedimentos cirúrgicos desta parcela da população.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:

Política Estadual

Lúdio pede prorrogação de concurso da Segurança com provas marcadas para a mesma data do Exame da OAB

Publicados

em

Por


Deputado Lúdio Cabral (PT) requereu o adiamento das provas previstas para o dia 20 de fevereiro de 2022

Foto: Marcos Lopes

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) requereu ao Governo do Estado a prorrogação do concurso público convocado pela Secretaria do Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), com provas previstas para o dia 20 de fevereiro de 2022. Isso porque a data coincide com a aplicação do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), realizada em âmbito nacional em todos os estados da federação, conforme item 3.1.1 do Edital XXXIV Exame de Ordem Unificado.

“Isso impossibilita que milhares de possíveis candidatos ao concurso da Sesp-MT se inscrevam no exame da OAB ou vice e versa, considerando que o bacharelado em Direito é sem sombras de dúvidas uma formação compatível com a área de Segurança Pública”, explica Lúdio.

Além disso, a realização concomitante das provas da Sesp-MT e da OAB poderá causar aglomeração nos municípios em que serão realizadas, aumentando o risco de contaminação por covid-19. “O que não é recomendado no momento de escalada da doença no estado, com aumento dos números diários de novos casos pelo avanço da variante Ômicron no Brasil”, alerta o deputado.

Leia Também:  Lúdio pede prorrogação de concurso da Segurança com provas marcadas para a mesma data do Exame da OAB

São seis editais de Concurso Público para os cargos de Escrivão de Polícia e Investigador de Polícia (Edital Nº 001/2022/SESP/PJC/MT), publicado no dia 04 de janeiro, Perito Oficial Criminal, Perito Oficial Médico-Legista e Perito Oficial Odonto-Legista (Edital Nº 002/2022/SEGES/SESP/MT), Soldado da Polícia Militar (Edital Nº 003/2022/SEPLAG/SESP/MT), Oficial da Polícia Militar (Edital Nº 004/2022/SEPLAG/SESP/MT), Oficial da Polícia Militar da Saúde (Nº 005/2022/SEPLAG/SESP/MT) e Soldado do Corpo de Bombeiros (006/2022/SEPLAG/SESP/ MT), publicados no dia 05 de janeiro no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso.

Todos estes editais exigem como requisito mínimo a formação do candidato em nível superior e têm provas objetivas e dissertativas previstas para o dia 20 de fevereiro. Ofício protocolado nesta segunda-feira (17) solicita que as provas sejam adiadas em uma semana, para o dia 27 de fevereiro ou para outra data.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA