CULTURA

AML realiza sessão de saudades de Marília Beatriz e abrirá duas vagas

Publicados

em

 

 Na sexta-feira dia 18 de junho, às 19h00, a Academia Mato-Grossense de Letras realiza a Sessão Magna de Saudade da Acadêmica Marília Beatriz de Figueiredo Leite, que faleceu dia 3 de setembro de 2020. Após a solenidade a presidente Sueli Batista vai declarar vaga a Cadeira 2. O evento ocorrerá no salão nobre da Casa Barão de Melgaço, sede da instituição.


Com a vacância da Cadeira 2, ocupada por Marília Beatriz e da Cadeira 26 que foi declarada vaga dia 8 de junho, com a sessão Magna de saudade do professor Benedito Pedro Dorileo, será publicado edital para as duas vagas, já podendo  os interessados fazerem  suas inscrições.

A Sessão Magna de Saudade é sempre carregada de muita emoção. O acadêmico Ivens Scaff foi o convidado pela AML para  fazer o “Panegírico” da falecida, tributo prestado pela instituição. Marília tinha  uma grande relação de amizade com o poeta. Moema de Figueiredo Leite, irmã de Marília Beatriz, prestará as homenagens da família

 

 Atividades culturais não  poderiam faltar na solenidade.

Leia Também:  Conheça os vencedores da primeira etapa do 3º Circuito de Xadrez On-Line

O grupo “Os Crônicos” fará performance com fragmentos poéticos de Marília. A Editora Entrelinhas fará pré-lançamento de suas obras inéditas de Marilia, que após a solenidade serão entregues ao acervo da AML, terão também exemplares para vendas no salão social. A Revista 99 da Academia Mato-Grossense de Letras, livro que foi lançado no dia 8, numa homenagem ao centenário de João Antônio Neto e a memória de Benedito Pedro Dorileo e Marília Beatriz de Figueiredo Leite, terá a parte do tributo  feito para Marília, apresentada pelo escritor Aclyse de Mattos, um dos responsáveis pela coordenação editorial.

O evento será híbrido, com poucos convidados presenciais confirmados, devido a pandemia. Assista através das redes sociais  Instagram  @academiadeletrasmt       YouTube  academia mato-grossense de letras

COMENTE ABAIXO:

CULTURA

Live Dança Brasil será apresentada neste domingo

Publicados

em

Por

JB News 

Por Malu de Souza

As manifestações folclóricas de cinco regiões brasileiras serão apresentadas através de Live neste domingo, 01 de agosto, ás 8h, 10h, 17h e 20h, com uma hora de duração cada, pelo dançarino Michel Brito, e transmitida por meio das redes sociais, Instagram e YouTube do dançarino.

O evento que marca a abertura do mês do folclore, será realizado através do projeto da Lei Aldir Blanc, aprovada pelo Congresso, que foi instituída no ano passado pela Secretaria Especial de Cultura e Ministério do Turismo. Michel Brito foi selecionado por meio do projeto cultural da Prefeitura de Cuiabá.

Durante a Live serão abordados vários pontos com explicações teóricas da cultura popular das regiões brasileiras. Será transmitido o conhecimento sobre as danças populares tradicionais, como principais experiências, o desenvolvimento de ações de manutenção e divulgação da cultura popular brasileira.

Michel ressalta que estes saberes e vivências culturais se dão com a participação efetiva nas atividades realizadas desde o ano de 2010, através da Associação Cultural Flor Ribeirinha e no ponto de cultura Quintal da Domingas, localizados na comunidade de São Gonçalo Beira Rio em Cuiabá.

Leia Também:  Governo do Estado lança projeto que auxilia financeiramente profissionais da cultura e do esporte

Através dessas experiências, ele mergulhou em ensino aprendizagem do conhecimento popular estimulado através da dança que tem como influência a ancestralidade indígena, africana e europeia expressa no Siriri, Cururu, Rasqueado e outras formas de manifestações da cultura popular.

O dançarino que integra o grupo de dança Flor Ribeirinha, já participou de intercâmbio cultural em vários festivais nacionais e internacionais de danças populares.

Junto com o grupo, o dançarino participou do Festival Internacional de Dança de Joinville em 2013, do Festival Internacional de Folclore do Ceará em 2015, no evento das Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016, no Festival Terranostra na Itália em 2015, no Festival Internacional de Dança da Coréia do Sul em 2016, no Festival Internacional de Dança da Turquia em 2017, onde o grupo Flor Ribeirinha conquistou o prêmio mundial. Em 2018, participou de apresentação na Rússia e França. Posteriormente integrou a turnê nos Festivais na Bélgica, Holanda, França e Alemanha em 2019. Este ano, participou de forma remota do Festival Internacional de Danças Folclóricas da Polônia.

Leia Também:  Cine Teatro Cuiabá retoma sessões presenciais de filmes

Além das apresentações nos festivais da cultura no território nacional e internacional, Michel Brito, também integra os projetos de formação de novos dançarinos do grupo Flor Ribeirinha. ‘trocando experiências e saberes, contribui para a formação de jovens e adultos na aprendizagem e desenvolvimento motor, cognitivo e afetivo’, destaca o dançarino, oportunizado pela tradição e processos de criação de espetáculos artísticos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA