Geral

Campanha da Fraternidade 2020 será lançada nesta terça-feira em Mato Grosso

Publicados

em

34º VINDE E VEDE

Campanha da Fraternidade 2020 será lançada nesta terça-feira (25), em Mato Grosso

 

Em defesa do combate à violência e à intolerância, tão presentes no cotidiano do País, a Campanha da Fraternidade 2020 incentiva todos os cidadãos a exercitar a empatia e desenvolver a capacidade de cuidar do próximo. Sob o tema “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso” e o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, a campanha será lançada oficialmente em Mato Grosso nesta terça-feira, 25 de fevereiro, durante o encerramento do 34º Vinde e Vede.

O lançamento ocorreu no Memorial João Paulo II, em Cuiabá, que iniciou as 19h30, durante a Missa que foi presidida pelo Arcebispo de Cuiabá, Dom Milton Santos.

 

Lançada no mesmo período de início da Quaresma, a Campanha da Fraternidade já propôs a reflexão sobre realidades próximas dos brasileiros, como família, políticas públicas, saúde, trabalho, educação, moradia e violência. Em 2020, ela convida não apenas os cristãos, mas toda a população, a olhar de modo mais atento e detalhado para a vida, por meio de relações de mútuo cuidado entre as pessoas, dentro de casa, na comunidade próxima e no mundo.

 

“Infelizmente, estamos vendo muitos casos de abandono, de racismo, homofobia, violência contra mulher, bullying, depressão, suicídios. São muitas pessoas em sofrimento. Nós, enquanto cidadãos, podemos cuidar mais de quem está próximo de nós, acolher, dar um abraço, atender as necessidades, inclusive materiais. Precisamos agir”, afirma o Arcebispo Dom Milton Santos.

Leia Também:  Mostra Internacional de Teatro Infantil está de volta em outubro

 

Dom Milton explica que os verbos de ação que irão conduzir a campanha – ver, sentir compaixão e cuidar – fazem referência à clássica parábola do bom samaritano, que será representada pela imagem de Santa Dulce dos Pobres, o “Anjo Bom da Bahia”, recém-canonizada pela Igreja Católica. “É importante que as pessoas entendam que sentir pena é diferente de se compadecer, de se colocar no lugar do outro. Quando você exercita a empatia, você age tendo em mente aquilo que você gostaria que as pessoas fizessem por você”, avalia.

 

Segundo o Arcebispo, a Santa Dulce dos Pobres foi escolhida como imagem representativa da campanha de 2020 por ela ter sido um dos maiores exemplos de benemerência da contemporaneidade. Ela viveu entre 1914 e 1992, promovendo, desde a adolescência, ações humanitárias que ganharam repercussão pelo mundo.

 

A Campanha da Fraternidade segue até a última semana de novembro, em que os cristãos são convidados a colocar em prática o tema proposto em 2020. Ao longo do ano, as paróquias também recebem doações dos fiéis, que são destinadas ao apoio de projetos sociais da comunidade diocesana.

Leia Também:  Maus hábitos alimentares e sedentarismo levam à obesidade

 

A Campanha da Fraternidade surgiu durante o desenvolvimento do Concílio Vaticano II (1962-1965). A cada ano, desde 1964, a Igreja no Brasil propõe a todos os cristãos, a Campanha da Fraternidade (CF). Essa campanha desenvolveu-se mais intensamente durante a Quaresma, mas aos poucos, seu tema foi sendo refletido e engajado dentro da vida da Igreja durante todo o ano.

“É sempre um tema bem concreto através do qual, somos convidados a reconsiderar e, sobretudo, nossas atitudes para com o próximo, dando dimensão concreta à nossa conversão pessoal e à de nossas comunidades de Igreja” acrescenta o Arcebispo.

A Quaresma é o período de 40 dias entre a Quarta-feira de cinzas – logo após o Carnaval – e a Semana Santa (que se inicia com o Domingo de Ramos). Durante a Quaresma, a Igreja e todos os cristãos preparam-se para a Páscoa. A Páscoa é a festa anual dos Cristãos para celebrar a Ressurreição de Cristo.

Cartazes, desenhos, músicas, texto-base, textos voltados para cada pastoral, vídeos. Várias são as formas que a Campanha da Fraternidade pode ser trabalhada nas comunidades, sendo debatida e refletida pela comunidade.

Texto e fotos: Rafaela Maximiano

COMENTE ABAIXO:

Geral

Concerto traz clássicos pop dos anos 70 e 80

Publicados

em

Por

Músicas inesquecíveis serão apresentadas pelo Instituto Flauta Mágicas no Cine Teatro Cuiabá

Os fãs do som dos anos 1970 e 1980 já podem guardar na agenda um espaço para curtir uma programação musical para lá de especial. O Instituto Cultural Flauta Mágica apresenta o Flauta Mágica: In Pop Concert, no próximo dia 16 no Cine Teatro Cuiabá às 20h. Um concerto que leva ao público sucessos nacionais e internacionais, daqueles onde se canta a música junto com os artistas.

Bohemian Rhapsody (Queen), Another Brick in the Wall (Pink Floyd), Stairway to Heaven (Led Zeppelin), Tempos Modernos (Lulu Santos) e Madalena (Ivan Lins) são alguns dos clássicos do repertório que conta com aproximadamente 15 peças. A composição da orquestra conta o grupo de flautas, coral juvenil e infantil e banda de apoio com os professores.

O projeto de balé também estará presente abrilhantando ainda mais algumas performances, assim como as participações especiais dos cantores Luth Peixoto, Akani Iizuka e do professor Valdeci Sobrinho.

Leia Também:  Maus hábitos alimentares e sedentarismo levam à obesidade

O maestro Gilberto Mendes, diretor do Instituto Flauta Mágica, conta que este era um projeto que estava sendo montado para ser estreado nos Estados Unidos. “Estivemos lá em 2018 e fomos muito bem recebidos. Na época levamos apenas músicas brasileiras, em especial a bossa nova. Dessa vez, íamos levar a linguagem deles também. Estava tudo pronto, então veio a pandemia e tivemos que adiar a viagem. Mas estamos muito felizes neste momento, estreando o show aqui em nossa terra primeiro”, explica.

Gilberto confessa que foi um dos principais influenciadores sobre a ideia de um concerto pop anos 70 e 80. “Sou fã desta época, vivi ela, e tenho certeza que muitas pessoas vão se identificar, inclusive os jovens de hoje. É uma forma que temos de mostrar músicas que fizeram história a partir de uma releitura. O espetáculo está lindo”, afirma.

Serviço

Flauta Mágica: In Pop Concert acontece no dia 16 de outubro às 20h no Cine Teatro Cuiabá.

Valor do ingresso: R$ 30,00. Podem ser adquiridos no Instituto Flauta Mágicos em horário comercial (8h às 11h30 e 14h às 18h30).

Leia Também:  Cata-treco evita que pelo menos 5 toneladas de lixo por dia sejam descartadas de forma irregular em Cuiabá

Mais informações: (65) 3641-6038 / (65) 99973-0076

Sobre o Flauta Mágica:

Organização sem fins lucrativos fundada em 1998 que ensina balé, canto e instrumentos para comunidades da periferia de Cuiabá (MT). A instituição realiza sonhos e gera oportunidade de emprego e renda a milhares de pessoas. Atualmente, são atendidos aproximadamente 500 alunos oriundos do bairro Jardim Vitória e proximidades com idades entre 4 a 40 anos.

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA