Nova realidade

Capacitação de mulheres indígenas em mercado digital está com inscrições abertas

Publicados

em

JB News

Objetivo é dar alternativas de renda para mulheres indígenas.

A pandemia intensificou a necessidade das empresas atuarem no mercado on-line e nas plataformas digitais. Para atender a necessidade de enfrentamento das empreendedoras indígenas desta nova realidade, está se consolidando o projeto Iakadu.
O Iakadu surgiu do pensamento coletivo de mulheres que estavam presentes na Roda Conversa de Mulheres Indígenas de Mato Grosso, no Sebrae-MT. A roda de conversa teve o objetivo abordar alternativas de renda para mulheres indígenas, o tema central foi a economia criativa e desenvolvimento local.

O projeto apoiado pela Lei Aldir Blank, no edital MT Criativo, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Secel), vai criar uma loja on-line, site informativo e proporcionar treinamentos e consultorias às mulheres indígenas de etnias no Estado.
Para uma das autoras do projeto, professora doutora, Isabel Taukane, o Iakadu visa empoderar as mulheres indígenas. “Vamos capacitar, treinar e orientar as empreendedoras indígenas para o mercado. E a loja on-line do Iakadu vai vender as mercadorias sem intermediários, proporcionando mais oportunidades para empreendedoras em suas negociações”, explicou Isabel Taukane, que é da etnia Bakairi.
A professora Ana Elisa Lucialdo, que é doutoranda em economia criativa na UFMT, enfatiza que o projeto tem a finalidade de proporcionar melhor entendimento de linguagens mercadológicas, principalmente digital, e eliminar os atravessadores. “O Iakadu vai ofertar produtos e serviços adequados para clientes e consumidores entendendo principalmente o contexto do comércio digital”, relatou ela.
Os treinamentos já estão com as inscrições abertas e serão direcionados às mulheres indígenas de Mato Grosso. A capacitação será realizada em quatro módulos, direcionados para as temáticas da comunicação: Inteligência emocional, Marketing digital e negócio, Liderança e Vendas.

Leia Também:  Deputado Nininho destaca primeiro modal ferroviário estadual do Brasil

Serviço
Treinamento para mulheres indígenas
Evento Gratuito.
Inscrições: 10 à 20 de fevereiro
Divulgação do resultado: 22 de fevereiro de 2021.
Interessadas devem preencher formulário no endereço: https://forms.gle/6Nj8TYyMSGB2PW5c8.
Mais Informações: telefones 65- 98161 0707; 65-99942-7486 e 65- 99272-2024

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA