Entretenimento

Brasileira expõe sua  arte VIVA, na semana mais badalada de arte do mundo “Art Basel”

Publicados

em

 

 

JB News

Por Ana Barros

Obras elogiadas em Miami e um convite pra lá de especial, participar da feira “Art Basel, esse é o saldo do mês de novembro e início de dezembro da artista plástica brasileira, Flavia Carvalho Jackson que vem encantando  colecionadores e amantes da arte nos Estados Unidos , com suas obras de cores e vivas e alegres, bem ao estilo brasileiro.

Considerada uma das maiores feiras de arte das Américas e também uma das mais badaladas do mundo, está de volta neste ano após ficar suspensa de forma presencial em 2020 devido à pandemia de Covid-19. O evento  que teve início no dia 01 vai até  5 de dezembro, recebe artistas com   obras  contemporâneas de renomados e emergentes artistas. A Art Basel Miami, propõe atividades no Centro de Convenções de Miami e tem como objetivo a  valorização da arte e de artistas de todo o mundo. O evento marca a volta do turismo brasileiro à cidade com o fim das restrições de entrada nas fronteiras americanas. As exposições no Centro de Convenções de Miami  têm trabalhos de 253 galerias, de 36 países e territórios diferentes.

Em um espaço destinado à apresentação individual de artistas emergentes,  Flavia  apresenta sua arte, criada com  sua inspiração, utilizando cores, linhas e superfícies para produzir a realidade da obra.

Flávia destaca que a oportunidade  foi uma grande surpresa que a deixou muito feliz e contente, pois ser convidada para participar, foi um grande presente. A artista comemora o fato de ser presenteada com a participação dessa feira que é um must para o público artístico em tão pouco tempo, já que ela começou a exercer a vocação artística de forma profissional há menos de um ano.


“O nosso país é lindo! E cada lugar que pude conhecer no Brasil me deixou uma marca muito forte, e hoje posso expressá-la na minha arte! Que essas cores e formas possam trazer leveza e alegria por onde elas passarem”, frisou Flávia.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Gefron apreende 67 kg de cocaína e recupera veículos roubados em região de fronteira

CULTURA

Biografia em 1 Minuto’ homenageia artistas mato-grossenses

Publicados

em

Por

 

Com o objetivo de preservar a memória dos artistas mato-grossenses, a  Associação Cultural Cena Onze e a MT Escola de Teatro lançaram o projeto Biografia em 1 Minuto, uma pesquisa sobre a história das pessoas que abriram caminho e fixaram na memória do povo a importância da cultura de Mato Grosso. As biografias poderão ser acompanhadas durante todo o ano de 2022, sendo o primeiro homenageado o artista plástico Adir Sodré.

De acordo com o diretor artístico da Associação Cultural Cena Onze, Flávio Ferreira, foi a partir do momento em que percebeu-se que a memória dos precursores da cultura local estava se perdendo, que surgiu a necessidade da pesquisa histórica.

“São pessoas importantíssimas, que abriram os caminhos e investiram na cultura e na arte local. Então, entendemos que essas pessoas têm ficado esquecidas, depois de suas mortes, ninguém mais lembra que ela esteve por aqui, quais foram as contribuições deixadas para Mato Grosso”, pontua Flávio.

Para o Coordenador Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Teatro da MT Escola de Teatro (Unemat), Agnaldo Rodrigues da Silva, homenagear os artistas mato-grossenses é reconhecer o legado que eles deixaram. “O que, sem dúvida, abriu caminho para muitos outros que vieram depois. Essas personalidades são ícones da nossa cultura, da nossa história, da nossa memória e da nossa identidade. Por isso, é preciso dar fôlego a projetos como este, que demonstram a nossa riqueza cultural e literária. E reconhecer que no nosso estado há pessoas que fizeram e que fazem cultura”, salienta ele.

Leia Também:  A indisponibilidade de bens na nova LIA

Escolhido para abrir os tributos, o pintor e desenhista rondonopolitano, Adir Sodré, destacava suas obras pelo colorido exuberante e pela  temática social de caráter irreverente. Vítima de um infarto ocorrido em agosto de 2020, suas pinturas colorem e embelezam diversas áreas da capital, incluindo alguns viadutos.

“A questão da valorização da cultura ainda é muito recente em nosso Estado. É importante que nós conheçamos as nossas raízes para poder preservá-las. Daí a necessidade de se conhecer as gerações de pessoas que contribuíram, e muito, e que se dedicaram a valorizá-las”, destaca o diretor artístico.

As homenagens podem ser acompanhadas todos os domingos por meio das redes sociais da Associação Cultural Cena Onze, do Cine Teatro Cuiabá e da MT Escola de Teatro.

Além de Adir Sodré, Marília Beatriz, Magna Domingos, Luiz Carlos Ribeiro, Clóvis Irigaray, Regina Penna, Nanah Varela, Zé Bolo Flô, Zulmira Canavarros, Dunga Rodrigues, Dom Aquino Correia, Guilherme Dick, Bolinha, Chico Amorim, Agostinho Bizinoto e Liu Arruda, serão os primeiros reverenciados neste tributo.

Leia Também:  Carreiro e Capataz e Marcos Brasil Filho confirmados para o réveillon de São Pedro da Cipa

Sobre o Associação Cultural Cena Onze

A Associação Cultural Cena Onze surgiu como um grupo de teatro em 1989 em Cuiabá e região. Ao longo dos anos foram dezenas de espetáculos encenados, mais de 2 mil alunos de teatro, dança, música, artesanato, pintura, etc.

Sobre a MT Escola de Teatro

A MT Escola de Teatro é um polo de formação criado e mantido através da parceria entre Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (SECEL-MT), Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Associação Cultural Cena Onze e Associação dos Artistas Amigos da Praça de São Paulo (Adaap), se destacando por ser o único Curso Tecnológico Superior de Teatro de Mato Grosso, oferecendo aos alunos de graduação sete áreas de especialização.

 

Yod Comunicação 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA