Economia

Em visita ao Araguaia governador destaca projetos para o desenvolvimento do turismo na região

Publicados

em

 

JB News

Por Nayara Cristina

O governador Mauro mendes (DEM), está durante este final de semana em viagem ao Araguaia, para debater com as instituições o desenvolvimento econômico e os investimentos em infraestrutura da região.

Durante essa sexta-feira (23.07), em Querência, juntamente com o prefeito Fernando Gorgem, o governador entregou 18 km de asfalto novo na MT 109, deste 10,8 km de asfalto na rodovia que dá acesso ao assentamento Pingo D`Água e 7,7 km do Rodoanel, e lançou uma parceria com o prefeito para asfaltar 41,2 km da MT 110, entre o rio Tanguro até o entroncamento da MT 243. Os investimentos serão na ordem de 35,7 milhões de reais

Durante este  Sábado (24.07), o governador esteve em no município de Luciara entregando sestas básicas aos moradores de baixa renda, que por conta da pandemia do Covid-19 vivem em extremas dificuldades.  Após várias ações no município o governador seguiu de barco, em travessia pelo Rio Araguaia até São Felix do Araguaia.

Leia Também:  CPI da Renúncia marca oitiva com presidente da Aprosoja para o próximo dia 27

O Araguaia que já foi conhecido como “Vale dos Esquecidos”, tem um grande potencial turístico, segundo o governador, e que existe uma saída para o desenvolvimento da economia local tanto de Luciara quanto de São Felix do Araguaia. Para isso alguns investimentos  precisam ser feitos, entre eles; seria estruturar as Orlas, e desenvolver a pesca esportiva, a ideia é deixar a região mais confortável e atrativa aos turistas. “Vamos estruturar melhor estes locais, para que sejam referencia no ecoturismo do Brasil e do mundo”. Disse o governador.

O governador comentou também sobre os investimentos estruturantes que já estão sendo feito para o desenvolvimento do Araguaia, entre eles estão a construção de asfalto novo, a restauração da ponte Rio das Mortes. E destacou também o apoio do legislativo estadual e da bancada federal para o trabalho na região.

Veja os vídeos da travessia de barco realizada pelo governador:👇

COMENTE ABAIXO:

Economia

Risco de inflação alta não freia intenção de consumo dos cuiabanos, que registra mais um aumento em setembro

Publicados

em

Por

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) na capital mato-grossense registrou alta de 5,5% em setembro sobre o mês anterior e chegou a 73,4 pontos, patamar próximo do verificado no início do ano (73,5 pontos).

A análise do Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio (IPF-MT) sobre os dados da Confederação Nacional do Comércio (CNC) destaca o percentual bem superior do registrado em setembro de 2020, quando atingia 59 pontos, uma alta de 24,4%.

A pesquisa apresentou a quarta melhora consecutiva, mantendo a série de alta que começou em maio deste ano, quando apresentava 66,3 pontos. O bom desempenho foi puxado pelas famílias que recebem até 10 salários mínimos, com alta de 5,7% na variação mensal e de 24,5% no comparativo anual.

Para o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, a situação da economia está entrando em tendência de crescimento. “Os últimos indicadores são ótimos para a economia, como pode ser observado na questão da empregabilidade, onde menos pessoas disseram estar sem emprego”, explicou. Em maio deste ano, 16,1% disseram estar desempregadas, contra 9,6% verificado neste mês na pesquisa. O levantamento foi feito com 500 pessoas na capital mato-grossense.

Leia Também:  Nelore Cometa realiza leilão neste sábado

Com relação aos impactos da pandemia por Covid-19, o diretor de pesquisas do IPF-MT, Maurício Munhoz, frisou que, aparentemente, a economia já não é tão influenciada pela pandemia. “Acreditamos que (a economia) voltou ao seu ritmo normal”. No entanto, Munhoz ressaltou o risco da alta inflação no país. “O bom desempenho da pesquisa pode ser afetado por uma nova ameaça: a inflação, que registrou a maior alta dos últimos 19 anos no Brasil”.

A alta mencionada pelo diretor de pesquisas refere-se ao mês de julho, que apresentou alta de 0,96% sobre o mês anterior, acumula aumento de 4,76% no ano e de 8,99% nos últimos 12 meses, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE).

O Sistema S do Comércio, composto pela Fecomércio, Sesc, Senac e IPF em Mato Grosso, é presidido por José Wenceslau de Souza Júnior. A entidade é filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que está sob o comando de José Roberto Tadros.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA