Economia

Deputado Avallone afirma que é possível reduzir ICMS dos combustíveis em MT

CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal

Publicados

em

Avallone afirma que é possível reduzir ICMS dos combustíveis.

JB News

O vice-presidente da CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal da Assembleia Legislativa, deputado Carlos Avallone (PSDB), e o presidente da CPI, deputado Wilson Santos (PSDB), entregam hoje às 16 hs ao governador Mauro Mendes as conclusões da sub-relatoria do setor de combustíveis da CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal. Relator deste quesito, Avallone apresenta os resultados das investigações, com base nas apurações, coleta de dados e depoimentos de sindicatos, representantes do segmento e órgãos de controle. Os números são preocupantes, envolvendo sonegação, evasão fiscal, fraudes operacionais, adulteração de combustíveis, vendas interestaduais fictícias, vendas sem nota fiscal e meia nota, cancelamentos de notas fiscais e falsa exportação para a Bolívia.

O relatório de Avallone faz recomendações ao governo do Estado, à Agência Nacional do Petróleo (ANP), aos distribuidores, revendedores de combustíveis e órgãos de defesa do consumidor, além de propostas de aperfeiçoamento da legislação. O relatório prevê ainda a criação de uma comissão especial temporária para acompanhar os trabalhos e encaminhamentos das recomendações da CPI.

Leia Também:  PP realiza convenção online e define composição da Executiva Nacional

REDUÇÃO DO ICMS

Durante a audiência com o governador, o deputado Carlos Avallone vai defender a proposta que já integra o relatório do segmento de combustíveis, de rever e equalizar a alíquota do ICMS em Mato Grosso, que é superior à cobrada nos estados vizinhos de Mato Grosso do Sul e Goiás.

O presidente Bolsonaro desafiou os governadores a zerarem o ICMS sobre os combustíveis e em contra partida zeraria os impostos por parte do Governo Federal. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, já sinalizou que é possível reduzir essa taxação, em entendimento entre os Estados e a União. A maioria dos governadores, entretanto, rejeita a proposta pela perda significativa de recursos.

Para Avallone, o entendimento é possível. “Não podemos perder essa oportunidade de buscar um diálogo produtivo, para conseguimos baixar esses 17% cobrados hoje sobre o diesel, por exemplo, em Mato Grosso. Goiás cobra 14% e Mato Grosso do Sul 12%. Como relator deste segmento, penso que há espaço para diminuir as alíquotas. Zerar seria irresponsabilidade, pois 27% da arrecadação do Estado vem dos combustíveis. O governo não conseguiria arcar com os custos da saúde, da educação, da segurança, e sequer pagaria os salários. Mas é possível reduzir e isso aumentaria o consumo e a arrecadação, além de diminuir também a evasão e a sonegação”, disse.

Leia Também:  Câmara aprova projeto que amplia prazos da Lei Aldir Blanc

“Embora seja uma proposta que tenha deixado muitos governadores em uma situação desconfortável, essa será uma ótima chance para os governos estaduais proporcionarem aos cidadãos um combustível mais acessível e com menos impostos. Se a união flexibilizar, os estados também podem. Desde já me coloco à disposição do governador Mauro Mendes, para contribuir e ajudar a encontrar um caminho e fazer com que Mato Grosso aproveite essa oportunidade para diminuir a taxação sobre os combustíveis e beneficiar o consumidor e toda a cadeia produtiva”, finalizou Avallone.

Com informações  da Assessoria.

COMENTE ABAIXO:

Economia

200 vagas de emprego em Cuiabá e Várzea Grande estão abertas para seleção

Publicados

em

Por

Fort Atacadista abre mais de 200 vagas em Cuiabá e Várzea Grande; seleção começa nesta terça (11)

Rede vai selecionar profissionais para a nova loja na saída para Chapada

Em ritmo de expansão em Mato Grosso, a rede Fort Atacadista, bandeira de atacarejo do Grupo Pereira, está recrutando profissionais para a nova unidade de Cuiabá que será inaugurada nos próximos meses. Ao todo, são mais de 200 vagas disponíveis para diferentes cargos. A quarta loja da rede no Estado está em fase de obras e fica na saída para Chapada dos Guimarães.

As seletivas acontecem em Cuiabá, das 8h às 12h e das 13h30 às 18h, com entrega de senhas, nos seguintes dias:
– 11, 12 e 13 de maio: Paróquia Divino Espírito Santo (Rua Jornalista Amaro de Figueiredo Falcão, 622, bairro CPA I);

– 19 e 20 de maio: Creche Rosa Mutran Maluf (Rua 22 de Novembro, bairro Jardim União) para abranger as comunidades em torno da obra.
Serão atendidas 150 pessoas por período.

Todas as vagas têm como requisito obrigatório o Ensino Médio completo com comprovação. Os interessados devem comparecer presencialmente com currículo impresso, documento com foto e utilizando máscara facial de proteção. As oportunidades se estendem para Pessoas com Deficiência (PCD).

Leia Também:  Lei de Max Russi pune agressores de mulheres: “Terão que pagar todas as despesas"

Vagas disponíveis:
– Conferente;
– Técnico de carnes;
– Repositor;
– Cartazista;
– Cozinheira;
– Auxiliar de cozinha;
– Auxiliar de perecíveis (açougue, congelados e hortifruti);
– Auxiliar de manutenção;
– Auxiliar de estacionamento;
– Auxiliar de prevenção;
– Operador de caixa;
– Operador de empilhadeira.

OUTRAS VAGAS

O Fort Atacadista também está com vagas de emprego abertas para cargos nas lojas já existentes em Cuiabá e Várzea Grande. As oportunidades são para as funções de operador de caixa, repositor de loja, repositor noturno, auxiliar de prevenção, promotor de cartão Vuon Card, técnico em manutenção e operador de empilhadeira noturno. As lojas também oferecem vagas para pessoas com deficiência (PCD).

Os requisitos exigidos são possuir RG/CPF, Carteira de Trabalho Digital e Ensino Médio Completo. Para a função de operador de empilhadeira noturno é preciso possuir CNH, curso de operador de empilhadeira, Trabalho em Altura (NR-35), experiência na área e disponibilidade para trabalhar no período noturno.

Pretendentes ao cargo de promotor de cartões, além do Ensino Médio completo, precisam ter disponibilidade de horário e conhecimento básico em informática. Experiência em vendas para essa função conta como diferencial.

Leia Também:  TCE-MT e Fiemt apontam para desenvolvimento econômico e social como resultado de Auditoria sobre Receitas

O processo seletivo aos interessados ocorrem todas as segundas-feiras, às 14h, nas lojas do Fort Atacadista em Cuiabá, nas Avenidas Miguel Sutil e Fernando Corrêa da Costa e, em Várzea Grande, na avenida da FEB. O candidato pode procurar a unidade mais próxima da sua residência.

Interessados nas vagas de operador de empilhadeira noturno e repositor noturno devem comparecer na loja Fort Atacadista da Miguel Sutil. Já os concorrentes à vaga de promotor de cartões devem comparecer ao Comper da Prainha, ao lado do Ginásio São Gonçalo.

O Grupo Pereira atua no varejo e atacado com as bandeiras Comper, Fort Atacadista e Bate Forte. São mais de 15 mil funcionários nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.

Luciane Mildenberger
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA