Política Nacional

Dr. Leonardo emplaca terceira Audiência Pública na CPMI das Fake News

Publicados

em

A CPI Mista das Fake News tem audiência
pública nesta terça-feira (03.12) com a presença de jornalistas investigativos e representantes de entidades profissionais. Essa será a terceira iniciativa do deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) acatada por parlamentares de todo o Brasil.

Os debatedores convidados são de veículos
de imprensa voltados para o trabalho de desmentir as notícias falsas publicadas na internet. Serão ouvidos: representante da Agência Lupa, Natália Levien Leal; a diretora-executiva do portal “Aos Fatos”, Nalon Xavier; representante do serviço “Fato ou Fake”,
do portal G1, Thiago Reis.

Além disso, a convite das deputadas Luizianne
Lins (PT-CE) e Lídice da Mata (PSB-BA), relatora da CPI Mista, participam da Audiência o representante da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Arnaldo Cesar Ricci Jacob; e o vice-presidente da Regional Centro-Oeste da Federação Nacional dos Jornalistas
(Fenaj), Gésio Passos.

Os requerimentos do parlamentar de Mato
Grosso visam discutir uma medida prática já adotada pelos veículos de comunicação contra a repercussão das notícias falsas: o “Fact Checking”, uma checagem de fatos, histórias, dados, pesquisas e registros.

Leia Também:  A importância do seo local da sua empresa

“Diante de tantas informações contestáveis
que circulam na internet, os instrumentos de prestação de contas são elementos essenciais tanto para o controle social quanto para a checagem das notícias envolvendo a vida política e administrativa dos poderes constituídos. Trata-se de um método jornalístico
por meio do qual é possível certificar se a informação apurada foi obtida por meio de fontes confiáveis e, então, avaliar se é verdadeira ou falsa, se é sustentável ou não”, justificou Dr. Leonardo.

Segundo a relatora Lídice da Mata, é necessário
fazer um mapeamento tanto da criação das publicações falsas, como das melhores formas de elas serem desmontadas.

Ao todo, o deputado federal Dr. Leonardo
já aprovou 10 requerimentos na Comissão que está discutindo o assédio e a incitação a outras práticas prejudiciais na internet, bem como formas para combatê-las. Entre os objetos de avaliação da comissão também estão medidas contra as notícias falsas e a apuração
de campanhas de desinformação nas eleições de 2018.

Hora e local –
A audiência será às 13 horas, no
plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado.

Leia Também:  Com TCU, Wellington cobra ‘cultura de planejamento’ e ataca obras inacabadas 

Jardel P. Arruda

COMENTE ABAIXO:

Nacional

PSDB, DEM, PV, Cidadania e Podemos se reúnem e decidem não apoiar Bolsonaro nem Lula em 2022

Publicados

em

Por

JB News
Da Redação

Os presidentes dos partidos, PSDB, DEM, PV, Cidadania  Podemos se reuniram nesta quarta-feira (16.06), em Brasília (DF), para discutir uma candidatura de centro para a eleição presidencial de 2022, a chamada terceira via.
Segundo fontes, os lideres partidários querem buscar e construir novos nomes que possam debater os problemas do Brasil, sem a polarização de direita ou esquerda.
Para as lideranças, esse debate desfoca dos verdadeiros problemas que  existem no país e jogam para debaixo do tapete, as múltiplas maneiras de organizar, além de empobrecer o debate.
Também participaram do almoço, na casa do advogado Fabrício Medeiros, em Brasília, os representantes do MDB e do SD.
Ao final do encontro, os dirigentes indicaram que houve um consenso e as legendas não vão apoiar nem a candidatura do presidente Jair Bolsonaro nem a do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
O anúncio foi feito pelo pelo presidente do PSDB, Bruno Araújo e pelo presidente do Cidadania, Roberto Freire.
Para os líderes existe um número de brasileiros que se posiciona hoje para uma nova alternativa, que é maior do que o apoio a Lula ou Bolsonaro.
A reunião durou pouco mais de duas horas e transcorreu sem debates sobre os nomes possíveis para construir a a chamada terceira via.
As informações são de Paulo Cappelli, também foram divulgadas pelo O Globo.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Volta às aulas em Mato tem plataforma de ensino online
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA