CULTURA

Cine Teatro Cuiabá retoma sessões presenciais de filmes

Publicados

em

Programação de cinema com presença de público retorna nesta terça-feira (06.07), às 19h30

Cida Rodrigues | Secel-MT

Cena do filme Pacarrete que será exibido na programação de julho – Foto por: Divulgação

O Cine Teatro Cuiabá retoma, neste mês, as sessões exclusivamente presenciais da Temporada de Filmes. Exibindo filmes habitualmente fora do circuito comercial, a programação com presença de público retorna nesta terça-feira (06.07), às 19h30, com medidas distanciamento social e todos os demais protocolos de prevenção à covid-19.

Na reestreia presencial, os amantes da sétima arte poderão assistir ao longa-metragem “Alvorada”, de Anna Muylaert & Lô Politi. Lançado em 2021, o filme mostra o cotidiano de Dilma Rousseff no Palácio da Alvorada durante o desenrolar do processo de impeachment que a tirou do poder.

A programação de julho traz também outros filmes recentes do catálogo da distribuidora Vitrine Filmes, ainda inéditos em Cuiabá.

Compõe ainda a agenda de retomada presencial a produção audiovisual mato-grossense “Missivas”, de Caroline Araújo & Maurício Pinto, que será exibida no dia 13 de julho. O documentário investiga a trajetória da militante Jane Vanini, destacando a relação construída entre ela e sua família por meio de cartas enviadas quando Jane estava no exilio (1972-74), registrando no processo parte da memória mato-grossense neste período da história do Brasil. Na ocasião, os realizadores estarão presentes para conversa com participantes da sessão.

Leia Também:  Projeto incentiva jovens a praticarem ciclismo para competição

As sessões da Temporada de Filmes ocorrem sempre às terças-feiras, às 19h30 e os ingressos custam R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia), cobrados como taxa de manutenção dos equipamentos.

Para a diretora administrativa do Cine Teatro Cuiabá, Flávia Taques, a programação de filmes busca valorizar e divulgar a sétima arte, exibindo projetos cinematográficos que trazem o melhor do cinema a preços acessíveis para a população.

“O objetivo é formar plateias para filmes do circuito alternativo e independente, atingindo públicos que não têm sido contemplados pelas salas de cinema dos shoppings”, explica.

Confira a programação de julho:

06/07: Alvorada (Direção: Anna Muylaert& Lô Politi. Brasil, 2021, 90’, classificação 10 anos)

13/07: Missivas (Direção: Maurício Pinto & Caroline Araújo. Brasil. 2020, 52’, classificação 12 anos)

20/07: Pacarrete (Direção: Allan Deberton. Brasil, 2019, 97’, classificação 14 anos)

27/07: Todos os mortos (Direção: Caetano Gotardo & Marco Dutra. Brasil/França, 2020, 120’, classificação 16 anos)

A partir das 19h30 é permitido estacionar em frente ao Cine Teatro Cuiabá. A programação presencial pode sofrer cancelamentos caso haja restrições em razão da pandemia. Mais informações podem ser conferidas no link facebook.com/cineteatrocuiaba.

Leia Também:  Hoje é o último dia da Festa de Nossa Senhora Desatadora dos Nós; Governador e primeira-dama de Mato Grosso são rei e rainha

O Cine Teatro Cuiabá

Fachada Cine Teatro
Créditos: Mayke Toscano | GCOM-MT

Inaugurado há 79 anos, no dia 23 de maio de 1942, o Cine Teatro Cuiabá exibiu pela primeira vez um filme sonoro na capital. Na sessão de estreia, o público assistiu a produção da Warner Bros “A noiva caiu do céu”, estrelada por Bette Davis e James Cagney.

Com gestão compartilhada da Associação Cultural Cena Onze, o equipamento da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) continua promovendo uma intensa programação cultural, que inclui sessões de cinema, espetáculos de diferentes linguagens artísticas, capacitações e outros eventos. E, depois de mais de um ano funcionando de forma online devido à pandemia, o espaço retoma aos poucos suas atividades presenciais em 2021.

Atualmente, o aparelho cultural abriga ainda a MT Escola de Teatro, que oferece o curso superior de Tecnologia em Teatro.

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

Vereadora entrega moção de aplausos ao grupo Flor Ribeirinha

Publicados

em

Por

A parlamentar foi recepcionada pela fundadora do grupo e conheceu o espaço onde acontece os ensaios de dança e o ateliê de costura
Com objetivo de reconhecer e valorizar ações que exaltam a cultura cuiabana, a vereadora Maria Avalone (PSDB) entregou na terça-feira (14) uma moção de aplausos ao grupo Flor Ribeirinha.
A parlamentar foi recepcionada pela fundadora do grupo, Domingas Leonor da Silva, e conheceu o espaço onde acontece os ensaios de dança e o ateliê de costura, onde são feitos os figurinos do grupo e também ocorre oficina de costura.
Domingas destacou a alegria em receber a homenagem da Câmara Municipal. Ela comentou que a Associação Flor Ribeirinha existe há mais de 27 anos e trabalha no resgate e difusão da cultura cuiabana, principalmente do Siriri e Cururu.
“Eu me sinto muito feliz, em nome do Flor Ribeirinha, da nossa comunidade, eu quero agradecer a vereadora e a Câmara por esta homenagem”, comentou Domingas.
A parlamentar destacou a importância de reconhecer os projetos que preservem e valorizem a cultura regional.
“O intuito de realizar essa homenagem é o valor cultural que eles representam ao nosso país, estado e município, e também pelas conquistas, já que nos últimos anos venceram festivais internacionais levando para o conhecimento de todo o mundo a nossa rica cultura”, destacou a vereadora.
Homenagem – Na tarde de terça, a vereadora também entregou uma moção de aplausos a  Maria Telma de Mello Albuquerque Melli. A entrega aconteceu no gabinete da parlamentar.
Maria Thelma é  integrante do grupo feminino de motociclistas “Club Onças MT”, que realiza diversas ações sociais nas comunidades carentes da capital. “Que suas atitudes sirvam de exemplo para as futuras gerações, pois é uma mulher de coração nobre, excelente profissional, mãe e esposa dedicada”, disse a vereadora.

Veja o vídeo 👇

Leia Também:  AL e Aprosoja firmam termo de fomento para doação de cestas básicas: Max Russi celebra parceria

 

 Ela fotos 👇
https://flic.kr/s/aHsmWEbmr9
Fotos Relacionadas
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA