Economia

Assessor econômico afirma que cada vez mais torna-se necessário as pessoas buscarem sua própria independência financeira, sem depender da previdência social

Publicados

em

JB NEWS

POR JOTA DE SÁ

 

São Paulo (SP)-  O Assessor de investimentos Fábio Martins afirma que retirar o IR dos proventos dos fundos imobiliários da nova reforma tributária seria uma medida assertiva deste governo, uma vez que esse tipo de instrumento fomenta o setor tão carente no Brasil.
O governo federal entregou para o congresso nacional no último mês a 2ª etapa da proposta da Reforma Tributária. O Projeto de Lei trata da reforma de Imposto de Renda para Pessoas Físicas, para Empresas e investimentos.
Segundo o governo, a mudança trará menos custos, além do fim de privilégios sem reduzir a arrecadação.
Na primeira etapa da reforma o governo previu a reformulação da tributação sobre o consumo, com a criação de Bens e serviços (CBS), que substitui o PIS E CONFINS.
Outra parte da proposta que foi retirada do texto é a tributação dos ativos de RF (Renda Fixa), inicialmente equalizar tudo em 15% e agora manter a atual tabela regressiva, que começa com 22, 5%, e após dois anos chega a cair até 15%.
Quanto a parte da tributação das empresas em reduzir a alíquota do IR de 15% para 10% pode ser benéfico as “small caps” empresas em fase de crescimento.

Leia Também:  Fávaro pede que projeto que autoriza aviação agrícola contra incêndios seja votado na Câmara

Para o Fábio, reduzir esta alíquota favorece essas empresas deste porte. Pois teriam mais recursos para investir na própria empresa e alavancar seus negócios.
Por outro lado, a proposta considera taxar dividendos das empresas, com isso as empresas pagadoras de dividendos poderão ter um “ajuste” no seu valor de mercado, principalmente as empresas ligas ao setor financeiro e elétricas.
Visando o cenário futuro, o Assessor afirma que cada vez mais torna-se necessário as pessoas buscarem sua própria independência financeira, sem depender da previdência social:
“A população do Brasil tem envelhecido cada vez mais, neste sentido a previdência social tende a gerar mais gastos e menos receita”
Para o Assessor é um erro a população acreditar que o governo pode ser uma fonte de renda suficiente para manter o mesmo padrão de vida quando se aposentarem. Mais do que nunca é o momento das pessoas começarem a entender a necessidade de investir parte de seus recursos de forma mais organizada dentro de um planejamento de vida.
“Meu objetivo, como Assessor, e ajudar as pessoas com educação financeira para que elas consigam conquistar seus sonhos. As pessoas têm seu próprio negócio ou trabalho e este deve ser seu principal fator de renda e ganhos, porém com disciplina e sem pressa pode começar a dedicar parte destes recursos na construção de um portfólio de investimentos o que passa a ser imprescindível para ter uma aposentadoria mais tranquila, nunca é tarde para começar”.Diz.

COMENTE ABAIXO:

Economia

Indústria de painéis fotovoltaicos pode ser instalada em VG

Publicados

em

Por

Indústria de painéis fotovoltaicos pode ser instalada em VG com apoio da CDL VG e da Prefeitura do município

JB News

Por Stephanie Romero

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Várzea Grande (CDL VG), David Pintor se reuniu nesta segunda-feira (02), com o secretário de desenvolvimento econômico, da Prefeitura de Várzea Grande, Ricardo Azevedo Araújo e com o empresário Wilson Quinteiro, representante da Balvar Solar.

A empresa fundada em 1964, localizada na cidade de Paranavaí, na região noroeste do Estado do Paraná, é pioneira na fabricação de Painéis Solares, Eletrobox e Estruturas de Fixação, e conta  com portfólio completo de produtos e acessórios para instalação do sistema gerador fotovoltaico residenciais e comerciais.

“O intuito é construir uma filial da indústria em Várzea Grande. Por isso a CDL apoia a vinda deste novo empreendimento para o município, que consequentemente ajuda na geração de emprego, renda e fortalecimento da economia da cidade”, afirma David.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mutirão da Conciliação Fiscal’ termina nesta sexta-feira em Cuiabá
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA