COVID-19

ALMT debaterá “Passaporte da Vacina” em audiência pública na quinta-feira

Publicados

em

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) irá debater na próxima quinta-feira (21) a proibição do chamado “Passaporte Sanitário”. A audiência pública sobre o tema, convocada pelo deputado estadual Faissal Calil (PV), será realizada na Sala 202, da Casa de Leis.

O “Passaporte Sanitário” é o tema do Projeto de Lei 780/2021, de autoria da deputada estadual Janaina Riva (MDB). O parlamentar é o autor de uma emenda que veta a obrigatoriedade da comprovação. Para o deputado, o debate é de extrema importância para Mato Grosso, tendo em vista os impactos que pode ocasionar em diversos setores da sociedade.

“Na oportunidade, serão ouvidos especialistas e estudiosos sobre o assunto, que irão debater os impactos desse passaporte no mundo todo. Na ocasião, será possível discutir quais serão os reflexos da obrigatoriedade da comprovação da imunização na saúde e a retomada da economia. Estes apontamentos são extremamente necessários para uma melhor gestão no combate a pandemia de Covid-19 em Mato Grosso”, afirmou Faissal.

Entre os nomes confirmados na audiência pública estão os médicos Dr. Germano Alves, Elia Vexel, Maria Emília Gadelha, além de Hermes Rodrigues Nery, especialista em bioética.

Leia Também:  Saúde de Várzea Grande faz o alerta para eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti
Fonte: ALMT
COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Novo decreto exige compravante de vacinação para permancer em hospital público ou privado de Cuiabá

Publicados

em

Por

JB NEWS

Por Alisson Gonçalves

 

Prefeitura de Cuiabá públicou um Decreto municipal nº 8.332, nesta quinta-feira (02.12), que passa a ser exigido de acompanhantes e visitantes de pacientes atendidos em hospitais de saúde públicas e privadas da Capital.

A apresentação da Cadernacão da vacina, comprovando a vacinação contra Covid-19, para entrar e pernacer no local.

Essa nova medida vai servir para incentivar as pessoas que não foram vacinadas, e também prevenir as que já foram vacinadas.

A medida ainda irá prevenir uma nova onda de Covid-19 em Cuiabá, Principalmente agora que foi descoberto uma nova variante no Brasil a Ômicron.

Em uma coletiva de imprensa na quarta-feira 1/12 o Prefeito Emanuel Pinheiro (Anunciou medidas de prevenção uma delas a proibição de festa de Réveillon e carnaval em Cuiabá e faz apelo para que toda a população Cuiabana posso se vacinar.

“Eu quero que as 57 mil pessoas que não tomaram a segunda dose vão tomar a segunda dose. Eu quero que as 20 mil que não tomaram nenhuma dose vão tomar as duas doses e quero universalizar a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos. São números preocupantes e estamos aí com a nova cepa rondando o Brasil e nós não poder fazer vista grossa a isso”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Novo decreto exige compravante de vacinação para permancer em hospital público ou privado de Cuiabá
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA