CUIABÁ

Ativista Político Genesio Araujo defende a importância da chegada dos trilhos da Ferrovia até Cuiabá e a troca do nome para Vicente Vuolo.

Publicados

em

JB NEws

Por Nayara Crisrtina

O ativista político Cuiabano Genésio Araújo, respondeu aos questionamentos sobre a construção da 1ª Ferrovia Estadual de Mato Grosso, que já está em fase de elaboração pela Empresa Rumo, a única a apresentar o projeto e a participar da licitação realizada pelo governo.

Para o ativista, existe uma importância enorme essa nova fase que Mato Grosso começa a viver, principalmente pelo fato de que não só Cuiabá, mas todo o estado começa a viver a partir de agora uma nova realidade,

Para o ativista, a chegada da ferrovia irá impulsionar o mercado de trabalho, levando desenvolvimento e renda para as pessoas, além de colocar MT no páreo com outros estados podendo assim ser mais competitivo, uma vez que já um grande produtor de riquezas, além das melhorias em infraestrutura e logística.

“Eu quero e defendo a chegada da ferrovia até Cuiabá. A ferrovia vem para impulsionar o desenvolvimento logístico de Mato Grosso, transcende qualquer questão política, é uma luta de muitos anos, de muitos prefeitos e governadores e agora estamos vivendo um momento ímpar. Quando se trata de ferrovia, falamos de desenvolvimento para os 13 municípios da baixada, e sobretudo porque mais importante do que transportar cargas é transportar a condição de que as pessoas sejam as maiores beneficiadas. A Prefeitura de Cuiabá está em envolta neste processo e tenho certeza que encontraremos todos os caminhos abertos, junto ao Governo Estadual para traçar a ferrovia, que se chamaria Vicente Vuolo, agora terá o nome do empresário Olacyr de Moraes.

Leia Também:  Cuiabá avança na mobilidade urbana na gestão Emanuel Pinheiro e ganhará novas avenidas em diferentes regiões

“Nós temos que dar um basta nessa agressão a nossa história. Essa insensibilidade de migrantes que vieram para cá, foram recebidos de braços abertos por todos os cuiabanos, um povo hospitaleiro, que recebe os migrantes como se estivessem em casa. Assim recebemos inúmeros migrantes, inclusive o governador do Estado. E agora um tapa na cara da sociedade cuiabana, da cuiabania, da história de Mato Grosso que não começou agora, depois que eles vieram para cá, Vicente Vuolo já fazia história aqui em Cuiabá. Antes dele nascer, Vicente Vuolo foi um dos prefeitos eleitos mais jovem de Cuiabá, aos 32 anos de idade”.

“Tinha sido deputado estadual, foi deputado federal, foi senador da República. Uma biografia extraordinária. Quando ele era menino de bermuda andando nas ruas de Anápolis, Vuolo levantava a bandeira de forma visionária e sonhava com a ferrovia para o nosso Estado”.Disse.

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

Cuiabá investirá mais de R$ 193 milhões em melhoria do sistema viário nos próximos dois anos

Publicados

em

Por

O processo licitatório nº 044/2021 está em andamento e deve ser finalizado ainda este ano
BRUNO VICENTE

Luiz Alves

 

Além de construir nova pavimentação em locais que ainda não possuem essa infraestrutura, a gestão Emanuel Pinheiro também possui a constante preocupação com a manutenção das vias que já são asfaltadas. Nesse sentido, a Prefeitura de Cuiabá está realizando um processo licitatório para contratação de empresa que executará diversos serviços de melhoria no sistema viário urbano da Capital.

Para que toda a cidade seja beneficiada de forma equivalente, a concorrência nº 044/2021 está dividida em quatro lotes, sendo o primeiro para a região Leste, o segundo para a Norte, o terceiro para a Oeste, e o quarto para a região Sul. Entre os serviços que devem ser executados estão: recapeamento; remendo profundo; tapa-buraco; recuperação de tubulação de drenagem, de bocas de lobo e poços de visita.

A licitação prevê um investimento de mais de R$ 193 milhões e superou a fase de habilitação com 14 empresas aptas, seguindo os critérios estabelecidos no edital montado pela Secretaria de Obras Públicas em parceria com a Secretaria Adjunta Especial de Licitações e Contratos. Agora, será feita a avaliação da qualificação técnica das classificadas e, posteriormente, abertura das propostas e anúncio das vencedoras.

Leia Também:  Stopa assina termo de transmissão temporária das funções de prefeito

“Os contratos firmados a partir de licitação serão executados em um período de dois anos e seis meses. Nesta semana alcançamos a histórica marca de mais de 300 quilômetros de pavimentação construída, fruto de um trabalho planejado e contínuo. O que queremos é seguir ampliando essa melhoria, garantindo a manutenção das vias e seu bom estado de uso”, explica o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa.

Conforme a justificava apresentada pela Secretaria de Obras Públicas no edital, uma boa pavimentação tem a função de melhorar a trafegabilidade, proporcionando ao condutor mais conforto, segurança e também economia aos cofres públicos. Além disso, destaca que por conta dos desgastes naturais, após anos de uso, as vias necessitam de recuperação com execução de tapa buraco, recapeamento asfáltico, drenagem e outras ações pertinentes.

“A manutenção e melhorias das avenidas e ruas indicadas pela ação, proporcionará maior durabilidade do pavimento, maior rapidez do trânsito de veículos coletivos e particulares, gerando inserção da comunidade e os bairros, além de fomentar o desenvolvimento econômico das atividades formais e informais, a fim de suscitar empregos e, consequentemente, melhorar a renda da população”, diz trecho do edital.

Leia Também:  “Cuiabá não pode parar e não vai parar”, assegura José Roberto Stopa

MAIS AVANÇOS

Para o próximo ano, a Prefeitura de Cuiabá também já tem novas obras previstas, em especial para a Avenida Miguel Sutil.

O planejamento da gestão Emanuel Pinheiro é construir na avenida mais dois viadutos e uma trincheira, iniciado a partir de abril, mês de comemoração aos 303 anos da Capital. As obras serão executadas em pontos considerados grandes gargalos no trânsito da região.

Os viadutos serão edificados na rotatória de acesso ao Centro de Eventos do Pantanal e no trevo do Santa Rosa, ligando as avenidas Lava Pés e Antártica. A última obra é a construção da Trincheira do Círculo Militar, orçada em R$ 62 milhões e já que já está com o projeto protocolado no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e conta agora com o apoio do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho) para dar andamento no processo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA