Economia

Em uma década, reforma de pneus economizou 5 bilhões de litros de petróleo

Publicados

em

 

  1. Dados foram apresentados ao secretário do Governo Federal conheceu produção industrial em Cuiabá⁹

Cada pneu reformado economiza 50 litros de petróleo. Na última década foram evitados o consumo de 5 bilhões de litros com a utilização de tecnologia reversa para a reforma de pneus. Os dados foram apresentados pela Associação Brasileira de Reforma de Pneus (ABR) ao secretário Nacional de Qualidade Ambiental, André Felisberto França, durante visita a Cuiabá, nesta quinta-feira (29).

O representante do Governo Federal conheceu uma reformadora no Distrito Industrial e pode acompanhar de perto como essa produção é importante para o meio ambiente e impacta positivamente a economia brasileira. “Imagine se toda essa quantidade de produto fosse descartada apenas”, pontuou.

De acordo com o secretário, essa atividade une economia, qualidade e preservação ambiental. “Se esses pneus não fossem reformados, seriam descartados. São sete milhões de pneus reformados no Brasil por ano, o que permitiu que na última década fossem economizados mais de 5 bilhões de litros de petróleo. Além dos impactos ambientais, essa é uma atividade que também é muito importante para a economia. O Brasil é um país predominantemente rodoviário, 60% das cargas são movimentadas sobre pneus”.

Leia Também:  Deputado Nininho destaca primeiro modal ferroviário estadual do Brasil

O diretor da Associação das Empresas do Distrito Industrial (Aedic), Chico do Porto, explicou que por ano, são reformados mais de sete milhões de pneus de carga (ônibus e caminhões) e em torno de 50 milhões de veículos de passeio. “Esse é um trabalho muito importante, pois conseguimos aumentar o tempo de vida do pneu em até três vezes. É um alto impacto que isso causa”, destacou.

A secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, também acompanhou a visita. Ela ressaltou o avanço tecnológico utilizado pela indústria, que permite transformar resíduo em produto comercial. “Essa atividade retira resíduo do meio-ambiente, gera emprego, renda, tudo a partir da transformação”.

O setor de reforma de pneus movimenta a economia de forma sustentável. De acordo com o diretor da Buzetti Pneus, Luiz Buzetti, o setor gera cerca de 250 mil postos de trabalho diretos e indiretos. “Cerca de 68% das cargas em circulação no Brasil estão sob pneus”, ilustrou.

Redução de impactos

Para fabricar um pneu novo, de acordo com dados da ABR, são utilizados 79 litros de petróleo enquanto a recapagem utiliza apenas 29. “É um impacto muito grande em relação à redução de resíduos. Ficamos satisfeitos em vermos um representante do Governo ter vindo conhecer de perto esse setor”, finalizou o representante da Aedic.

COMENTE ABAIXO:

Economia

Reunião discute fortalecimento de políticas públicas para Cuiabá e Várzea Grande

Publicados

em

Por

JB NEWS

O presidente da Casa esteve no gabinete do prefeito de Várzea Grande na tarde de terça (21)
Situação econômica dos municípios e proposta de políticas públicas que beneficiem a população foram temas discutidos
O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná Filho (MDB), esteve no gabinete do prefeito de Várzea Grande (VG), Kalil Barakat (MDB), na tarde de terça-feira (21), para dialogar sobre pautas em comum entre as duas cidades. Durante a reunião, os emedebistas falaram sobre a situação econômica dos municípios e políticas públicas que beneficiem a população.
O presidente da Casa de Leis disse que as cidades têm pautas em comum e que os poderes Legislativos e Executivos devem estar unidos para discutir propostas voltadas ao desenvolvimento. “Passamos por meses muitos difíceis devido à pandemia do coronavírus, agora precisamos nos unir e construir políticas públicas em prol do povo cuiabano e várzea-grandense”, ressaltou.
Kalil agradeceu a visita do presidente e destacou a importância do trabalho integrado entre as duas cidades. “A reunião foi positiva, falamos sobre a elaboração de políticas integradas para que as cidades continuem avançando”, disse.
Também estiveram presentes o chefe de gabinete do presidente, Eliezer Junior Fernandes, o procurador geral da Câmara, André Luiz Andrade Pozetti e o ex-vereador e defensor público, Charles Caetano.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputado Nininho destaca primeiro modal ferroviário estadual do Brasil
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA