COVID-19

Cuiabá recebe Coronavac apenas para lactantes e segunda dose dos atrasados; sem imunizantes, capital não poderá vacinar demais grupos a partir desta quarta

Publicados

em

Pessoas que estavam agendadas para o recebimento da primeira dose devem aguardar a retomada das atividades

ROBERTA PENHA

Davi Valle

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá informa:

-Cuiabá recebeu Coronavac apenas para lactantes e segunda dose dos atrasados; sem imunizantes, a capital do Estado não poderá vacinar demais grupos a partir desta quarta (22);

– Diante desse cenário, apenas as lactantes poderão ser vacinadas a partir de 22 de junho e as pessoas com agenda para segunda dose de Coronavac, e segunda dose de Astrazeneca;

– Com exceção do polo Senai Porto, todos os outros quatro polos de vacinação (Sesi Papa, estacionamentos da Assembleia Legislativa e Universidade Federal de Mato Grosso e o Sesc Balneário) estarão com as atividades suspensas a partir desta quarta-feira (22), devido à falta de vacinas para aplicação da primeira dose.

-As pessoas que estavam agendadas para o recebimento da primeira dose devem aguardar a retomada das atividades e verificar o agendamento no site www.vacina.cuiaba.mt.gov.br

Entenda a distribuição de imunizantes pelo Governo Federal:

Leia Também:  Virginia Mendes apresenta ações e programas sociais do Governo para prefeitas e primeiras-damas

– No último sábado (19) Cuiabá recebeu uma remessa com vacinas da Pfizer e da Coronavac, mas em número insuficiente para manutenção dos cinco polos.

-Na última remessa, a capital de Mato Grosso recebeu pouco mais de 4500 doses de Pfizer para primeira aplicação e mais de 6800 de Coronavac.  Desse quantitativo, parte é destinada à segunda dose das pessoas que estão com o esquema vacinal atrasado. Já o restante está reservada para dose 1 e dose 2 de lactantes.

-A destinação das vacinas segue o Plano Nacional de Imunização. Somente o Governo Federal pode adquirir vacinas. Após a aquisição, as doses são destinadas ao Governo do Estado e o quantitativo é debatido pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT). O colegiado de saúde define então, como será feita a distribuição aos municípios.

– A coordenação da campanha informa que as doses de Astrazeneca para aplicação de segunda dose estão armazenadas. Válido lembrar que a destinação das vacinas já vem especificadas se serão destinadas à aplicação de 1º ou 2ª dose.

Leia Também:  Cuiabá avança na mobilidade urbana na gestão Emanuel Pinheiro e ganhará novas avenidas em diferentes regiões
COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Vacinação da ALMT já imunizou mais de 200 mil pessoas: “Atuação do Parlamento faz a diferença”, diz Russi

Publicados

em

Por

JB News

Legislativo abriu 5 polos de vacina, sendo 3 na baixada cuiabana, 1 em Rondonópolis e 1 em Tangará da Serra.

Mato Grosso já vacinou mais de 40% de sua população, contra a Covid-19, conforme os últimos dados do consórcio de veículos de imprensa. No total já foram aplicadas 3.823.526 doses de vacinas, de acordo com levantamento da Secretaria de Estado de Saúde. Dessas, 239.756 pessoas foram imunizadas nos cinco postos de vacinação, instalados pela Assembleia Legislativa em Cuiabá, Várzea Grande, Tangará da Serra e Rondonópolis. “Esses pontos de vacinação estão sendo essenciais para acelerarmos esses processo de imunização e diminuir o número de óbitos em nosso Estado. Uma ação, que teve a participação de todos os deputados”, avalia o presidente do Legislativo, deputado Max Russi (PSB).

O parlamentar foi um dos entusiastas e um dos principais articuladores para a implantação e ampliação de novos postos de vacinação em MT, na parceria entre Assembleia, prefeituras e parceiros.

“São recursos da Assembleia, que contribui com estrutura, servidores e servidores, dando condições de trabalhar e prestar esse serviço para a população”, complementou.

Leia Também:  Max Russi homenageia vítimas de Covid e reforça atuação em Jaciara: 17 mi já foram destinados

No caso do polo de vacinação da Assembleia Legislativa, segundo o quantitativo da Supervisão de Saúde e Qualidade de Vida (SGP), já foram aplicadas 91.921 doses de imunizantes, até o dia 13 deste mês. No de Rondonópolis foram 71.646, Tangará da Serra 40.000 e Várzea Grande 36.189, somados os dois polos da baixada.

De acordo com a gerente de Saúde e Assistência do Legislativo, Ivana Mara Mattos, a vacinação segue normalmente, atendendo a todos os protocolos preconizados pelas autoridades de Saúde e conforme a chegada de mais vacinas.

“Já estamos vacinando, aqui na Assembleia, adolescentes de 12 a 17 anos. Além disso, a terceira dose já está disponível par a faixa etária de 70 anos e profissionais da Saúde. Isso tudo de acordo com a chegada de vacinas”, esclareceu.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA