Destaque

Casal é flagrado fazendo sexo em terreno baldio aberto

Publicados

em

Segundo informações o casal trabalha em  uma empresa “multinacional” no ramo de carnes

JB News

Por Alisson Gonçalves

O caso aconteceu no domingo dia(23), e de acordo com as informações a mulher também seria uma funcionária da empresa.

O casal foi flagrada por popular que estava na mata no momento em que tudo acontecia .

Diante do galera, o flagrante foi gravado e o vídeo está circulando nas redes sociais.

Mesmo com o vídeo rodando nas redes sociais, nenhuma boletim de ocorrência foi registrado sobre o caso.

Conforme  artigo 233 do Código Penal Brasileiro, praticar ato obsceno – o que inclui sexo – em lugares públicos é crime, com pena prevista de três meses a um ano de detenção, ou multa.

O vídeo foi compartilhado no programa MT acontece na TV cidade Verde.

Veja o vídeo:👇

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governador vai encaminhar à AL projeto de lei para autorizar pagamento de plantonistas afastados por Covid

Destaque

MPF pede arquivamento das investigações em desfavor de Fernando Gabriel Padilha, cunhado do ex-secretário chefe da casa civil Mauro Carvalho

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

O Ministério Público Federal (MPF), pediu o arquivamento das investigações em desfavor de Fernando Gabriel Padilha de Borbon Neves, cunhado do ex-secretário chefe da casa civil Mauro Carvalho.

Fernando estava sendo investigado, depois de ter feitos transações bancárias ao lobista Rowles Magalhães, que foi preso na operação descobrimento da Polícia Federal (PF), envolvidos com o tráfico de drogas internacional.

A princípio a investigação contra Fernando era para saber se ele estaria envolvido, com o tráfico de drogas, que movimentaria cerca R$ 100 milhões de reais, segundo a PF.

Porém após Fernando mostrar que o valor do dinheiro transferido a Rowles Magalhães, era apenas empréstimo sem saber de relação alguma do lobista com o tráfico de drogas. Na compravação a polícia federal conseguiu apurar que todo dinheiro emprestado era declarado.

Fernando foi investigado por 30 dias e colaborou com as investigações, provando sua conduta como profissional sendo advogado e também sua conduta honesta pessoal.

Veja a decisão:👇

Denúncia

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo pede autorização da AL para viabilizar troca de contratos do VLT por BRT
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA