Polícia Federal

Ex-namorada de Rowles Magalhães é presa em Portugal na Operação Descobrimento

Publicados

em

JB News

Por Alisson Gonçalves

A ex namorada do lobista  Rowles Magalhães preso na operação da Policia Federal (PF), na manhã desta terça-feira 19.04, também foi presa em Portugal.

De acordo com às informações da Polícia Federal, a doleira Nelma Kodama foi presa em um hotel de luxo Ritz em Lisboa (Portugal), aonde está hospedada. As investigações apontam que Kodama estaria ligada a tentativa de transportar 595 quilos de cocaína apreendidos em fevereiro de 2021.

Polícia Federal acredita que Nelma Kodama, fazia a intermediação para o tráfico de drogas.

Com uma intensa ficha criminal Nelma Kodama, foi condenada em outubro de 2014 por corrupção e organização criminosa.

A polícia federal também informou que na casa de Rowles Magalhães, foram  encontrados vários pertences da ex como, bolsas de marcas caras, como Prada, Louis Vuitton, Yves Saint Laurent e Chanel além de relógios da marca Rolex e uma quantia ainda não informada em dólares e euros.

Outras informações também dão conta que na casa do ex-secretário Nilton Borgato em Cuiabá foram encontrados diamantes e cerca de 20 mil reais em espécie.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Federal deflagra Operação em MT e mais 7 Estados contra fraudes aos benefícios emergenciais

Nacional

Ex-ministro Milton Ribeiro tem prisão preventiva revogada

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

A prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro,foi revogada nesta quinta-feira 23 de junho.

A decisão é do desembargador federal Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, o desembargador atendeu um pedido pela defesa de Milton que diz que o ministro colaborou com às investigações e que também os crimes que foram atribuídos ao ex-ministro não foram classificados como hediondo e nem violentos,e que nada justificava a prisão preventiva.

Como já informado Milton Ribeiro,foi alvo da PF nesta quarta-feira 22 de junho,segundo a polícia ele estaria ligado ao crime de corrupção passiva,tráfico de influência e prevaricação.

Milton é investigado por facilitar a liberação recursos do Ministério da Educação ao pastores Gilmar Santos e Arilton Moura,que falava para qual lugar o recurso seria destinado, inclusive para construção de igrejas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Desembargador do TRF-1 Claudio Ribeiro determina soltura de Célio Rodrigues e Paulo Jamur
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA