Saúde

Especialista explica vantagens de banha de porco e azeite na cozinha

Publicados

em

Foto: Istock

 

Principal diferença é que banha pode ser aquecida e o azeite não

Antes considerado um vilão para a saúde, a banha de porco, utilizada de forma correta, pode ser tão saudável quanto o azeite. Amplamente utilizados na cozinha, os dois alimentos conquistaram a confiança dos especialistas e são considerados itens essenciais de quem quer preparar uma refeição saborosa e saudável.

O diretor da Unidade de Emagrecimento e Longevidade (UEL),anexa ao Hospital São Judas Tadeu, Arnaldo Patrício, ressalta que ambos possuem benefícios com algumas especificações. A banha de porco é rica em ácidos graxos monoinsaturados, vitamina A, vitamina B, ela tem a vantagem de poder ser exposta ao calor, sendo ideal para realizar frituras.

“Ela foi muito massacrada por muito tempo, o que foi um erro. Ela ajuda a reduzir o colesterol ruim, aumenta o colesterol bom, além de deixar o alimento muito mais gostoso. Para fazer frituras, com certeza esse tipo é uma das melhores coisas que existe. A banha tem 39% de gordura saturada e 45% de monoinsaturada”, destaca o especialista em medicina interna.

Leia Também:  Justiça determina que Mercado Livre apague foto de Influenciadora de MT por uso indevido de imagem

O azeite, já há algum tempo é apontado como um dos queridinhos da cozinha fitness, tem suas limitações. Ele não deve ser aquecido para não perder suas propriedades. “Tem que usar o extravirgem que é prensado a frio”, pondera Arnaldo Sérgio.

O azeite possui propriedades antioxidantes, além de ser rico em vitaminas A, K, D e E. “Tem outros diversos atributos que são difundidos até na área estética, na saúde. Para consumir à mesa, tem que ser extra virgem. Quem for comprar, tem que se atentar que os melhores são os de embalagens de vidro escura”, pontua o diretor da UEL.

Como pode ser exemplificado, a banha e o azeite possuem vantagens muito semelhantes para o consumo e são consideradas uma das melhores opções e mais acessíveis ao bolso do consumidor. Além deles, a manteiga e o óleo de coco também são considerados bons, mas apresentam algumas ressalvas.

Originária do leite da vaca, a manteiga não pode ser aquecida a temperaturas altas, para evitar que seja transformada em gordura trans. Já o óleo de coco, apesar de ser saudável, possui a desvantagem de ter um preço mais elevado e ter um gosto que pode interferir no sabor final da comida a ser preparada.

Leia Também:  Turismo pós-pandemia deve se basear na conscientização homem e natureza

Texto Dialum

COMENTE ABAIXO:

Saúde

Cardiologistas de todo o Brasil se reúnem em XXI Congresso de Cardiologia em Cuiabá

Publicados

em

Por

Por Roberta Cassia

 

Entre os dias 21 e 23  de outubro, Cuiabá  será sede do XXI  Congresso de Cardiologia de Mato Grosso que vai reunir cardiologistas de todo o Brasil, estudantes e profissionais da saúde  para participarem de palestras, painéis e mesas redondas com temas variados e discussões atuais de métodos diagnósticos, medicamentos, novos equipamentos e tratamentos atuais na área de cardiologia e doenças associadas.

 

No dia 21 após a abertura, haverá a ‘Mesa Redonda:  Hipertensão Arterial’,  e  em seguida outra com o tema “Prevenção Primária de DAC”. Fechando a manhã haverá o “Simpósio Servier: Nova abordagem no controle da hipertensão”.

 

No período da tarde,   os  temas das mesas redondas serão ‘O estado da arte dos métodos complementares no diagnóstico da doença coronariana’ e ‘Técnicas intervencionistas na prevenção cardiovascular”. Haverá ainda o “Simpósio Abbot: As novas tecnologias em dispositivos implantaveis. Dos beneficios a redução de custos no ecossistema de saúde” e a “Assembleia Geral extraordinária da SBC-MT”.

 

No dia 22, haverá outras mesas redondas com os temas ‘Cardiologia da Mulher’ ,   ‘Dislipidemias’, ‘Insuficiência Cardíaca’ e ‘Arritmias Cardíacas, além dos simpósios “Novo Nordisk: Quais as evidências atuais para o uso dos AR GLP-1 na DCV?”, “AstraZeneca: Tratamento da ICFEr, o que há de novo?” e “Simpósio Lilly: Empaglifozina na Insuficiência Cardíaca”.

Leia Também:  Rede Feminina alerta para o câncer de mama

 

No sábado, dia 23, o congresso traz a mesa redonda “Cardio Oncologia”  e  “Miscelânias”  além do “Simpósio Biotronik: Avanços tecnológicos e estimulação cardíaca fisiológica”.

 

“Teremos a participação de grandes nomes da cardiologia por teleconferência e presencialmente também. São temas atuais e ainda trazem discussões sobre as tecnologias recentes mais utilizadas nos tratamentos de doenças cardíacas nos grandes centros”, afirma o presidente do Congresso o cardiologista Marcos Tenuta.

 

O evento é uma realização da Sociedade Brasileira de Cardiologia de Mato Grosso (SBC-MT).

 

 

SERVÇO

 

O QUE? XXI Congresso de Cardiologia

 

QUANDO? Dias 21,22 e 23 de outubro a partir das 7h30

 

ONDE? Centro de Eventos Senai Cuiabá

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA