MEIO AMBIENTE

Em feira “movida” a sustentabilidade, catadoras orientam público sobre descarte consciente

Publicados

em

JB NEws

Em um ponto de coleta, elas recolhem materiais recicláveis e reutilizáveis, como óleo de cozinha e eletrônicos

As catadoras de material reciclável e reutilizável do Mato Grosso sustentável se unem aos empreendedores criativos da Feira Gaia em sua nova edição. Vai ser neste sábado (14), das 16h às 23h, no Espaço Garden Cuiabá.

No ponto de coleta montado especialmente para a ocasião, elas recolhem materiais descartáveis como óleo de cozinha, garrafas pet, embalagens tetrapack e eletrônicos, enquanto interagem com o público, orientando sobre novas atitudes que podem transformar lares.

E o que é mais importante, despertar uma consciência ambiental sobre a reciclagem e reutilização de matérias e resíduos, por meio desse projeto de orientação do público, chamado “Lixo: Dignidade e Cidadania”, que elas têm levado a diversos eventos da Baixada Cuiabana.

A artista visual e empreendedora cultural Adriana Milano, que organiza o evento ao lado da produtora de eventos Bruna Angelo, destaca que o trabalho dessas mulheres, vai de encontro com o conceito e a essência da feira, a sustentabilidade.

 

“Em contrapartida, ajudaremos essas mulheres com a doação de leite em caixinha, o item de alimentação que elas mais precisam. Pedimos aos visitantes que contribuam com a doação de 1 caixinha de leite como entrada para a Feira”.

Leia Também:  Cuiabá vence o Juventude por 2 a 1 fora de casa e se aproxima do G-6

Bruna destaca a relevância do projeto que tem mudado a vida dessas mulheres. “Elas buscam na reciclagem uma maneira de promover a inclusão social e renda para sustentarem suas famílias”.

Além das associadas da Asmats, somam à feira, empreendedores de diferentes segmentos: literatura, artesanato, moda, gastronomia e artistas da música e teatro, bem como, de representantes de ações sociais e de intervenção urbana, como o projeto Verde Novo. A propósito, o Verde Novo, capitaneado pelo paisagista Marcelo Pissurno, fará distribuição gratuita de mudas de plantas nativas.

Programação

O cerimonial do evento tem assinatura de Menotti Griggi. É ele quem anuncia a primeira atração do evento. Luccas Vallent, do Yoga na Chapada, realiza uma aula especial, às 16h.

Deste horário até às 23h, a feira é movimentada pelos negócios de 40 expositores que comercializam seus produtos. O evento conta ainda com a presença de terapeutas e coach, dentre outros profissionais dedicados à saúde física e mental.

Enquanto isso, no telão, serão exibidas séries de fotografias de Rai Reis. No segmento das artes visuais, haverá ainda, exposição com obras do artista plástico Zeilton Mattos. E tem arte na pele, também. A Tattoo Galery realiza um “flash tattoo”.

Leia Também:  “Estudo da UFMG mostra que todos os casos de desmatamento ilegal em MT foram autuados”, afirma governador

Durante o evento, o visitante poderá degustar ainda, comidinhas de boteco e vegana, preparadas por experientes cozinheiros.

Música e intervenções artísticas

Do início ao fim, apresentações musicais e performances artísticas agitam o evento. Confira a programação especialmente pensada para edição Espaço Garden da Feira Gaia:

16h as 20h – Sunset com o Dj Renato Milano com uma set list especial para a Gaia

18h a 19h – Intervenção Urbana com o Coma Fronteira e Spectrolab

19 às 21h – Noite de autógrafos e performance com a poetisa e escritora Luciene Carvalho, imortal da Academia Mato-grossense de Letras

19:30 h – Performance artística com Rodrigo Zaiden

20h as 22h- Show de Larissa Padilha com participação do Dj Chabô

Até o encerramento do evento, o palco estará aberto a colaborações.

Serviço:

Dia: 14/12 – sábado

Horário: das 16h às 23h

Local: Espaço Garden

Rua Salah Solamein Ayoub, n.300, Cachoeira da Garças / Coxipó (próximo à rotatória do bairro Jardim Imperial e antiga fábrica da Brahma/ hoje Heineken)


Lidiane Barros

COMENTE ABAIXO:

MEIO AMBIENTE

Equipes participam de movimento em prol do Rio Cuiabá

Publicados

em

Por

A ação faz parte do Programa Nacional Rios+Limpos, lançada oficialmente no Estado, em evento realizado no Distrito de Passagem da Conceição

Por: Kátia Passos

Equipes das Secretarias de Meio Ambiente – do Governo do Estado e Prefeitura de Várzea Grande – se uniram neste sábado (18), data em que se comemora o Dia Mundial da Limpeza, para fazerem a coleta de resíduos sólidos nas margens do Rio Cuiabá. A ação faz parte do Programa Nacional Rios+Limpos, lançado oficialmente no Estado, em evento realizado no Distrito de Passagem da Conceição, com a presença do Secretário Nacional do Ministério do Meio Ambiente, André França.

“Estamos neste sábado dando sequência a limpeza das margens do rio, que teve início na quinta-feira passada, com o lançamento do programa Rios+Limpos, onde durante a ação foram coletadas cerca de 2,3 toneladas de lixos, em um trabalho que envolveu equipes de educação ambiental das cidades de Cuiabá e Várzea Grande, além de moradores da localidade do distrito, pescadores e voluntários”, destacou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural e Sustentável, Célio dos Santos.

De acordo com o gestor, equipes de diversas pastas que integram a Secretaria de Meio Ambiente, desenvolvem esse trabalho de forma contínua, uma vez que a atividade faz parte do núcleo de trabalho da nossa pasta, porém nestas datas comemorativas, as ações se tornam mais intensas e envolvem um número maior de pessoas, preocupadas com a preservação ambiental. “Hoje, em todo o mundo está acontecendo uma mobilização em favor ao meio ambiente, envolvendo mais de 180 países e mais de 50 milhões de pessoas estarão realizando a limpeza dos rios de áreas urbanas, córregos e nascentes. Várzea Grande também está envolvida neste movimento em prol da preservação do meio ambiente”.

Leia Também:  Governo de MT, Judiciário e MP avançam em solução conjunta para Baía de Chacororé

A presidente da Associação de Catadores de Material Reciclável e Reutilizável (Asmats), Maria Aparecida do Nascimento, destacou a importância da preservação dos rios e do meio ambiente, e da cultura da coleta seletiva do lixo, ações que devem ser praticadas por toda a população. “Nós da associação temos essa preocupação e colocamos em prática essa ação todos os dias, uma vez que o nosso trabalho é justamente o de tirar da rua tudo aquilo que pode ser reciclado, dando uma destinação para cada produto, que para muitos são considerados lixo”, destacou. Ela disse ainda que a associação tem participado de todos os movimentos em prol do meio ambiente.

O vereador Joaquim Antunes, morador da região da Alameda Júlio Muller, também participou da mobilização nas margens do Rio Cuiabá. “É importante participar de uma ação que promove a cultura de uma educação ambiental, e a melhoria na qualidade de vida da população. O Rio Cuiabá é importante para a nossa sobrevivência por isso é imprescindível que ações como essa sejam realizadas de forma constante e consciente.  Todos nós temos que fazer a nossa parte, só assim vamos preservar esse bem natural que é de todos e faz parte da história de nossa cidade”.

Leia Também:  ALMT promulga lei que endurece penalidades para pesca predatória

Um grupo de caiaqueiros desceu o Rio Cuiabá para fazer a coleta de lixos nos trechos mais complicados, além disso, barcos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, também percorreram uma extensão do rio para a identificação de descarte de esgoto nas margens do Rio.

Já artistas que trabalham na arte de pintura estarão realizando em vários córregos e bueiros da cidade artes com imagens que representam a natureza e o meio ambiente.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA